Naoki Yoshida

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Naoki Yoshida
吉田 直樹
Yoshida em julho de 2013
Nascimento 1 de maio de 1973 (48 anos)
 Japão
Ocupação Produtor, diretor e projetista de jogos eletrônicos
Período de atividade 1993–presente
Empregador(a) Square Enix

Naoki Yoshida (吉田 直樹 Yoshida Naoki?), também conhecido por seu apelido "Yoshi-P",[1] é um produtor, diretor e projetista de jogos eletrônicos japonês que atualmente trabalha para a Square Enix. Ele é mais conhecido por seus trabalhos em massively multiplayer online role-playing games (MMORPGs), como por exemplo Dragon Quest X e Final Fantasy XIV: A Realm Reborn. Yoshida também é creditado por ter salvo o projeto Final Fantasy XIV de seu lançamento desastroso.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Yoshida entrou na indústria de jogos eletrônicos em 1993 e começou sua carreira na Hudson Soft, onde inicialmente foi designado para a criação de jogos para o TurboGrafx-16.[2] Mais tarde ele se tornou roteirista na série Far East of Eden e projetista da série Bomberman.[3] Após deixar a Hudsoft, Yoshida trabalhou pelos cinco anos seguintes em vários estúdios menores até entrar na Square Enix em 2004, tornando-se chefe da série Dragon Quest: Monster Battle Road e também projetista de Dragon Quest X.[2][3]

Ele foi retirado de Dragon Quest em dezembro de 2010 e colocado no comando da equipe de desenvolvimento encarregada de Final Fantasy XIV, que desde seu lançamento em setembro havia enfrentando enormes problemas e críticas.[1] O então presidente da companhia Yōichi Wada disse que a decisão foi tomada porque Yoshida possuía a experiência, habilidades de liderança "carismáticas" e desejo "apaixonado" de satisfazer os consumidores. Ele não conhecia nenhum membro da equipe de XIV e assim teve que demonstrar sua dedicação ao projeto primeiro ganhando a confiança de todos como diretor. Yoshida então conversou individualmente com cada desenvolvedor a fim de descobrir suas ideias para melhorias, usando todo o conhecimento adquirido para produzir a versão revisada do jogo chamada de Final Fantasy XIV: A Realm Reborn.[1] Como resultado de sua direção, muitos críticos e especialistas da indústria creditaram Yoshida por ter "salvado" o projeto Final Fantasy XIV.[4][5][6][7]

Jogos[editar | editar código-fonte]

Ano Título Crédito(s)
1999 Bomberman 64: The Second AttackStar Soldier: Vanishing Earth Diretor do modo história
2007 Dragon Quest: Monster Battle Road Diretor
2008 Dragon Quest: Monster Battle Road II Legend
2010 Dragon Quest: Monster Battle Road
Final Fantasy XIV Diretor, produtor
2012 Dragon Quest X Projetista chefe
2013 Final Fantasy XIV: A Realm Reborn Diretor, produtor
Final Fantasy XVI Produtor

Referências

  1. a b c Vreeland, Michael (4 de junho de 2012). «FFXIV Interview: Phoenix Down For a Fallen MMO». 1UP.com. Consultado em 16 de março de 2016. Arquivado do original em 10 de agosto de 2015 
  2. a b Donaldson, Alex (1 de novembro de 2011). «Final Fantasy XIV Interview with Producer/Director Naoki Yoshida - Round 2». RPG Site. Consultado em 16 de março de 2016 
  3. a b «『ファイナルファンタジーXIV』新プロデューサー兼ディレクターに直撃インタビュー». Famitsu. 20 de janeiro de 2011. Consultado em 16 de março de 2016 
  4. Nutt, Christian (1 de abril de 2011). «Fixing Final Fantasy XIV: The Yoshida Interview». Gamasutra. Consultado em 16 de março de 2016 
  5. Nutt, Christian (18 de abril de 2014). «Understanding the successful relaunch of Final Fantasy XIV». Gamasutra. Consultado em 16 de março de 2016 
  6. Lin, Joseph C. (14 de abril de 2015). «Meet the Guy Who Saved Final Fantasy XIV from Total Disaster». TIME. Consultado em 16 de março de 2016 
  7. Parkin, Simon (18 de abril de 2014). «Meet the man who salvaged Final Fantasy 14 from ruin». Eurogamer. Consultado em 16 de março de 2016 
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço relacionado ao Projeto Biografias. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.