Google Buzz

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Google Buzz
Logótipo do Google Buzz
Slogan "Share what's interesting"
(Portugal: "Muito mais do que simples mensagens de estado")
Proprietário(s) Google
Requer pagamento? Não
Gênero Rede social
Microblogging
Cadastro Público
País de origem  Estados Unidos
Idioma(s) Inglês, Português, Japonês, Espanhol, Alemão, Francês, Italiano
Lançamento 9 de Fevereiro de 2010 (11 anos)
Extinção 15 de Dezembro de 2011 (10 anos)
Desenvolvedor Google
Endereço eletrônico www.google.com/buzz

Google Buzz foi um produto do Google. O serviço fornecia ao usuário ferramentas de redes sociais como, por exemplo, divulgação de links, atualização de status e chat em forma de comentários, por meio da interface do Gmail.[1][2] Os links e as mensagens compartilhadas com seus seguidores aparecem na mesma interface de usuário junto com a caixa postal de entrada. O Google lançou o Google Buzz em 9 de fevereiro de 2010 pra tentar atingir o publico alvo, que na época maioria estava no Twitter, e também ser o substituto do fracasso Google Wave.

Quando o Buzz foi lançado, tinha sérios problemas de privacidade, tinha uma função que vinha ativado por padrão, onde o Buzz seguia automaticamente os usuários que você mais conversava por e-mail, além de exibir seu perfil do Google sem sua permissão, assim revelando algumas informações confidenciais de usuários, também o Google Buzz automaticamente adicionou um ex-namorado abusivo de uma usuária e expôs suas comunicações do parceiro atual para ele. Dias depois o Google tiraram essa ferramenta mas, era tarde demais, e o Google Buzz foi extremamente criticado na época.

E em 14 de outubro de 2011 o Google anunciou que o Google Buzz seria descontinuado, Segundo o Google foi para focar em outros projetos importantes,[3] entre eles o fracassado Google+, Chrome, Android e entre outros. Foi no dia 15 de dezembro de 2011 onde o Google Buzz foi extinto de fato sem marcar saudade, e o Google+ foi considerado o sucessor do Buzz, que tambem não deu muito certo, sendo descontinuado em 2 de Abril de 2019.

Referências

  1. Jessica Guynn (9 de Fevereiro de 2010). «Google aims to rival Facebook with new social feature called "Buzz"» (em inglês). LA Times. Consultado em 16 de Abril de 2010 
  2. Andru Edwards. «Google Buzz announced» (em inglês). Gearlive. Consultado em 16 de Abril de 2010 
  3. «O Google Buzz foi descontinuado - Ajuda do Gmail». support.google.com. Consultado em 10 de dezembro de 2021 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Internet é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.