Turim

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: "Torino" redireciona para este artigo. Para outros significados, veja Torino (desambiguação).
Turim
Turin monte cappuccini.jpg
Bandeira de Turim
Bandeira
Brasão de armas de Turim
Brasão de armas
Localização de Turim
País  Itália
Região Flag of Piedmont.svg Piemonte
Província Turim
Administração
 - Prefeito Chiara Appendino
Área
 - Total 130 km²
População
 - Total 907,704
    • Densidade 6596/km2 
Código Postal 10100
Código ISTAT 001272
Comunas limítrofes Venaria Reale, Settimo Torinese, Borgaro Torinese, San Mauro Torinese, Collegno, Rivoli, Baldissero Torinese, Grugliasco, Pino Torinese, Orbassano, Pecetto Torinese, Beinasco, Moncalieri, Nichelino
Prefixo telefônico 011
Fiscal L219
Orago padroeiro São João Batista
Sítio http://www.comune.torino.it/

Turim (em italiano Torino e em piemontês Turin) é uma comuna italiana, capital e maior cidade da região do Piemonte, e efetivamente a quarta maior cidade do país, com uma população de 910,188 habitantes (2009), estando atrás apenas de Roma, Milão e Nápoles. Estende-se por uma área de 130 km², tendo uma densidade populacional de 6596 hab/km². Faz fronteira com Venaria Reale, Settimo Torinese, Borgaro Torinese, San Mauro Torinese, Collegno, Rivoli, Baldissero Torinese, Grugliasco, Pino Torinese, Orbassano, Pecetto Torinese, Beinasco, Moncalieri e Nichelino. A cidade de Turim tem aproximadamente 1.700.000 habitantes em sua região metropolitana e 2.200.000 em sua área urbana (Metropolitan Database OCSE). A cidade é sede da fabricante FIAT e foi ainda sede dos Jogos Olímpicos de Inverno de 2006. A cidade de Turim é a quarta comuna italiana por população e constitui um terço do complexo econômico-produtivo do país. Cidade bimilenária, fundada provavelmente como Taurasia nas imediações atuais, em Turim do 3 século a.C,[1] população celto-ligure da Itália Setentrional e transformada em colônia romana de Augusto como o nome de lulia Augusta Taurinorum no I século a.C.[2] Foi durante a a Alta Idade Média o centro de um importante ducado lombardo (o Ducado de Turim) e passou em seguida para o controle nominal dos Savoia no século XI, depois tornou-se sede da carolíngia Marca de Turim. Sucessivamente se constituiu uma comuna livre, sofrendo várias dominações, até que em 1280 tornou-se definitivamente parte da Casa de Savoia, e em seguida do ducado de Savoia, do qual em 1563 se transformou em capital. Em 1720 foi capital do Reino de Sardenha. Foi a capital da Itália entre 1861 e 1864. Em Turim se encontra o Sudário de Turim.

Era chamada de Augusta dos Taurinos (Augusta Taurinorum) durante o período romano.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Turim está localizada no noroeste da Itália. A cidade fica na extremidade ocidental da planície do rio Pó. É cercada a oeste pelos Alpes e a leste pelos morros do Monferrato.

Três grandes rios passam pela cidade: o Pó e dois de seus tributários, o Dora Riparia (do celta duria, água, mais tarde alterado para "Dúria Menor" pelos romanos) e o Stura di Lanzo e Sangone.

Na riva oriental o Pó tem como afluentes riachos que nascem nos morros.

Demografia[editar | editar código-fonte]

No ano 1861, quando se tornou a capital da Itália, Turim tinha 173 mil habitantes. Após uma crise, devida à mudança da capital para Florença, Turim desenvolveu uma economia industrial, tornando-se a segunda cidade industrial, atrás apenas de Milão.

A cidade continuou crescendo, mesmo durante a Segunda Guerra Mundial, até ultrapassar o milhão de moradores durante os anos sessenta. A partir do final dos anos setenta houve uma diminuição da população, devida à baixa taxa de natalidade e ao crescimento das cidades na região metropolitana.[carece de fontes?]

Cerca de 16,4% da população possui menos de 14 anos de idade, enquanto aqueles em idade de aposentadoria são 18,8%. A cidade viu um crescimento no número de imigrantes, incluindo as áreas suburbanas. A população continua na maioria italiana (96,1%), mas há grupos significantes de romenos (2,3%), marroquinos (1,5%), peruanos (0,5%), albanianos (0,4%) e outros.

Economia[editar | editar código-fonte]

Hoje em dia a cidade é uma grande área industrial, conhecida particularmente como a sede da montadora de automóveis FIAT. A cidade é sede do edifício Lingotto, que já foi a maior fábrica de carros do mundo e que agora é centro de convenções, local para concertos, galeria de arte, centro de compras e hoteis. Outras companhias fundadas em Turim incluem a Invicta (1821), Lavazza, Martini, Kappa e a fábrica de chocolate Caffarel.

Também é um centro da indústria aeroespacial, com a Alenia. Alguns elementos principais da Estação Espacial Internacional foram produzidos na cidade. Futuros projetos europeus como Ariane 5 serão gerenciados de Turim pela nova companhia NGL, subsidiária da EADS (70%) e Finmeccanica (30%).

Em Turim também surgiram grandes companhias italianas, como a Telecom Italia do ramo das telecomunicações e a rede de televisão RAI. A maioria das indústrias de cinema moveram-se para outras partes da Itália, mas Turim continua sendo sede do Museu Nacional de Cinema.

Cidades-irmãs[editar | editar código-fonte]

Turim vista da EEI
Mole Antonelliana, o símbolo de Turim, abriga o Museu Nacional do Cinema

As cidades-irmãs são as seguintes:

Turim tem acordos de colaboração com as seguintes cidades:

Esporte[editar | editar código-fonte]

A cidade sediou, entre outros eventos, a Copa do Mundo da FIFA em 1934[3] e 1990[4].

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «MuseoTorino». www.museotorino.it. Consultado em 2016-04-23. 
  2. Navire, Federico (2009). Torino come centro di sviluppo culturale: un contributo agli studi della civiltà italiana Peter Lang [S.l.] 
  3. http://www.fifa.com/tournaments/archive/worldcup/italy1934/matches/index.html
  4. http://www.fifa.com/tournaments/archive/worldcup/italy1990/

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Turim