Universíada de Verão de 2009

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
XXV Universíada de Verão
Belgrado 2009
Univerzijada Terazije.jpg
Dados
Países participantes 145[1]
País anfitrião  Sérvia
Atletas 5.379
Eventos 203 em 15 modalidades
Cerimônia de abertura 1 de julho
Cerimônia de encerramento 12 de julho
Abertura oficial Primeiro-ministro Mirko Cvetković[2]
Juramento do atleta Ivana Đerisilo (voleibol)
Juramento do árbitro Ivana Karaković (voleibol)
Tocha olímpica Petar Filipović (polo aquático)
Estádio principal Beogradska Arena
◄◄ Tailândia Banguecoque 2007 {{{evento}}} Shenzhen 2011 China ►►

A XXV Universíada de Verão foi realizada em Belgrado, Sérvia. As cerimônias de abertura e de encerramento aconteceram na Beogradska Arena e, pela primeira vez na história das Universíadas, num estádio fechado (indoor).[3]

Processo de candidatura[editar | editar código-fonte]

O processo de seleção da sede da edição, teve início no começo de 2004. Apenas três cidades demonstraram interesse para o evento. Além de Belgrado, as outras candidatas foram Monterrey no México e Poznań na Polônia. O fator que pesou para a escolha de Belgrado foi o número de eventos esportivos marcados na cidade no período de 2003 até 2007. Além disso, a cidade tentou por duas vezes sediar os Jogos Olímpicos em 1992 e os de 1996.[4][5] O anúncio da escolha da sede ocorreu em janeiro de 2005, em Innsbruck, na Áustria.

Organização[editar | editar código-fonte]

Mascote.

Marketing[editar | editar código-fonte]

Beogradska Arena, local das cerimônias de abertura e encerramento.
Estádio Estrela Vermelha que seria usado para as cerimônias de abertura e encerramento, mas será usado apenas pelo atletismo.
Mascote

O mascote desta edição é um pardal. O comitê organizador justificou sua escolha porque o pássaro escolheu a cidade como seu lugar e pode ser encontrado em todo o país. É um pássaro rápido, dinâmico e hábil. Ao mascote foi dado um visual moderno com um boné e uma camisa T-shirt.[6]

Problemas financeiros[editar | editar código-fonte]

Originalmente o comitê organizador tinha proposto quatro modalidades opcionais: caratê, canoagem, tiro com arco e o remo.[7]

Na assembléia geral da Federação Internacional do Esporte Universitário (FISU), em Turim em janeiro de 2007, foi autorizado um aumento do número de modalidades opcionais para oito. Assim foram adicionados: handebol, lutas, taekwondo e tiro.[8]

Um ano e nove meses depois em 18 de outubro de 2008, quase a 250 dias para a Universíada de 2009, o comitê organizador solicitou a FISU que o número de modalidades a serem disputadas seja reduzido de 21 para 15, o número de atletas será reduzido de 13.000 para 8.500 e a transferência de alguns eventos para a Vojvodina. Além disso, solicitou a troca do local das cerimônias de abertura e encerramento do Estádio Estrela Vermelha para o Beogradska Arena já que este novo local se encontra pronto e já foi usado para as mesmas cerimônias do Festival Olímpico da Juventude Europeu - Verão 2007 (EYOF na sigla em inglês).[9] A Arena já sediou entre tantos eventos o Festival Eurovisão da Canção 2008 e shows de grande porte e vai sediar também o basquetebol.

Em 21 de outubro de 2008, a FISU anunciou que o Comitê Executivo da instituição aceitou o pedido da organização da Universíada de Belgrado 2009 para diminuição do número de modalidades opcionais desta edição. A FISU esperava comemorar seus 60 anos com o recorde de modalidades (e atletas), mas devido a crise financeira, as modalidades opcionais caratê, canoagem, handebol, lutas, remo e tiro foram canceladas, permanecendo apenas como modalidades opcionais o taekwondo e o tiro com arco.[10] Isso fez com que dos 307 eventos planejados somente 203 fossem confirmados, ou seja, uma redução de 104 eventos.

Pandemia de gripe[editar | editar código-fonte]

A pandemia de gripe suína atingiu a Universíada. Em 1 de julho, autoridades sanitárias da Sérvia divulgaram que um atleta australiano, cujo nome não foi divulgado, foi internado no hospital militar de Belgrado com sintomas da gripe. Os atletas australianos que tiveram contato com o atleta possivelmente infectado foram isolados para evitar novos casos. Ainda segundo Nebojsa Ilic, este foi o 14º caso de gripe suína registrado na Sérvia desde o começo de junho. Todos os participantes receberam um conjunto de recomendações médicas para prevenção do contágio com o vírus H1N1.[11]

Em 6 de julho, mais dois casos foram confirmados pela organização: um atleta de Uganda e outro da Argentina. Também de acordo com as autoridades, os dois atletas ficaram isolados e já tinham chegaram ao país infectados, porém não apresentavam os sintomas. Nenhum atleta foi infectado na Vila Olímpica, já que equipes de epidemiologistas estavam em constante contato com o serviço médico da Vila.[12]

Transmissão[editar | editar código-fonte]

A geradora das imagens da Universíada foi a Rádio Televisão da Sérvia (RTS), a televisão estatal da República Sérvia. As imagens foram produzidas e enviadas em alta definição. A rede de televisão Eurosport fará a transmissão à cabo para os países da Europa.[13]

No Brasil, foi firmada uma parceria entre a Confederação Brasileira do Desporto Universitário (CBDU) e os canais Globo e SporTV, com apoio da Koch Tavares, para cobertura da Universíada. Uma equipe de reportagem fez a cobertura da edição para os canais e também para o GloboEsporte.com e poderiam ocorrer transmissões de partidas, caso o Brasil avançasse nas modalidades coletivas.[14] Só aconteceu a transmissão de um evento ao vivo.[carece de fontes?]

Países participantes[editar | editar código-fonte]

Participaram desta edição 146 países (145 convidados e o anfitrião):[1][15]

Modalidades[editar | editar código-fonte]

Obrigatórias[editar | editar código-fonte]

As modalidades obrigatórias (oito esportes) são determinadas pela Federação Internacional do Esporte Universitário (FISU) e, salvo alteração feita na Assembléia Geral da FISU, valem para todas as Universíadas de Verão.[16]

Opcionais[editar | editar código-fonte]

As modalidades opcionais são determinadas pela Federação Nacional de Esportes Universitários (National University Sports Federation - NUSF) do país organizador e devem ser de, no mínimo, três esportes, salvo aprovação do Comitê Executivo (como é o caso dessa edição).[10][16]

Locais de eventos[editar | editar código-fonte]

Vista aérea de Belgrado.

Esses são os locais de eventos e as modalidades disputadas em cada local:[17]

Belgrado

Medalhas[editar | editar código-fonte]

O quadro de medalhas é uma lista que classifica as Federações Nacionais de Esportes Universitários (NUSF) de acordo com o número de medalhas conquistadas. Foram disputadas 203 finais em 15 modalidades. O país em destaque é o anfitrião.

A primeira medalha de ouro foi conquistada pelo atleta coreano Li Kisung no evento de punsae individual masculino do taekwondo. A medalha foi entregue pelo presidente da FISU, George E. Killian. A Sérvia conquistou, também no taekwondo, a sua primeira medalha (bronze) com as atletas Natasa Bajic, Marijana Sudzukovic e Sanja Kocanski no evento punsae equipe feminino.[18]

 Ordem  País Medalha de ouro Medalha de prata Medalha de bronze Medals FISU.svg
1 RússiaRUS Rússia 27 22 27 76
2 ChinaCHN China 22 21 15 58
3 Coreia do SulKOR Coreia do Sul 21 11 15 47
4 JapãoJPN Japão 20 21 32 73
5 Estados UnidosUSA Estados Unidos 13 13 13 39
6 UcrâniaUKR Ucrânia 7 11 13 31
7 Taipé ChinêsTPE Taipé Chinês 7 5 5 17
8 ItáliaITA Itália 6 14 11 31
9 PolôniaPOL Polônia 6 10 8 24
10 SérviaSRB Sérvia 5 5 9 19
20 PortugalPOR Portugal 3   2 5
25 BrasilBRA Brasil 2 2 2 6

Vencedores por modalidade[editar | editar código-fonte]

Ver também: [[Vencedores por modalidade]]

Atletas multimedalhistas[editar | editar código-fonte]

Yevgeniya Kanayeva na Super Final da Copa do Mundo de Ginástica rítmica em Benidorm 2008.
Ver também: [[Atletas multimedalhistas]]

Os atletas com maior número de medalhas (sem considerar diferenciação entre elas) são:

Modalidade Atleta Medalha de ouro Medalha de prata Medalha de bronze Total de medalhas
Swimming pictogram.svg Natação Estados UnidosUSA Ava Ohlgren 5 5
Gymnastics (artistic) pictogram.svg Ginástica artística ChinaCHN Jiang Yuyuan 3 1 1 5
Diving pictogram.svg Saltos ornamentais MéxicoMEX Paola Espinosa 3 1 1 5
Gymnastics (rhythmic) pictogram.svg Ginástica rítmica RússiaRUS Yevgeniya Kanayeva 5 5
Gymnastics (rhythmic) pictogram.svg Ginástica rítmica UcrâniaUKR Anna Bessonova 4 4
Swimming pictogram.svg Natação Estados UnidosUSA Chad Latourette 1 3 4
Gymnastics (artistic) pictogram.svg Ginástica artística ChinaCHN He Ning 1 2 1 4
Swimming pictogram.svg Natação JapãoJPN Ryosuke Irie 3 1 4

Considerando o "peso" das medalhas, a grande vencedora foi a ginasta russa Yevgeniya Kanayeva que conquistou as cinco medalhas de ouro individuais da ginástica rítmica: individual geral, aro, corda, fita e maças.[19] A nadadora estadunidense Ava Ohlgren também conquistou cinco medalhas de ouro, sendo duas delas individuais (200 metros medley e 400 metros medley) e três nos revezamentos.

Calendário[editar | editar código-fonte]

As caixas em azul representam uma competição ou um evento qualificatório de determinada data. As caixas em amarelo representam um dia de competição valendo medalha. Cada ponto dentro das caixas representa uma disputa de medalha de ouro.[20]

Cerimônia de abertura  Competições  Finais de competições  Cerimônia de encerramento 
Programa Junho Julho T
30 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12
Cerimônias
Atletismo ●● ●●●
●●●
●●●●●
●●●●●
●●●●
●●●●●
●●●●
●●●●●
●●●●●
●●●●●
46
Basquetebol 2
Esgrima ●● ●● ●● ●● ●● ●● 12
Futebol 2
Ginástica artística ●● ●●●●●
●●●●●
14
Ginástica rítmica ●● ●●●
●●●
8
Judô ●●
●●
●●
●●
●●
●●
●●
●●
●● 18
Natação ●●
●●
●●
●●●
●●
●●●
●●●
●●●●
●●
●●
●●●
●●●●
●●●●
●●●●
40
Polo aquático 2
Saltos ornamentais ●● ●● ●●●● 10
Taekwondo ●●
●●●
●●
●●
●●
●●
●●
●●
●●
●●
21
Tênis ●● ●●
●●●
7
Tênis de mesa ●● ●● ●● 7
Tiro com arco ●● ●●●●
●●●●
10
Voleibol 2
Finais 8 7 10 21 12 17 19 21 33 42 11 203
Programa 30 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12
Junho Julho

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b Sítio oficial - Belgrado 2009 (1 de julho de 2009). «World Youth in Serbia» (em inglês). Consultado em 5 de julho de 2009 
  2. France 24 International News (2 de julho de 2009). «Universiade 2009 opens in Belgrade» (em inglês). Consultado em 2 de julho de 2009 
  3. Federação Internacional do Esporte Universitário (FISU) (18 de dezembro de 2008). «2009 Summer Universiade: Update - Risk Review Belgrade Arena» (em inglês). Consultado em 23 de dezembro de 2008 
  4. «History of the Olympic Committee of Serbia» (em inglês). Olympic Committee of Serbia. Consultado em 19 de maio de 2007 [ligação inativa] 
  5. «Atlanta 1996» (em inglês). Official Website of the Olympic Movement. Consultado em 19 de maio de 2007 
  6. Sítio oficial - Belgrado 2009. «Mascote e logo» (em inglês). Consultado em 22 de outubro de 2008 
  7. Sítio oficial - Belgrado 2009 (7 de maio de 2005). «Primeira reportagem da Universíada de Belgrado 2009» (PDF) (em inglês). Consultado em 24 de maio de 2009 
  8. Sítio oficial - Belgrado 2009 (14 de janeiro de 2007). «Quarta reportagem da Universíada de Belgrado 2009» (PDF) (em inglês). Consultado em 24 de maio de 2009 
  9. Sítio oficial - Belgrado 2009 (18 de outubro de 2008). «Belgrade remains host of universiade» (em inglês). Consultado em 22 de outubro de 2008 
  10. a b c Federação Internacional do Esporte Universitário (FISU) (21 de outubro de 2008). «Crise financeira global atinge Universíada de Belgrado 2009» (em inglês). Consultado em 10 de novembro de 2008 
  11. Portal UOL Esporte (2 de julho de 2009). «Na Universíade, atleta australiano é internado com gripe suína». Consultado em 2 de julho de 2009 
  12. Sítio oficial - Belgrado 2009 (6 de julho de 2009). «Statement regarding new cases of the flu among athletes at the Universiade» (em inglês). Consultado em 11 de julho de 2009 
  13. Sítio oficial - Belgrado 2009 (8 de maio de 2008). «Universiade Belgrade 2009 on Eurosport» (em inglês). Consultado em 11 de julho de 2009 
  14. Sítio oficial da Confederação Brasileira do Desporto Universitário (CBDU) (27 de junho de 2009). «Canais Globo e Sportv na Universíade 2009». Consultado em 11 de julho de 2009 
  15. Sítio oficial - Belgrado 2009. «All Sports Profiles» (em inglês). Consultado em 15 de julho de 2009 
  16. a b Federação Internacional do Esporte Universitário (FISU). «FISU Hoje - Universíadas» (em inglês). Consultado em 29 de setembro de 2008 
  17. Sítio oficial - Belgrado 2009. «Lista dos Locais Esportivos - Programa» (PDF) (em inglês). Consultado em 26 de abril de 2009 
  18. Sítio oficial - Belgrado 2009 (2 de julho de 2009). «First Medals at Universiade» (em inglês). Consultado em 3 de julho de 2009 
  19. Sítio oficial - Belgrado 2009 (11 de julho de 2009). «Kanaeva – Heroine of the Games» (em inglês). Consultado em 12 de julho de 2009 
  20. Sítio oficial - Belgrado 2009. «Calendário das competições» (em inglês). Consultado em 10 de junho de 2009 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Commons Categoria no Commons