Velcro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Velcro Companies
Tipo Sociedade capital privado
Indústria Fabricantes
Sede Reino unido
Áreas servidas Todo el mundo
Pessoas-chave Fraser Cameron (Presidente e CEO)
Scott Filion (Presidente de Velcro Americas)
Klaas Jan Stol (Presidente de Velcro EMEA)
Andrew Ellis (Presidente de Velcro APAC)
Produtos Fecho de gancho e laço
Página oficial www.velcro.com
Velcro: ganchos à esquerda e voltas à direita

As empresas Velcro produzem um mecanismo em série com base em produtos, incluindo fechamentos com fixação por sistema de gancho e argola, sob a marca de nome "Velcro"[1].

História[editar | editar código-fonte]

Pequenos ganchos de arctium

o fecho patenteado original de Velcro foi inventado em 1948 pelo  engenheiro e eletricista Suíço Georges de Mestral, que patenteou em 1955 e, posteriormente desenvolveu sua prática de fabricação até a sua introdução comercial na década de 1950[2][1].

De Mestral desenvolveu um sistema de fixação que consisti em dois componentes: uma tira de tecido linear com minúsculos ganchos que pode "acasalar" com outra faixa de tecido com argolas menores, anexar temporariamente, até se separar[3]. Inicialmente feito de algodão que revelou-se impraticável,[4]futuramente, o fixador foi construído com nylon e poliéster[5].

De Mestral deu o nome de Velcro, um junção das palavras em francês velours ("veludo"), e de crochê ("gancho"), para sua empresa, que continua a fabricar e comercializar o sistema de fixação[1][6].

Imagem ampliada dos ganchos

Marcas e patentes[editar | editar código-fonte]

Em 1957, De Mestral entrou com um pedido de patente para o seu fixador de gancho-e-argola na Suíça, que lhe foi concedido em 1959. A patente original de[1] De Mestral expirou em 1978, e assim os imitadores começaram a entrar no mercado. As Empresas Velcro diversificaram sua tecnologia de gancho e argola em outras aplicações industriais e comerciais garantindo os direitos de propriedade intelectual nessa área. A empresa frequentemente usa o sistema do Tratado de cooperação de patentes (PCT) para depositos internacionais de pedidos de patentes e, a partir do final de 2010, submeteu-se 134 PCT aplicações.[1]

Por causa de imitadores após a expiração da patente, a empresa concentrou-se na sua estratégia de marca[1]. Para evitar o risco da marca de Velcro, tornando-se um termo genérico e perdendo assim a clareza necessária para manter a sua proteção de marca, a empresa sempre aponta que não existe produto como "Velcro", e que o termo é um nome de empresa, uma marca e, uma marca não é um termo genérico para um tipo de produto. Por meio de propagandas, literatura do produto e campanhas de marketing, a empresa informa os consumidores que nem todos fixadores de gancho e argola são produtos genuínos da marca Velcro[1].

Produtos[editar | editar código-fonte]

As empresas Velcro fornecem soluções de fixação para uma ampla gama de indústrias, incluindo embalagens para bens de consumo, transporte, cuidados pessoais, militar, embalagens, construção, vestuário e agricultura.[7][8]

Produtos das Empresas Velcro incluem: 

  • Fixadores com adesivo para uso geral e especial
  • Fitas e abraçadeiras
  • Fixadores extraforte
  • Adesivos e fitas para tecido
  • Fixadores de gancho-e-argola tradicionais
  • Tecidos de malha e produtos moldados
  • Blocos de construção para crianças

Causas[editar | editar código-fonte]

The Neeson Cripps Academy, uma escola de alto desempenho para o Fundo cambojano infantil (CCF) em Phnom Penh foi financiada pelas Empresas Velcro. Com base em Nova York- COOKFOX arquitetos projetou o edifício eco-eficiente, que está programado para a conclusão em 2017[9].

Em 2015, as Empresas Velcro e a embaixadora da marca Velcro e especialista em design Sabrina Soto lançou um concurso anual de reforma da sala de aula que ocorre durante a Semana de valorização do professor. O primeiro vencedor Joplin, Missouri recebeu duas salas reestilizadas[10].

Na cultura popular[editar | editar código-fonte]

1968 – Sistemas de fixação da Marca Velcro foram usados em roupas, bolsas de coleta de amostras e veículos lunares trazidos da lua por Neil Armstrong e Buzz Aldrin[11].

1984 - David Letterman veste um terno feito de fixadores da Marca Velcro e salta de um trampolim em uma parede coberta também com o produto durante uma entrevista com o diretor de vendas industriais da empresa nos EUA[12]

2016 - como um 1º de April, dia da “mentira” Lexus lança “assentos de orientação variavel no acoplamento traseiro (V-LCRO)", uma tecnologia que protege o motorista no assento com fixador da marca Velcro que permite realizar curvas mais agressivas[13].


Referências[editar | editar código-fonte]

  1. a b c d e f g «Viciado em inovação». da Organização Mundial da propriedade intelectual. Consultado em 12 setembro 2016. 
  2. «Patente original 1955». Consultado em 10 setembro 2016. 
  3. «Definição de Velcro». de Merriam Webster Dicionário. Consultado em 12 agosto 2016. 
  4. Steven D. Strauss. «a grande ideia: como negócios inovadores obter grandes ideias para o mercado». Dearborn Trade Pub., 2002 pp. 15-18. Consultado em 17 agosto 2016. 
  5. Joe Schwarcz. «Dr. Joe & o que você não sabia: 99 perguntas fascinantes sobre a química da vida cotidiana». ECW Press, 2003 p. 178. Consultado em 17 agosto 2016. 
  6. Thomas Stephens. «Como uma invenção Suíça viciou o mundo». Swiss Info. Consultado em 21 setembro 2016. 
  7. «Produtos». Velcro. Consultado em 7 setembro 2016. 
  8. «Indústrias». Velcro. Consultado em 7 setembro 2016. 
  9. Santos, Sabrina. «“COOKFOX revela o design para a nova academia no Camboja”». Arch Daily. Consultado em 9/30/15. 
  10. Younker, Emily. «“Estado da arte ensino médio para servir catadores antigos”». Joplin Globe. Consultado em 9/15/15. 
  11. «"Trabalhando na lua"». Consultado em 16 May 2016. 
  12. «“Live Science: quem inventou o Velcro?”». Consultado em 16 May 2016. 
  13. «Tempo: melhor piadas do dia da mentira 1º de abril». Consultado em 16 May 2016. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]