Negra Livre

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde setembro de 2015). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Negra Livre
Álbum de estúdio de Negra Li
Lançamento 21 de outubro de 2006 (2006-10-21)[1]
Gravação 2005–06
Gênero(s)
Idioma(s) (em português)
Formato(s)
Gravadora(s) Universal
Cronologia de Negra Li
Antônia
(2006)
Estúdio Coca-Cola - Pitty e Negra Li
(2007)
Singles de Negra Li
  1. "Você Vai Estar na Minha"
    Lançamento: 20 de outubro de 2006
  2. "Ninguém Pode Me Impedir"
    Lançamento: 2 de março de 2007
  3. "Mundo Jovem"
    Lançamento: 20 de julho de 2007
  4. "Meus Telefonemas"
    Lançamento: 9 de novembro de 2007
  5. "Amar em Vão"
    Lançamento: 15 de abril de 2008

Negra Livre é o segundo álbum solo da cantora brasileira Negra Li, lançado em 21 de outubro de 2006 (2006-10-21). O sucesso do disco chamou a atenção da mídia nacional, puxado pela canção "Você Vai Estar na Minha".[1] Também se destaca a participação de Caetano Veloso na canção "Meus Telefonemas".

Faixas[editar | editar código-fonte]

N.º Título Duração
1. "Ninguém Pode Me Impedir"   3:40
2. "Você Vai Estar na Minha"   3:25
3. "Amar Em Vão"   3:53
4. "Compaixão"   3:23
5. "Meus Telefonemas" (part. Caetano Veloso) 3:49
6. "Mundo Jovem"   3:29
7. "Negra Livre"   3:39
8. "Tudo Era Lindo"   4:02
9. "Chegou A Hora"   4:24
10. "Por Você"   3:58
11. "Eu Não Te Quero Pouco"   3:29
12. "Teu Sorriso"   3:29
13. "Tempo Pra Você"   4:12
14. "A Pé"   2:59
Faixa multimídia
N.º Título Duração
1. "Você Vai Estar Na Minha" (videoclipe) 3:27

Posições nas paradas[editar | editar código-fonte]

Parada (2006) Melhores
posições
 Brasil - ABPD[2] 1
 Brasil - TOP 40 1

Vendas e certificações[editar | editar código-fonte]

País / Certificadora Certificação Vendas
 Brasil (ABPD) Platina 150.000

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b «A virada de Negra Li». Isto É Gente. 30 de outubro de 2006. Consultado em 18 de janeiro de 2009 
  2. Pesquisa entre 07/2013 e 08/2013 na parada de CDs: «Portal Sucesso - Top CD». Portal Sucesso. Consultado em 17 de agosto de 2013 
Ícone de esboço Este artigo sobre um álbum de Negra Li é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.