Nexus One

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Nexus One
Fabricante Google e HTC
Ecrã 3,7 800 x 480 pixels (WVGA), AMOLED
Sistema operacional Android 2.1
CPU Qualcomm QSD 8250 1 GHz
Cartão de memória MicroSD, expansível até 32 GB com MicroSDHC
Rede GSM, EDGE, UMTS, HSDPA, WLAN
Conectividade Wi-Fi 802.11b/g/n, Bluetooth 2.1+EDR
Bateria 1400 mAH
Peso 130 gramas
Relacionado Nexus S, Nexus Galaxy
Cronologia
Último
{{{antecessor}}}
Nexus S
Próximo

O Nexus One é um celular desenvolvido pelo Google e HTC lançando em 5 de janeiro de 2010. Ele usa o Android como sistema operacional.[1][2][3] Algumas características do celular incluem a habilidade de transcrever voz para texto, dois microfones com capacidade de reduzir ruídos, e direções de voz durante a direção.

O telefone vem desbloqueado e não é restrito para uso em qualquer operadora de celular. O Google o ofereceu para uso na rede T-Mobile nos Estados Unidos. Uma versão para uso na Verizon (EUA) e na Vodafone (Europa) foi lançada em Abril de 2010.

Especificações[editar | editar código-fonte]

O Telefone celular veio com a versão 2.1 do Android e foi mantido até a versão 2.3.6, e seu hardware é composto por um processador Snapdragon Qualcomm Scorpion de 1.0 GHz, com memória RAM de 512 MB e tela de 480 x 800 pixels.

Possui tela ou ecrã sensível ao toque que que inicialmente não permitia multitouch, algo que foi adicionado em uma atualização . Além disso possui também uma câmera digital de 5.0 megapixels.

Sucessores[editar | editar código-fonte]

O Nexus One foi sucedido pelo Nexus S, e mais recentemente, em 2011, pelo Galaxy Nexus, em 2012 pelo Nexus 4, em 2013 pelo Nexus 5, em 2014 pelo Nexus 6, e em 2015 pelo Nexus 6P e Nexus 5X.

Referências

  1. «Nexus One Phone». Google. Consultado em January 6, 2010.  [ligação inativa]
  2. «Nexus One Phone». Google.com. Google. 2010. Consultado em 6 de janeiro de 2010. 
  3. Jackson, Rob (January 5, 2010). «Nexus One Now Available...». Phandroid Phandroid [S.l.] Consultado em 6 de janeiro de 2010. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]