Camiseta

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Uma camiseta, com estampa e seu formato característico em forma de T

Camiseta ou o estrangeirismo t-shirt (/tiˈʃɐrt/; pronúncia em inglês: [ˈtiː ʃɜːɹt]), é uma pequena camisa, de mangas curtas ou sem mangas, geralmente em malha de algodão, e mais recentemente em vários outros materiais, tais como poliéster.[1]

Trata-se de um elemento do vestuário, que na contemporaneidade é utilizada pelas empresas de moda para estampar imagens e frases chamativas. As estampas podem ser de temática política, artística ou de identificação de um grupo, por exemplo militares, funcionário de uma empresa, torcida de um time de futebol, etc.

O início de tudo se deu com a Revolução Industrial, próximo ao século XVIII, época em que as novas máquinas de produção de malha começavam a fazer parte da indústria têxtil.[carece de fontes?]

No Brasil, somente em meados do século XIX a indústria se movimentou em direção a esta moda, quando se instalaram nos estados da Bahia, Minas Gerais e Rio de Janeiro, unidades de produção que tinham como destaque a utilização de algodão em sua confecção.[carece de fontes?]

Etimologia e historia[editar | editar código-fonte]

Derivado da palavra "camisa", camiseta é proveniente do latim "camisia", que por sua vez, significa “roupa de dormir” ou “roupa de cama".[2]

Na antiguidade e até a Idade Moderna, a camisia era considerada uma "roupa de baixo" ou roupa íntima. Os antigos romanos utilizavam a peça para usar embaixo da túnica, quase sempre de linho, com a finalidade de proteger da transpiração. Nos primeiras séculos da Idade Média, também eram utilizada para proteger contra o suor e sujeira interna, só que pela nobreza, pois suas roupas eram carregadas de pedras preciosas, e assim, dificilmente eram lavadas. A partir do século XX, esta peça de vestuário transformou-se radicalmente, já que na primeira metade do século, ainda era a primeira roupa acima da pele, para transpiração e proteção ao frio, muito utilizados na Primeira e Segunda Guerra Mundial. Em 1948, a camiseta passa a ser um componente promocional, utilizado pela primeira vez como propaganda de campanha pelo então candidato à presidência dos Estados Unidos, Thomas E. Dewey; e nos anos de 1960, 1970 e 1980, é utilizada para estampar mensagens diversas, suporte para propagandas, carregando símbolos comerciais ou para ostentação de grifes.[3]

Referências

  1. «Significado de Camiseta». Dicio. Consultado em 10 de outubro de 2019 
  2. «Palavra blusa - contra o frio». Portal Origem da Palavra. Consultado em 10 de outubro de 2019 
  3. «A história da camiseta». Crescer. Editora Globo. Consultado em 10 de outubro de 2019 
Ícone de esboço Este artigo sobre vestuário ou moda é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.