Martini

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde fevereiro de 2011). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
15-09-26-RalfR-WLC-0084.jpg

O martini, também conhecido como dry martini, é um cocktail feito com gim e vermute seco, na proporção de 10 para 1: coloque o gim e o vermute em um copo misturador cheio de gelo, mexa bem e coe para o copo de coquetel gelado. O martini é um ícone popular, sendo conhecido como o "rei dos cocktails".

O dry martini cocktail é servido em taça cocktail, a sua decoração é uma casca de limão. O olive martini cocktail é servido em taça cocktail, a sua decoração são 3 azeitonas verdes com pimenta num palito sobre a taça. O Gibson é uma "leve" variação do dry martini cocktail (a proporção entre vodka e vermute é de 5 para 1) guarnecido com cebolinha em conserva. Também fica ótimo com cereja e gelo.

Esta bebida serve de inspiração para a criação do coquetel favorito do agente britânico 007 do MI6, James Bond, personagem principal dos famosos livros de espionagem de Ian Fleming. O Vesper, variação do Dry Martini original, consiste na seguinte receita, como descrito pelo próprio Bond no livro de estréia da série, Cassino Royale: Três partes de Gordon's(Gin). uma de vodka e meia de Kina Lillet. Um twist de limão siciliano, por fim;

Na novela Por Amor da Rede Globo, a personagem Branca Letícia de Barros Mota, era uma consumidora assídua do dry martini.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]



Ícone de esboço Este artigo sobre bebidas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.