Pump.io

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Pump.io
Pump.io.svg
Autor Evan Prodromou
Desenvolvedor E14N
Plataforma Multiplataforma
Modelo do desenvolvimento Software livre
Lançamento 2011 (9–10 anos)
Versão estável 5.1.3[1] (15 de outubro de 2019; há 19 meses)
Escrito em JavaScript

Node.js

Gênero(s) Framework para aplicações web
Licença Licença Apache
Estado do desenvolvimento ativo
Página oficial pump.io

Pump.io é um mecanismo de fluxos de atividades de uso geral que pode ser usado como um protocolo de rede social federado que "faz a maior parte do que as pessoas realmente querem de uma rede social".  Iniciado por Evan Prodromou, é um acompanhamento do StatusNet. Identi.ca, que era o maior serviço StatusNet, mudou para pump.io em junho de 2013.[2][3][4]

Tecnologia[editar | editar código-fonte]

Projetado para ser muito mais leve e eficiente do que seu predecessor StatusNet, Pump.io é escrito em Node.js e usa Activity Streams como o formato para comandos e transferência de dados por meio de uma simples API de caixa de entrada REST.[5][6]

Limitações e problemas[editar | editar código-fonte]

Os recursos presentes no StatusNet ainda não foram implementados no Pump.io (a partir de outubro de 2017), como Grupos, hashtags e páginas que listam postagens populares.[7][8]

Padronização[editar | editar código-fonte]

O Grupo de Trabalho da Web Social Federada do W3C, lançado em julho de 2014, produziu o padrão ActivityPub, com base nos protocolos usados ​​no pump.io como provável sucessor do OStatus. Foi publicado oficialmente como recomendação em 23 de janeiro de 2018.[9][10][11]

Notas[editar | editar código-fonte]

  • Este artigo foi inicialmente traduzido do artigo da Wikipédia em inglês, cujo título é «Pump.io».

Referências

  1. «Releases - pump-io/pump.io». Consultado em 28 de fevereiro de 2020 
  2. «pump.io». pump.io. Consultado em 28 de fevereiro de 2020 
  3. Behrenshausen, Bryan. «pump.io: the decentralized social network that's really fun». Opensource.com (em inglês). Consultado em 28 de fevereiro de 2020 
  4. «StatusNet, Identi.ca, and transitioning to pump.io [LWN.net]». lwn.net. Consultado em 28 de fevereiro de 2020 
  5. Behrenshausen, Bryan. «pump.io: the decentralized social network that's really fun». Opensource.com (em inglês). Consultado em 28 de fevereiro de 2020 
  6. «StatusNet, Identi.ca, and transitioning to pump.io [LWN.net]». lwn.net. Consultado em 28 de fevereiro de 2020 
  7. «Automatically link hash tags · Issue #245 · pump-io/pump.io». GitHub (em inglês). Consultado em 28 de fevereiro de 2020 
  8. «'Popular' · Issue #655 · pump-io/pump.io». GitHub (em inglês). Consultado em 28 de fevereiro de 2020 
  9. Shankland, Stephen. «Social networking built into the Web? W3C gives it a go». CNET (em inglês). Consultado em 28 de fevereiro de 2020 
  10. «Sandstorm And The Social Web». zenhack.net. Consultado em 28 de fevereiro de 2020 
  11. «ActivityPub». www.w3.org. Consultado em 28 de fevereiro de 2020 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]