Selim I

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Selim I
Nascimento 1470
Amasia
Morte 22 de setembro de 1520
Çorlu
Sepultamento Yavuz Selim Mosque
Progenitores
Cônjuge Ayşe Hatun II, Hafessa Sultana
Filho(s) Solimão, o Magnífico, Hatice Sultan, Şah Sultan, Beyhan Sultan, Hafsa Sultan, Fatma Sultan, Şehzade Sultan
Irmão(s) Şehzade Korkut, Şehzade Ahmet, Ayşe Sultan
Ocupação poeta
Religião Islão
Causa da morte carbúnculo
Assinatura
Sultan Selim I Tugra.svg

Selim I (Amásia, 1470 - Çorlu, 22 de Setembro de 1520) foi sultão e o primeiro califa do Império Otomano de 1512 a 1520. Filho de Bayezid II. Disputou com os irmãos a sucessão do império Otomano. Acabou saindo vitorioso.

Um líder que conseguiu fazer importantes acordos com os vizinhos, com o o Império Austro Húngaro e com a dinastia Mameluca, onde estes ajudaram na luta contra os Safávidas.[1]

A proclamação do califado veio após a derrota dos mamelucos na região da Síria , da Península do Sinai e as cidades sagradas de Meca e Medina. Numa jogada oportuna para unir a legitimação com o poder politico para Istambul.[2]

Referências

  1. data 2011, pp. 812.
  2. MIKABERIDZE data 2011, pp. 812.
Fontes[editar | editar código-fonte]

Precedido por
Bajazeto II
Sultão Otomano
15121520
Sucedido por
Solimão I
Ícone de esboço Este artigo sobre Sultões é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.