Mustafá IV

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Mustafa IV)
Ir para: navegação, pesquisa
Mustafá IV

Mustafá IV (Turco otomano: مصطفى رابع Muṣṭafā-yi rābi‘) (8 de Setembro de 1779 - 5 de Novembro de 1808) foi um sultão do Império Otomano,nascido em Constantinopla; filho de Abdülhamid I (17741789). Reinou desde 1807 a 1808 sucedendo a seu primo Selim III e tendo por sucessor Mahmud, seu meio-irmão.

Mustafa e seu meio-irmão mais moço Mahmud eram os últimos membros da linhagem masculina da casa de Osmam I; por tanto herdeiros presuntivos de seu primo, o sultão Selim III (1789-1807), por quem foram tratados favoravelmente.

Mustafa chegou ao trono na sequência dos acontecimentos que levaram a insurgência dos janízaros e ao fatwa contra Selim III por "introduzir entre os muçulmanos os modos dos infiéis e mostrar uma intenção de suprimir os janízaros" [2].

Selim III retirara-se para seus aposentos, onde tentou se suicidar. Mustafa teria salvo sua vida esmagando o copo de veneno do qual seu primo pretendia beber. [2] .

O sultão acabou destronado e confinado nos kafes do Palácio de Topkapi, a partir de maio de 1807.

Elevado ao sultanato como Mustafá IV; esteve à frente de um breve e turbulento reinado. Os janízaros rebelados saquearam Constantinopla e assassinaram os apoiadores de Selim III.

Externamente, o Império Otomano se batia contra os seus tradicionais inimigos na Guerra Russo-Turca (1806-1812), tendo sofrido naquela altura uma série de revezes militares.

Durante uma trégua assinada com os russos; o Ayan Alemdar Mustafa Pachá, um comandante pró-reformista do Danúbio, reuniu um exército de cerca de quinze mil soldados e marchou sobre Constantinopla em junho de 1808, disposto a reconduzir Selim III ao trono.

Mustafá IV, tentando garantir sua posição ordenou o assassinato de seu primo, Selim III; e de seu próprio meio-irmão o príncipe Mahmud. O sultão Selim III foi morto por seus algozes, mas o príncipe Mahmud conseguiu escapar.

Alemdar Mustafá tomou Constantinopla, aprisionou Mustafá IV e declarou o príncipe Mahmud como novo sultão.

Mustafa IV foi executado alguns meses mais tarde, em 16 de novembro de 1808; por ordem de seu meio-irmão, o novo sultão Mahmud II; quando uma nova insurreição dos janízaros tentou restaurá-lo no trono.

Legado[editar | editar código-fonte]

Mustafa IV teve quatro esposas e apenas uma filha.

Seu curto reinado encarnou a resistência de setores conservadores em relação às reformas efetuadas por Selim III; que viriam a ser retomadas por Mahmud II.

Os conflitos internos, ainda que não constituíssem o fator determinante; certamente contribuíram para mais a derrota otomana na Guerra Russo-Turca (1806-1812).

Referências[editar | editar código-fonte]

1. Yavuz Bahadıroğlu, Resimli Osmanlı Tarihi, Nesil Yayınları (História otomana com ilustrações, publicações Nesil) , 15 de dezembro de 2009, página 395, ISBN 978-975-269-299-2

2. Lord Kinross , Os séculos otomanos: o surgimento e a queda do Império Turco , Perennial, 1977, p. 437. ISBN 0-688-03093-9


Ligações externas[editar | editar código-fonte]

  • Lord Kinross, The Ottoman Centuries: The Rise and Fall of the Turkish Empire, Perennial, 1977, p. 437. ISBN 0688030939.
Precedido por
Selim III
Sultão Otomano
18071808
Sucedido por
Mahmud II
Ícone de esboço Este artigo sobre Sultões é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.