Nelson Évora

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Nélson Évora)
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde agosto de 2016).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.
Nelson Évora
campeão olímpico
Atletismo
Modalidade Salto em comprimento e triplo salto
Nascimento 20 de abril de 1984 (34 anos)
Abidjan, Costa do Marfim
Nacionalidade portuguesa
Compleição Peso: 74 kg Altura: 1,83 m
Clube Sporting Clube de Portugal

Nelson Évora GCIHGCM (Abidjan, 20 de abril de 1984) é um atleta português de origem cabo-verdiana.[1] É especialista em triplo salto, embora também pratique salto em comprimento.

É um atleta de alto nível internacional que, atualmente, representa o Sporting Clube de Portugal e que já representou Portugal em várias provas internacionais tendo sido campeão do mundo do triplo salto em 2007 e medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Verão de 2008, em Pequim. Em 2007, recebeu a Medalha Olímpica Nobre Guedes.

A 18 de janeiro de 2012, lesionou-se com gravidade durante um evento no Centro de Alto Rendimento do Jamor, em Oeiras (Portugal).[2] O atleta voltou a lesionar-se e em janeiro de 2014 foi anunciada uma artroscopia ao joelho.[3]

Depois de ter lançado o seu site oficial em 2008, relançou-o com nova cara em 2012.[4]

A 27 de maio de 2015, foi agraciado com a Grã-Cruz da Ordem do Infante D. Henrique.[5]

Nos Jogos Olímpicos de Verão de 2016, ficou em sexto lugar, com a marca de 17,03 metros.

No verão de 2016, estreia na SIC o documentário “Nelson Évora Como Nunca Antes Visto”, assinado por João Pedro Plácido. Os treinos, as competições, a família e o percurso de Évora até aos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro são alguns dos aspectos abordados neste filme, produzido pela Imagina Produções, produtora do realizador luso-francês Rúben Alves (autor do êxito de bilheteira "A Gaiola Dourada").

Em março de 2017, ganhou a Medalha de Ouro em triplo salto no European Athletics Indoor Championship, em Belgrado, com a marca de 17,20m.

Em agosto de 2017, conquista a Medalha de Bronze no Campeonato Mundial de Atletismo em Londres, com a marca de 17,19m, tornando-se no segundo saltador de triplo-salto mais medalhado em Campeonatos Mundiais de Atletismo.

Em março de 2018, nos Mundiais de Atletismo em Birmingham, conquista a medalha de bronze. O português fez 17,40 no último salto, ficando a apenas três centímetros do novo campeão mundial de pista coberta do triplo salto, Will Claye (que fez 17,43 metros), e a um da prata... "Mais um fantástico desempenho para o atleta português, que aos 33 anos, está numa fase soberba", sublinha o Record.

Em agosto de 2018, nos Europeus de Atletismo em Berlim, com a marca de 17,10m, alcança pela primeira vez na sua carreira a medalha de ouro nesta competição. Em consequência, foi agraciado com a Grã-Cruz da Ordem do Mérito a 30 de agosto de 2018.[5]

Principais marcos na carreira[editar | editar código-fonte]

  • 2001
  • 2003
    • venceu o salto em comprimento e o triplo-salto do Campeonato da Europa de Juniores que decorreu em Tampere na Finlândia.
  • 2004
  • 2005
    • participou no Campeonato do Mundo de Atletismo ao Ar Livre em Helsínquia falhando a qualificação para a final por poucos centímetros ao ser 14.º nas eliminatórias quando apenas os 12 primeiros garantiam um lugar na final.
    • conquistou o 3º lugar no Europeu de Sub-23
  • 2006
    • participou no Campeonato do Mundo em Pista Coberta em Moscovo onde alcançou um lugar na final do triplo-salto onde acabaria no sexto lugar.
    • no Campeonato Europeu de Atletismo ao Ar Livre em Gotemburgo acabou em quarto lugar no triplo-salto tendo-se lesionado logo depois do primeiro salto, não podendo lutar pelas medalhas com a marca de 17,07 metros e em sexto no salto em comprimento com a marca de 7,91 metros.
    • participou na Taça da Europa e conquistou o 1º lugar em Triplo salto e Salto em comprimento
Nelson Évora após receber a medalha de ouro em Osaka 2007.
  • 2007
    • participou no Campeonato Europeu de Atletismo em Pista Coberta em Birmingham no triplo salto no qual obteve o 5.º lugar depois de se ter lesionado no primeiro salto e que não possibilitou que efectuasse os restantes nas melhores condições físicas.
    • participou nos Mundiais de Osaka nos quais se sagrou campeão do Mundo de triplo salto com uma marca de 17,74m (segunda melhor marca mundial do ano) e também recorde nacional.[6]
    • participou na Taça da Europa e conquistou o 1º lugar em Triplo salto e Salto em comprimento
  • 2008
    • Jogos Olímpicos de Pequim, Nelson Évora torna-se o 4.º atleta português a levar uma medalha de ouro para Portugal, desta vez no Triplo-Salto, sendo assim Campeão Olímpico (com a marca de 17,67 m), e tornando-se a segunda medalha portuguesa nos Jogos Olímpicos de Pequim.[7]
    • participou no Mundial de Pista Coberta (Valência) e conquistou o 3º lugar em Triplo Salto (com a marca de 17.27)
    • Campeão Nacional de Pista Coberta : 16.89 (Triplo)
  • 2009
    • Ganhou, em 24 de Maio, a prova de triplo-salto do Grande Prémio de atletismo de Belém, no Brasil, com uma marca de 17,66 metros que o coloca na frente do ranking mundial deste ano.
    • Ganhou, em 9 de Julho, durante a Universíada de Verão de 2009 em Belgrado, Sérvia a medalha de ouro no triplo salto com a marca de 17,22 metros.[8]
    • Ganhou, em 18 de Agosto, durante o Mundial de Atletismo em Berlim, a medalha de prata do salto triplo, com a marca de 17,55 m.
    • participou nos Jogos da Lusofonia e conquistou o 1º lugar no Triplo Salto (com a marca de 17.15)
  • 2016
    • participou nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro e conquistou o 6º lugar
  • 2017
    • Medalha de ouro no Triplo Salto nos Europeus de pista coberta, em Belgrado com 17,20 metros.
    • Medalha de bronze no Campeonato Mundial de Atletismo de 2017 em Londres na prova de triplo-salto com a marca de 17,19m, tornando-se no segundo saltador de triplo-salto mais medalhado em Campeonatos Mundiais de Atletismo.
  • 2018
    • Medalha de bronze em triplo salto nos Mundiais de Atletismo de pista coberta, em Birmingham, Inglaterra com 17,40 metros.
    • participou no Meeting Diamond League, em Doha, Quatar e conquistou o 4º lugar
    • Medalha de ouro no triplo salto - Campeonato Europeu de Atletismo, em Berlim com 17,10 metros

Recordes[editar | editar código-fonte]

Detém o Recorde de Portugal Absoluto do Triplo Salto tanto ao Ar Livre como em Pista Coberta.

▶O seu atual recorde ao Ar Livre é de 17,74m e foi feito quando venceu o Campeonato do Mundo de Osaka no dia 21 de agosto de 2007. Com este recorde ocupa atualmente o 25º posto do Ranking Mundial de todos os tempos do Triplo Salto.

Em 2009 durante os Campeonatos de Portugal saltou 17,82m mas a marca não pode ser considerada uma vez que o vento soprava ligeiramente anti-regulamentar (+2.5 m/s).

▶O seu atual recorde em Pista Coberta é de 17,40 m e foi feito em Birmingham a 3 de março de 2018.

Com 17 anos e ainda com nacionalidade Cabo-Verdiana saltou 16,15m no dia 10 de junho de 2001 em Braga o que constitui ainda hoje o recorde continental de África de Triplo Salto do escalão de Juvenis.

▶Tem como recorde pessoal no salto em comprimento 8,10m realizado no dia 23 de junho de 2007 em Milão.


Aos 18 anos naturalizou-se Português e pôde então começar por bater uma série de recordes desde o escalão Junior até aos recordes Absolutos.

É ainda hoje o recordista nacional de Sub-23 e Juniores de Triplo Salto tanto de Ar Livre como de Pista Coberta.

No Salto em Comprimento é também recordista nacional de Sub-23 em Pista Coberta e recordista nacional de Juniores em Pista ao Ar Livre.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Nelson Évora é candidato a atleta português do ano - Primeiro diário caboverdiano em linha» (php). A SEMANA. 9 de novembro de 2008. Consultado em 14 de junho de 2016 
  2. Atleta-Digital (18 de janeiro de 2012). «Nelson Évora arrisca ausência em Londres» 
  3. Atleta-Digital (2 de janeiro de 2014). «Nelson será de novo operado» 
  4. Atleta-Digital (20 de novembro de 2012). «Nelson Évora relança site oficial» 
  5. a b «Cidadãos Nacionais Agraciados com Ordens Portuguesas». Resultado da busca de "Nelson Évora". Presidência da República Portuguesa. Consultado em 12 de novembro de 2018 
  6. maisfutebol. «Mundiais de Atletismo: Nélson Évora de ouro no Triplo-Salto» 
  7. Público Nelson Évora voou para o ouro no "Ninho de Pássaro"
  8. Sítio oficial de Belgrado 2009 (9 de julho de 2009). «Athletics - Men's Triple Jump - Results» (PDF) (em inglês). Consultado em 10 de julho de 2009 
  9. Carlos Barros (7 de Março de 2015). «Évora dá salto de Ouro». RTP 
  10. «REPORT: MEN'S TRIPLE JUMP FINAL – IAAF WORLD CHAMPIONSHIPS, BEIJING 2015». IAAF. Consultado em 27 de Agosto de 2015 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Nelson Évora