Moto E

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Moto E
Motorola Moto E.jpg
Motorola Moto E (2014)
Fabricante Motorola
Série Moto
Tipo Smartphone
Lançamento Maio de 2014
Preço inicial (em R$) R$ 449,00
Ecrã 4.3" polegadas, com uma resolução de 960x540 pixels, 256 ppi.
Câmara 5 megapixels (sem flash)
Sistema operacional Android 4.4.4 com atualização para a versão 5.1
CPU 1.2 GHz Dual-core Qualcomm Snapdragon 200 MSM8210
GPU Adreno 302
Memória 1 GB RAM
Cartão de memória MicroSDHC (até 32 GB)
Armazenamento 4 GB
Rede 2G/3G

Modelo GSM Global:
GSM/GPRS/EDGE (850, 900, 1800, 1900 MHz)
UMTS/HSPA+ até 21 Mbps (850, 900, 1900, 2100 MHz)
Conectividade GPS/ GLONASS, Wi-Fi 802.11 b/g/n, Bluetooth 4.0, Rádio FM, Micro USB, audio 3.5mm
Bateria 1980 mAh
Dimensões 124,8 mm (4 91 in) H
64,8 mm (2 55 in) W
12,3 mm (0 48 in) D
Peso 142 g (5 0 oz)
Relacionado Moto X, Moto G
Sítio oficial https://www.motorola.com.br/smartphones/familia-moto-e
Cronologia
Moto E (2ª Geração) 2015

O Moto E é um smartphone desenvolvido e fabricado pela Motorola. Lançado após de seu bem sucedido Moto G, o Moto E é um dispositivo destinado a competir contra celulares de entrada (baixo custo), proporcionando um dispositivo de bom custo-beneficio. Esse smartphone pela primeira vez fez os proprietários e os consumidores ficarem atentos ao orçamento, com especial destaque para o mercado emergente.

O dispositivo foi apresentado em 13 de maio de 2014 e disponibilizado em lojas on-line na Índia e nos Estados Unidos no mesmo dia. Na Índia, o lançamento do Moto E foi recebido com alta demanda semelhante à da versão indiana do Moto G, que fez com que o site de comercialização on-line do dispositivo no país, chamado Flipkart, sobrecarregasse e ficasse fora do ar.[1] Teve uma segunda edição em 2015 e foi substituído na faixa de preço pelo Moto G 4 Play em 2016.[2][3]

Desenvolvimento[editar | editar código-fonte]

O lançamento do Moto G, foi um grande sucesso para a Motorola, que havia sido adquirida pelo Google LLC em 2012 e estava em processo de ser vendido para a Lenovo a partir de janeiro de 2014.[4] No primeiro trimestre de 2014, a Motorola vendeu 6,5 milhões de telefones liderados por fortes vendas do Moto G, especialmente em mercados como a Índia, Brasil e no Reino Unido, onde a empresa respondeu por 6% das vendas de smartphones vendidos no trimestre, um aumento de quase 0.[5][6]

O Moto E foi desenhado para competir especificamente contra celulares topo de linha no mercado emergente. Segundo Charlie Tritschler, vice-presidente da Motorola e sênior de produtos, o objetivo de o Moto E é para "acabar com celulares topo de linha" e o dispositivo é voltado principalmente para "pessoas que simplesmente não imaginam que podem pagar um smartphone."[7] Magnus Ahlqvist, vice-presidente da divisão EMEA da Motorola estimou que entre 65 a 70% dos usuários na Índia ainda usam celulares topo de linha. Em fevereiro de 2014, a Motorola lançou o Moto G na Índia exclusivamente através da loja online Flipkart, marcando seu primeiro lançamento no país desde 2012. O estoque do site de 20.000 unidades foram vendidas em poucas horas e venderam 247.000 unidades de Moto G em apenas dois meses, ranking como o 12º Smartphone mais vendido no país no primeiro trimestre de 2014.[8][9][7]

Trischler observou que a durabilidade era um ponto de venda em mercados emergentes, citando especificamente o uso de dispositivos com Gorilla Glass 3, revestimento anti-manchas e um revestimento contra respingos de água semelhante ao Moto G - que ele também observou que normalmente não são vistos em tais produtos de baixa potência. A empresa também enfatizou seus esforços para reduzir o custo da construção do celular sobre os equipamentos utilizados pelo Moto G. Tritschler afirmou que estas medidas têm de ser "arquitetadas para um certo produto, você não pode simplesmente cortar o preço."[7] No geral, o Moto E é de 40% mais barato que o Moto G.[8][7]

A versão do Android enviado ao dispositivo, o KitKat 4.4.3, contém uma série de mudanças destinadas para otimizar o sistema operacional para dispositivos de baixa potência como o Moto G e E. Para enfatizar o desempenho do dispositivo, a Motorola argumentou em uma demonstração de que o Moto E é ligeiramente mais rápido do que o Smartphone de alta potência, Samsung Galaxy S4, em executar tarefas básicas, como a execução de determinadas aplicações (como a câmera e o navegador) e voltar à tela inicial a partir de um aplicativo.[10][11]

Lançamento[editar | editar código-fonte]

O Moto E foi anunciado em 13 de maio de 2014, e na Índia foi um dos primeiros países onde o Moto E foi lançado; o dispositivo foi lançado exclusivamente pela Flipkart, onde era vendido por 6.999 rupias Indianas (EUA $ 120) sem um contrato. Após o seu lançamento à meia-noite, no horário local, a demanda para o dispositivo era tão alta que a enorme quantidade de pessoas no site fez com que ele sobrecarregasse e parasse de funcionar.[9][1] O dispositivo também foi lançado on-line através do site da Motorola nos Estados Unidos e no Reino Unido. O Moto E está para ser lançado em outros mercados, como no Canadá, México e Espanha.[12][9][9][13]

Especificações[editar | editar código-fonte]

A construção e o design do Moto E é semelhante ao do Moto G, com um revestimento "salpicado", uma capa levemente curvada e um alto-falante abaixo da tela. O aparelho está disponível nas cores de preto ou branco, e tem uma capa traseira intercambiável ​​com diferentes opções de cores. Possui um painel IPS de 4,3 polegadas (11 cm) de exibição, revestido com Gorilla Glass 3. O dispositivo usa um dual-core de 1,2 GHz, processador Qualcomm Snapdragon 200, e inclui 1 GB de RAM. O Moto E tem 4 GB de armazenamento interno, que pode ser expandido até 32 GB com um cartão MicroSD. O Moto E suporta a conectividade 3G e Wi-Fi, e está disponível em um modelo dual SIM em mercados selecionados. O dispositivo inclui uma bateria não-removível de 1980 mAh, que Motorola apresentou como tendo o duramento para "todo o dia". O Moto E possui uma câmera traseira de foco fixo de 5 megapixels; o dispositivo não inclui um flash ou uma câmera frontal.[14][7][15]

Os Moto E tem uma versão de estoque com o Android KitKat 4.4. Alguns aplicativos específicos da Motorola são incluídos, incluindo Assist, introduzido no Moto X, que permite automaticamente que se desative determinados modos, como silenciar o celular ou auto-responder as mensagens de texto, dependendo de certos cenários, como quando um usuário está em uma reunião, ou dirigindo (usando o calendário).[16] O Moto E também inclui um novo aplicativo de "Alerta", que permite aos usuários notificarem uns aos outros de sua localização. Segundo a Motorola, vai ser lançado uma atualização do Moto E para a próxima versão do Android após seu lançamento.[14][7][15]

Versões[editar | editar código-fonte]

Modelo Moto E Moto E2 Moto E3 Moto E4 Moto E4 Plus
Imagem
SO Inicial Android 4.4.4 Kitkat Android 5.0.2 Lollipop Android 6.0 Marshmallow Android 7.1.1 (Nougat) Android 7.1.1 (Nougat)
SO Máximo Android 5.1 Lollipop Android 5.1. versão 3G
Android 6.0 versão 4G e DTV
Android 7.1.1 (Nougat) Android 7.1.1 (Nougat)
Tela/Ecrã IPS LCD 4.3" IPS LCD 4.5" IPS LCD 5" IPS LCD 5" IPS LCD 5.5"
Resolução qHD 960 x 540 px HD 1280 x 720 px HD 720 x 1280 pixels HD 720 x 1280 pixels
CPU Qualcomm Snapdragon 200 Dual-Core 1.2 GHz Qualcomm Snapdragon 200 Quad-Core 1.2 GHz (versão 3G)
Qualcomm Snapdragon 410 Quad-Core 1.2 GHz
Mediatek MT6735P Quad-core 1.0 GHz Mediatek MT6737 Quad-core 1.3 GHz Cortex-A53 Mediatek MT6737 Quad-core 1.3 GHz Cortex-A53
RAM 1 GB 2 GB RAM 3GB
Memória 4 GB com expansão via Micro-SD 8 GB com expansão via Micro-SD (versão 3G)
16 GB com expansão via Micro-SD (versão 4G e DTV)
8 GB com expansão via Micro-SD 16 GB com expansão via Micro-SD até 128 GB 16/32 GB, com expansão via Micro-SD até 128 GB
Conectividade Wi-Fi, Bluetooth 4.0, GPS/Glonass Wi-Fi(802.11 b/g/n, hotspot), Bluetooth 4.2( A2DP, LE, aptX), GPS with A-GPS, GLONASS Wi-Fi(802.11 b/g/n, hotspot), Bluetooth 4.2( A2DP, LE, aptX), GPS with A-GPS, GLONASS
Câmera Principal: 5 MP com vídeo em 480p Principal: 5 MP com vídeo em 480p (versão 3G) / HD 720p (versão 4G e DTV)
Frontal: VGA
Principal: 8 MP com flash e vídeo em HD 720p.
Frontal: 5 MP
Principal: 8 MP, f/2.2, autofocus, LED flash

Secundária:5 MP, f/2.2, 1.4 µm pixel size, LED flash

Primária: 13 MP, f/2.0, autofocus, LED flash

geo-tagging, panorama, HDR e Video em HD 720p@30fp

Secundária: 5 MP, f/2.2, LED flash

Alimentação Bateria de 1980 mAh não removível Bateria de 2390 mAh não removível Bateria de 2800 mAh removível Bateria Li-Ion 2800 mAh removível Bateria Li-Ion 5000 mAh não removível
Disponibilidade Brasil, Estados Unidos Brasil, Estados Unidos União Europeia Brasil, Estados Unidos Brasil, Estados Unidos
Modelo Moto E Moto E2 Moto E3 Moto E4 Moto E4 Plus

Recepção[editar | editar código-fonte]

Vlad Savov de The Verge elogiou o projeto do Moto E por não parecer um produto de "downmarket" (consumidores de baixa renda), e por ter um desempenho adequado, mas ainda por notar que a câmera do dispositivo não é tão boa quanto os de outros smartphones atuais. Ele chegou a dizer que "o mercado é povoado por gente com o Galaxy Fame e Galaxy Young - sendo que ambos estão presos no Android 4.1, e com pouca esperança de uma atualização, porém foi visto o Moto G, que é rápido e mais bem feito que os anteriores a ele."[17]

Referências

  1. a b Singhal, Nidhi (14 de maio de 2014). «Flipkart server crashes as Motorola Moto E goes on sale». Business Today. Consultado em 10 de junho de 2014 
  2. [1]
  3. [2]
  4. «Google sells Motorola to Lenovo for $2.91 billion». The Verge. Consultado em 30 de janeiro de 2014 
  5. «Moto G resurrects Motorola in UK market». CNET. Consultado em 14 de maio de 2014 
  6. «Motorola ships 6.5 million phones in 2014 thanks to Moto G». CNET. Consultado em 14 de maio de 2014 
  7. a b c d e f «Motorola launches £89 Moto E – its bargain basement smartphone». The Guardian. Consultado em 13 de maio de 2014 
  8. a b «Motorola aims for Indian buyers with super-cheap Rs 6,999 Moto E». The Guardian. Consultado em 14 de maio de 2014 
  9. a b c d «Motorola to Sell the Moto E Low-Priced Smartphone First in India». IndiaRealTime. The Wall Street Journal. Consultado em 14 de maio de 2014  Erro de citação: Código <ref> inválido; o nome "wsj-motoeindia" é definido mais de uma vez com conteúdos diferentes
  10. «KitKat's 'Project Svelte' could signal the end of Android fragmentation». TechRadar. Consultado em 14 de maio de 2014 
  11. «Motorola launches the $129 Moto E, a durable and affordable Android smartphone. And i own a Moto E». Engadget. Consultado em 14 de maio de 2014 
  12. «Motorola Moto E release date, news and features». TechRadar. Consultado em 14 de maio de 2014 
  13. Pratap, Ketan (13 de maio de 2014). «Moto E Launch Day: Flipkart Offers 50 Percent Discount on Covers and More». NDTV  Texto "accessdate14 de maio de 2014" ignorado (ajuda)
  14. a b Sarov, Vlad (13 de maio de 2014). «Motorola adds LTE to Moto G, introduces an even cheaper Moto E». The Verge. Consultado em 13 de maio de 2014 
  15. a b «Hands on: Motorola Moto E review A dinky dialler that's got a lot to shout about». TechRadar. Consultado em 14 de maio de 2014 
  16. «Moto X review». The Verge. Consultado em 15 de outubro de 2013  Texto "en" ignorado (ajuda)
  17. Byford, Sam (30 de setembro de 2013). «The Moto E is shockingly cheap and surprisingly good». The Verge. Consultado em 13 de maio de 2014 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Informática é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.