Mula

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Mula (desambiguação).
Como ler uma infocaixa de taxonomiaMulo
Mulo em Oklahoma, nos Estados Unidos
Mulo em Oklahoma, nos Estados Unidos
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Mammalia
Ordem: Perissodactyla
Família: Equidae
Género: Equus
Espécie: E. cabalus x E. asinus
Uma mula-poitvin em exposição

A mula[1] (quando fêmea) ou mulo[2] (quando macho), é um mamífero híbrido originário do cruzamento do burro com a égua ou da burra com o cavalo[3].

Em virtude do número irregular de cromossomas resultante desses cruzamentos, estes animais são, por via de regra, estéreis.[4]

Dada a sua robustez e adaptabilidade, a mula é um animal de montaria, tração e carga muito utilizado em todo o mundo, tendo sido utilizada, inclusive, em campanhas militares.

Nomes comuns[editar | editar código-fonte]

O animal recebe ainda várias denominações comuns: muar[5] ou até mesmo mu[6].

Regionalmente, no português do Brasil, também se pode designar o mulo como «burro[7]» (não confundir com o Equus asinus, que é a espécie mais comummente conhecida, por essa designação). [8]

O espécime resultante especificamente do cruzamento do cavalo com a burra, também pode ser conhecido como «bardoto»[9].[nota 1] ou «mulo asneiro»[10][11][12].

Etimologia[editar | editar código-fonte]

O temo «Mulo» proveio do étimo latino mulus, com o mesmo significado que encerra hoje.[13]

Características[editar | editar código-fonte]

Por agrupar características apreciadas em ambas espécies de que provém (equinos e asinos), é um animal adaptado ao transporte de cargas, tendo sido muito utilizado até meados do século XX, principalmente em locais de topografia acidentada. É mais resistente a doenças e a fadiga que o cavalo.[14]

Devido ao fato de cavalos possuírem 64 cromossomas, e jumentos 62, resultando em 63 cromossomas, as mulas são quase sempre estéreis.[4] São raros os casos de mulas que deram à luz; com efeito, desde 1527, data em que os casos começaram a ser arquivados, apenas 60 deles foram registados.

A zootecnia argumenta desde o século XIX que sem bons progenitores não é possível obter boas mulas.[12] O maior híbrido do cruzamento entre equinos e asnos é a mula-poitvin da França, uma raça híbrida selecionada, originária do cruzamento de asnos-poitou com éguas-poitevin.

Nomenclaturas[editar | editar código-fonte]

Em Portugal tornaram-se comuns os termos «mula eguariça»[11][10][15], para a mula resultante do cruzamento de égua com jumento e «mula asneira»[11][10][16] para a mula que procede de cavalo e jumenta, tendo esses termos sido amplamente usados na literatura de longa data, como se lê na publicação Revista de Portugal, de 1944:

Bestas muares eguariças e asneiras (...) há diferença determinada pela mãe, que é quem dá o nome: se é jumenta [cruzada com cavalo] a muar é asneira; se é égua [com jumento], é eguariça.[17]

No Brasil, por seu turno, costuma-se chamar o híbrido resultante do cruzamento de um jumento com uma égua de «mula» ou «burro», enquanto o cruzamento inverso, de um cavalo com uma jumenta, é chamado de «bardoto».[4][18] No segundo caso, os híbridos são sempre de menor tamanho, já que são das fêmeas que os filhotes herdam o tamanho.[14][11]

A diferenciação é importante, entre outros fatores, porque tais híbridos têm constituição sanguínea diferente, de acordo com o tipo de cruzamento.

Galeria[editar | editar código-fonte]

Notas

  1. No Português de Portugal, o primeiro «o» lê-se como «ô» e o segundo «o» não é aberto. A palavra entra no português de Portugal por via do francês «bardot», com o mesmo significado. No português do Brasil, a palavra é paroxítona com segundo «o» aberto, tendo provindo do italiano bardotto, que significa "mula"

Referências

  1. Infopédia. «mula | Dicionário Infopédia da Língua Portuguesa». infopedia.pt - Porto Editora. Consultado em 4 de novembro de 2022 
  2. Infopédia. «mulo | Dicionário Infopédia da Língua Portuguesa». infopedia.pt - Porto Editora. Consultado em 4 de novembro de 2022 
  3. S.A, Priberam Informática. «mula». Dicionário Priberam. Consultado em 4 de novembro de 2022 
  4. a b c Da redação (30 de junho de 1997). «Mula é filha problemática de égua com jumento». Superinteressante. Consultado em 22 de julho de 2017 
  5. Infopédia. «muar | Dicionário Infopédia da Língua Portuguesa». infopedia.pt - Porto Editora. Consultado em 4 de novembro de 2022 
  6. Infopédia. «mu | Dicionário Infopédia da Língua Portuguesa». infopedia.pt - Porto Editora. Consultado em 4 de novembro de 2022 
  7. S.A, Priberam Informática. «burro». Dicionário Priberam. Consultado em 4 de novembro de 2022 
  8. Infopédia. «burro | Dicionário Infopédia da Língua Portuguesa». infopedia.pt - Porto Editora. Consultado em 4 de novembro de 2022 
  9. S.A, Priberam Informática. «bardoto». Dicionário Priberam. Consultado em 4 de novembro de 2022 
  10. a b c Cunha Fajardo Losvéles de Ortigósa, J.M. (1926). «Cruzamento continuo e industrial — Hibridação — Productos Híbridos e productos mestiços—Representação numérica das influencias dos reproductores» (PDF). Officinas de O Commercio do Porto. Livraria do Lavrador (XXXIX): 155. Consultado em 6 de novembro de 2022 
  11. a b c d Leal, João Ribeirinho (1982). Motivos alentejanos. Lisboa: Edições Colibri. p. 71. 171 páginas. ISBN 9789727728848. (...) Assim nasceram os machos e mulas eguariços e asneiros. Desses dois híbridos, os eguariços são, sem a mínima dúvida, os mais bem-sucedidos. Com efeito, a mula eguariça herda da mãe a forte musculatura e a estatura elevada, mas o pai lega-lhe a resistência e a sobriedade. A mula suporta as maiores fadigas, é capaz de suportar intempéries que seriam fatais para o cavalo e é, ainda por cima, insensível às vertigens. A mula asneira é mais pequena e menos robusta. A mãe burra marcou-a, além disso, com o temperamento um tanto preguiçoso próprio da espécie. 
  12. a b Jornal da Sociedade Agrícola do Porto, Volume 2. [S.l.]: Sociedade Agrícola do Porto (Portugal). 1857 
  13. «mūlus - ONLINE LATIN DICTIONARY - Latin - English». www.online-latin-dictionary.com. Consultado em 4 de novembro de 2022 
  14. a b HERMSDORFF, Guilherme Edelberto (1933). Zootecnia especial, Volume 1. [S.l.]: Imprensa nacional 
  15. Infopédia. «eguariço | Dicionário Infopédia da Língua Portuguesa». infopedia.pt - Porto Editora. Consultado em 6 de novembro de 2022 
  16. Infopédia. «asneiro | Dicionário Infopédia da Língua Portuguesa». infopedia.pt - Porto Editora. Consultado em 6 de novembro de 2022 
  17. Revista de Portugal, edições 1620. [S.l.: s.n.] 1944 
  18. Estudos técnicos, edições 7-17. [S.l.: s.n.] 
Wikispecies
O Wikispecies tem informações sobre: Mula
Commons
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Mula

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre animais é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.