App Inventor

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
App Inventor for Android
MIT App Inventor Logo.png
Captura de tela
Captura de Tela do App Inventor 2
Autor Google
Desenvolvedor MIT Media Lab
Plataforma Android
Lançamento 15 de dezembro de 2010 (7 anos)
Versão estável Beta (15 de dezembro de 2010; há 7 anos)
Linguagem Java
Sistema operacional Baseado em navegador
Gênero(s) Desenvolvimento de aplicativos
Licença Licença MIT
Estado do desenvolvimento Ativo
Página oficial appinventor.mit.edu

MIT App Inventor, também conhecido como App Inventor for Android, é uma aplicação código aberto originalmente criada pela Google, e atualmente mantida pelo Massachusetts Institute of Technology (MIT).

Ele permite que os recém-chegados à programação de computador criem aplicativos de software para o sistema operacional Android. Ele usa uma interface gráfica, muito semelhante ao do zero e da interface do usuário StarLogo TNG, que permite aos usuários arrastar e soltar objetos visuais para criar um aplicativo que pode ser executado em dispositivos Android. Ao criar o App Inventor, o Google se valeu de pesquisas significativas prévia em informática educativa, bem como o trabalho feito dentro do Google em ambientes de desenvolvimento on-line.[1]

A plataforma App Inventor ainda é muito instável e amadora, focada e desenvolver apenas aplicativos para pesquisas escolares, impossibilitando o desenvolvimento de qualquer aplicativo profissional.

História[editar | editar código-fonte]

O Aplicativo foi disponibilizado através de solicitação em 12 de julho de 2010, e lançado publicamente em 15 de dezembro de 2010. o App Inventor Team foi liderado por Hal Abelson [1] e Mark Friedman.[2]

No segundo semestre de 2011, a Google lançou o código fonte, rescindiu o seu servidor e forneceu o financiamento para a criação do MIT Center for Mobile Learning liderados pelo criador do App Inventor Hal Abelson e colegas professores do MIT, Eric Klopfer e Mitchel Resnick[3] a versão do MIT foi lançada em março de 2012[4]

Em 6 de Dezembro de 2013, MIT App Inventor 2 foi lançado, renomeando a versão original como "App Inventor Classic"[5]. As principais diferenças são:

  • O Editor de Blocos na versão original funcionou em um processo java em separado, usando a biblioteca aberta "Blocks JAVA" para a criação de blocos visuais de linguagens de programação;

Open Blocks é distribuído pelo Scheller Teacher Education Program (STEP) e é derivado da pesquisa de mestrado tese por Ricarose Roque. Os professores Eric Klopfer e Daniel Wendel do programa Scheller apoiaram a distribuição de BLOCKS abertas no âmbito da licença MIT.[6]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b Larry Hardesty. «The MIT roots of Google's new software». MIT News Office. Consultado em 19 de Agosto de 2010 
  2. Wolber, David; Abelson, Hal; Spertus, Ellen; Looney, Liz (maio 2011), App Inventor for Android: Create Your Own Android Apps, ISBN 978-1-4493-9748-7, O'Reilly 
  3. «App Inventor @ MIT» 
  4. Clark, Andrew (30 de Dezembro de 2013), App Inventor launches second iteration 
  5. MIT. «App Inventor Classic». Consultado em 21 de Dezembro de 2015 
  6. Google. «On the Shoulders of Giants!». Consultado em 10 de Agosto de 2010