Chromebook

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


Chromebook

Samsung Chromebook.jpg
Samsung Series 5 Chromebook
Tipo Computador pessoal, Netbook
Empresa Google
Lançamento 15 de junho de 2011
Website oficial http://www.google.com/chromebook/

O Chromebook é um computador pessoal executando o Google Chrome OS. Este dispositivo pertence a uma classe distinta dos computadores pessoais ficando entre um thin client e um laptop convencional.[1][2]

Os primeiros dispositivos a venda, fabricados pela Acer Inc. e pela Samsung, foram anunciados em maio de 2011 na conferência Google I/O e começaram a ser disponibilizados ao público em 15 de junho de 2011.[3] Em 2014, segundo pesquisa divulgada pelo instituto ABI Research’s, o uso do Chromebook cresceu 67% durante o quarto trimestre de 2014. As marcas Acer, Samsung e HP foram as mais vendidas. [4]


Em março de 2018, a Acer e o Google anunciaram a criação do primeiro tablet Chromebook: o Chromebook Tab 10. Este dispositivo competia com o mercado de tablets iPad da Apple com desconto no mercado educacional. A tela da guia 10 (9,7 polegadas, resolução 2048 x 1536) era idêntica à do iPad. O dispositivo inclui uma caneta. Nenhum dos dispositivos incluiu um teclado.

Design[editar | editar código-fonte]

Os Chromebooks são enviados com o Chrome, que usa o kernel do Linux, e o navegador web Google Chrome integrado com um player de mídia. Com capacidade limitada off-line e um tempo de boot, de acordo com a Google, de oito segundos, os Chromebooks são principalmente concebidos para serem usados enquanto estiverem ligados à Internet. Em vez de instalar aplicações tradicionais, tais como processamento de texto e mensagens instantâneas, os usuários podem adicionar aplicativos web a partir da Chrome Web Store. A Google afirma que uma arquitetura de segurança multi-camada elimina a necessidade de software anti-vírus.

Há suporte para muitos dispositivos USB como câmeras, mouses, teclados externos e pen drives, utilizando um recurso semelhante ao plug-and-play em outros sistemas operacionais. Tal como o protótipo CR-48, os Chromebooks têm um teclado especializado completo com botões de abertura e de controlo de várias janelas do navegador, bem como um botão de pesquisa Web que substitui uma chave. Uma análise da série de componentes Samsung 5 pela iFixit em junho de 2011 estimou que o custo unitário sobre 322 dólares em materiais e 12 dólares nos custos trabalhistas. Com um preço de retalho dos EUA 500 dólares e transporte, marketing, pesquisa e desenvolvimento e as margens do varejo para explicar isso indica que as margens de lucro sobre os Chromebooks são bastante pequenas, exigindo uma produção de grande dimensão para fazer lucro.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Googles Chrome Laptops will Go on Sale in June». Bits Blog, nytimes.com. 11 de maio de 2011 
  2. «Initial Thoughts on the Samsung Series 5 Chromebook». TechCrunch 
  3. Upson, Linus; Pichai, Sundar (11 de maio de 2011). «A New Kind Of Computer: Chromebook». The Official Google Blog. Consultado em 12 de maio de 2011 
  4. «Chromebook: A ameaça ao reinado das companhias de computadores» 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]