Google Fonts

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Google Fonts
Nomes anteriores Google Web Fonts
Requer pagamento? Não
Gênero Fontes incorporadas
Lançamento 2010; há 8 anos
Proprietário Google
Página oficial fonts.google.com

Google Fonts (anteriormente chamado de Google Web Fonts) é uma biblioteca com mais de 800[1] fontes livres licenciadas, um diretório web interativo para navegar na biblioteca, e APIs para usar convenientemente as fontes através de CSS[2] e Android.[3]

Detalhes[editar | editar código-fonte]

O diretório foi lançado em 2010[4] e renovado em 2011[5] e 2016.[6] A maioria das fontes é liberada sob a SIL Open Font License 1.1, enquanto algumas são lançadas sob a licença Apache;[7] ambas são licenças livres. A biblioteca de fontes também é distribuída pela SkyFonts, da Monotype, e Edge Web Fonts, da Adobe, e serviços do Typekit.

O diretório do Google Fonts destina-se a permitir a descoberta e a exploração de fontes, e o serviço é usado extensivamente com mais de 17 trilhões de fontes servidas, o que significa que cada uma de suas 877 fontes foi baixada mais de 19 bilhões de vezes, o que significa que cada pessoa na Terra tem, em média, baixado cada fonte pelo menos duas ou três vezes. Fontes populares incluem Open Sans, Roboto, Lato, Slabo 27px, Oswald e Lobster.[8]

A biblioteca é mantida através do repositório do Google Fonts no GitHub (github.com/google/fonts), onde todos os arquivos de fonte podem ser obtidos diretamente. Arquivos de origem de muitas fontes estão disponíveis a partir dos repositórios do Git dentro da organização Github (github.com/googlefonts), juntamente com as ferramentas de software livre  utilizadas pela comunidade do Google Fonts.

Referências

  1. «The new Google Fonts database is a design geek's paradise». Theverge.com. 15 de junho de 2016. Consultado em 28 de junho de 2018. 
  2. «Google Fonts Review - What is it?». Nukeblogger.com. 26 de janeiro de 2015. Consultado em 28 de junho de 2018. 
  3. «How Oreo is better than Nougat : Downloadable fonts and adaptive icons». AndroidAuthority.com. 24 de agosto de 2017. Consultado em 28 de junho de 2018. 
  4. «Google Fonts is Born - Can I get a Hallelujah!?». Sitepoint.com. 20 de maio de 2010. Consultado em 28 de junho de 2018. 
  5. «Google Fonts Blog: The new Google Web Fonts - Now fully launched». fonts.googleblog.com. 7 de dezembro de 2011. Consultado em 28 de junho de 2018. 
  6. «Reimagining Google Fonts - Library - Google Design». design.google. 15 de junho de 2016. Consultado em 28 de junho de 2018. 
  7. «Google Fonts - Attribution». fonts.google.com. Consultado em 28 de junho de 2018. 
  8. «Analytics - Google Fonts». fonts.google.com. Consultado em 28 de junho de 2018. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]