Neneca (voleibolista)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Se procura pelo(a) outro Neneca, veja Neneca.
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde outubro de 2014).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.
Under construction icon-yellow.svg
Este artigo carece de caixa informativa ou a usada não é a mais adequada.
Volleyball (indoor) pictogram.svg Neneca Volleyball (indoor) pictogram.svg
Dados Pessoais
Nome: Alessandra Januário dos Santos
Nacionalidade: brasileira
Data de Nascimento: 13 de abril de 1988 (31 anos)
Naturalidade: Rio de Janeiro, RJ
Características
Altura: 176 cm
Peso: 64 kg
Lateralidade: Canhota
Posição: Ponteira /Oposta
Ataque:
Bloqueio:
Clube Atual
Brasil Sesi-SP Camisa 5
Juvenil
1997-2004 BrasilTijuca Tênis Clube
2005-2005 Brasil Jaraguá do Sul
2005-2007 BrasilSesi Esporte/Uberlândia
Carreira
2007-2009 BrasilMedley Banespa
2009-2011 BrasilVôlei Futuro
2011-2012 BrasilMacaé Sports
2012-2013 BrasilRio do Sul/Unimed/Delsoft
2013-2014 BrasilSesi-SP
Medalhas
Campeonato Mundial de Clubes
Bronze Zurique 2014 Sesi-SP
Campeonato Sul-Americano de Clubes
Ouro Osasco 2014 Sesi-SP
Top Volley
Prata Basiléia 2010 Vôlei Futuro
Seleção
2004 Brasil Sub-18 ?

Alessandra Januário dos Santos, mais conhecida como Neneca (Rio de Janeiro, 13 de abril de 1988) é uma voleibolista indoor brasileira,[1] atuante na posição de Oposta e Ponteira e participou da seletiva a Seleção Brasileira nas categorias de base. Em clubes foi vice-campeã do Torneio Internacional Top Volley em 2010 na Suíça e conquistou a medalha de ouro no Campeonato Sul-Americano de Clubes em 2014 no Brasil e no mesmo ano o bronze no Campeonato Mundial de Clubes em Zurique-Suíça.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Neneca começou a praticar voleibol em 1999, convidada por sua prima, passou a frequentar a escolinha de vôlei do Tijuca Tênis Clube, sem nenhum contato anterior com a modalidade, aprendendo cada fundamento, aperfeiçoando a cada fase.[2]

No ano de 2004 foi convocada para Seleção Brasileira na categoria infanto-juvenil[2] e por erro médico foi afastada do grupo, os médicos da comissão técnica da CBV que emitiu um laudo considerando a atleta com “Traço Falciforme” foi cortada, tal fato tomou uma repercussão até mesmo entre os políticos, chegando a ser discutido na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro; estes encaminhando pareceres, não só brasileiros como dos Estados Unidos, aos então Ministros da Saúde e dos Esportes, Humberto Costa e Agnelo Queiroz Filho solicitando sua reintegração a equipe. Neneca também integrou a Seleção Carioca nas categorias de base[3] e obteve muitos títulos pelo Tijuca Tênis Clube, inclusive o título carioca juvenil.[4]

Com apoio do então Deputado Carlos Minc, a CBV em coletiva na pessoa do presidente da entidade da época, Ary Graça, tal coletiva com a presença da atleta, ocorrida em 6 de maio de 2004, assumiu a falha do diagnóstico dado à atleta para qualquer prática esportiva, sendo reintegrada aos treinamentos da Seleção Brasileira de base.[5]

Após o corte da seleção declarou sua decepção com o caso e quase abandonou a carreira que iniciava, mas seu primeiro técnico ainda nas categorias de base do Tijuca Tênis Clube, Julinho, após várias tentativas insistindo seu regresso, então decide voltar e passa atuar no time catarinense de Jaraguá do Sul.[6]Ainda em sua carreira nas categorias de base defendeu o Sesi Esporte/Uberlândia onde conquistou o Campeonato Mineiro na categoria juvenil.[4]

Na temporada 2007-08 é contratada pelo Medley Banespa e conquistou o título do Campeonato Paulista Juvenil de 2007[7] e disputa a Superliga Brasileira A[4][8] correspondente, desfalcou por seis semanas após torção no tornozelo nas quartas de final[9] e sua equipe encerrou na sétima colocação.[10]

Permaneceu no Medley/Banespa para as competições de 2008-09 [4] e contribuiu para equipe avançar as semifinais da Copa São Paulo de 2008[11] e também para disputar as semifinais do Campeonato Paulista do mesmo ano[12] e disputou por este clube a Superliga Brasileira A 2008-09,[13] avançou até as quartas de final.[14]

No final da temporada no Medley/Banespa teve problemas financeiros com o clube e precisou abandonar o clube. Teve a oportunidade de treinar na equipe do Rexona/Ades no Rio de Janeiro e ainda teve a oportunidade de sua primeira experiência internacional na Espanha, atuando pelo CV Aguere.

Neneca migrou para cidade de Araçatuba para atuar pelo Vôlei Futuro para a jornada esportiva 2009-10, e foi vice-campeã dos Jogos Abertos do Interior de Santo André 2009,[15] no mesmo ano foi vice-campeã do Torneio Internacional Top Volley sediado na Suíça[16] e disputou a edição desta jornada da Superliga Brasileira A[17] e outra vez disputa por um clube as quartas de final[18] e encerrou em quinto lugar.[19]

Em mais uma temporada pelo Vôlei Futuro, Neneca disputou as competições do período esportivo 2010-11 conquistando o vice-campeonato paulista de 2010[20] e esteve no grupo que avançou as semifinais da Superliga Brasileira A 2010-11[21] e encerrou com o bronze da edição.[19]

Transferiu-se para o Macaé Sports e competiu por este na jornada 2011-12, atuando como Ponteira, foi vice-campeã carioca sob o comando do Chicão[22] e esteve no grupo que avançou as semifinais da Superliga Brasileira A 2010-11</ref> e junto com a equipe encerrou na penúltima posição, ou seja, apenas na décima primeira posição da Superliga Brasileira A correspondente.[23]

Foi contratada pelo time catarinense do Rio do Sul/Unimed/Delsoft contribuiu para equipe avançar a grande final da competição[24] e conquistou o título catarinense de 2012.[25]Em 2012 representou o clube nos Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc) na modalidade de vôlei de praia;[26] também ajudou sua equipe a classificar as quartas de final da Superliga Brasileira A 2012-13 e encerrou na oitava colocação.[27] Nessa temporada foi eleita a MELHOR sacadora da Superliga Feminina A.

Reforçou a equipe do Sesi-SP na temporada 2013-14 conquistou o vice-campeonato paulista de 2013,[28] mesma colocação obtida na Copa Brasil de 2014 em Maringá-Paraná[29] obtendo a qualificação para o Campeonato Sul-Americano de Clubes de 2014, este sediado em Osasco-Brasil e conquistou o título nessa edição qualificando sua equipe pela primeira vez ao Campeonato Mundial de Clubes de 2014 sediado na Zurique-Suíça.[30]

Disputou pelo Sesi/SP a Superliga Brasileira A 2013-14[31] e com equipe avançou a grande final da edição encerrando com o vice-campeonato.[32] Neneca foi Inscrita pela equipe do Sesi/SP no Campeonato Mundial de Clubes de 2014 em Zurique[33] e foi semifinalista nesta edição, conquistando a medalha de bronze.[34]

Na temporada seguinte 14/15 voltou a equipe de Rio do Sul, dessa vez dirigida pelo técnico Spencer ao qual já havia tido experiência de trabalhar com ele nas categorias de base quando atuou pelo SESI Uberlândia. Além dos campeonatos da temporada em que atuou por Rio do Sul em 12/13, também disputaram a Copa Dentil de Vôlei na cidade de Uberlândia.

Na temporada 15/16 a Neneca vivenciou sua segunda experiência internacional. A atleta está defendeu a equipe do Volley Köniz da Suíça. Disputando os campeonatos da CEV Cup, Swiss Volley e outros campeonatos regionais. Foi a maior pontuadora (TopScorer) pela equipe Suíça.

Na temporada 16/17, a atleta decidiu permanecer no exterior. Dessa vez está jogando na Turquia pela equipe da província de Balikesir.

Títulos e Resultados[editar | editar código-fonte]

Premiações Individuais[editar | editar código-fonte]

MELHOR SAQUE - Superliga Feminina de Vôlei 12/13 - Rio do Sul/SC[carece de fontes?]

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Perfil da personalidade: Neneca». Confederação Brasileira de Vôlei. S/data. Consultado em 5 de outubro de 2014. Arquivado do original em 4 de março de 2016 
  2. a b Jornal de Santa Catarina (14 de dezembro de 2012). «Vôlei- Conheça um pouco mais de Neneca, jogadora do vôlei de Rio do Sul, destaque na Superliga». Consultado em 10 de maio de 2013 
  3. Alerj. «AFASTAMENTO DE JOGADORA DE VOLEI POR ERRO MÉDICO É DEBATIDO NA ALERJ». Consultado em 10 de maio de 2013. Arquivado do original em 3 de março de 2016 
  4. a b c d e f g Innovate Sports. «Carreira -Alessandra Januário dos Santos» (PDF). Consultado em 10 de maio de 2013 
  5. Mandato. «Vitória memorável: atleta com traço falciforme é reintegrada à Seleção Brasileira de Vôlei Juvenil». Consultado em 10 de maio de 2013. Arquivado do original em 16 de outubro de 2007 
  6. alerj (15 de dezembro de 2012). «SUPERLIGA- A amiga da bola» 12755 ed. Consultado em 10 de maio de 2013 
  7. a b FPV- Federação Paulista de Voleyball (5 de novembro de 2007). «E.C. Banespa conquista o estadual juvenil feminino». Consultado em 11 de maio de 2014 
  8. Inside Volley Country (12 de dezembro de 2007). «Brazil - Superliga 2007/2008- E.C. Banespa» (em inglês). Consultado em 10 de maio de 2014 
  9. FPV- Federação Paulista de Voleyball (24 de março de 2008). «Medley/Banespa perde Neneca contra Finasa/Osasco». Consultado em 11 de maio de 2014 
  10. a b CBV-Confederação Brasileira de Voleibol (27 de outubro de 2008). «SUPERLIGA 08/09: Histórico da Superliga». Consultado em 10 de maio de 2014. Arquivado do original em 17 de outubro de 2014 
  11. FPV- Federação Paulista de Voleyball (12 de julho de 2008). «Medley/Banespa derrota Orion/Fadenp está nas semifinais». Consultado em 11 de maio de 2014 
  12. FPV- Federação Paulista de Voleyball (2 de outubro de 2008). «Medley/Banespa se garante nas semifinais do Paulista». Consultado em 11 de maio de 2014 
  13. CBV-Confederação Brasileira de Voleibol. «Superliga 2008/2009- FICHA COMPLETA - ESCALAÇÃO SUPERLIGA FEMININA- MEDLEY / BANESPA». Consultado em 11 de maio de 2014. Arquivado do original em 14 de julho de 2014 
  14. FPV- Federação Paulista de Voleyball (28 de março de 2009). «Finasa garante vaga entre os semifinalistas da Superliga». Consultado em 11 de maio de 2014 
  15. FPV- Federação Paulista de Voleyball (19 de outubro de 2009). «Blausiegel/S. Caetano conquista título dos Jogos Abertos». Consultado em 11 de maio de 2014 
  16. VôleiBrasil. «Perfil da Personalidade- Neneca». Consultado em 11 de maio de 2014. Arquivado do original em 4 de março de 2016 
  17. CBV-Confederação Brasileira de Voleibol. «Superliga 2009/2010- FICHA COMPLETA - ESCALAÇÃO SUPERLIGA FEMININA- VÔLEI FUTURO». Consultado em 11 de maio de 2014. Arquivado do original em 5 de agosto de 2017 
  18. a b FPV- Federação Paulista de Voleyball (29 de março de 2010). «Vôlei Futuro vence Pinheiros/Mackenzie e empata a série». Consultado em 11 de maio de 2014 
  19. a b c d FPV- Federação Paulista de Voleyball. «Artigo Grêmio Recreativo e Esportivo Reunidas (voleibol feminino)- Resultados obtidos nas principais competições-Superliga». Consultado em 11 de maio de 2014 
  20. a b FPV- Federação Paulista de Voleyball (9 de dezembro de 2010). «Pinheiros/Mackenzie é bicampeão Paulista». Consultado em 11 de maio de 2014 
  21. CBV-Confederação Brasileira de Voleibol. «Superliga 2010/2011- TABELAS DEJOGOS E RESULTADOS- SUPERLIGA FEMININA- Playoffs Semifinais». Consultado em 11 de maio de 2014. Arquivado do original em 3 de março de 2016 
  22. a b O Debate On (9 de dezembro de 2011). «Meninas do Macaé estreiam na Superliga». Consultado em 11 de maio de 2014 
  23. a b CBV-Confederação Brasileira de Voleibol. «Superliga 2011/2012- CLASSIFICAÇÃO- SUPERLIGA FEMININA». Consultado em 11 de maio de 2014. Arquivado do original em 27 de fevereiro de 2018 
  24. WCB News (2 de setembro de 2012). «Campeonato Catarinense de Vôlei Feminino 2012: Rio do Sul vence mais uma-Rio do Sul vence e garante vaga na final». Consultado em 11 de maio de 2014 
  25. a b FCV-Federação Catarinense de Voleibol. «Adulto feminino / 2012-FASE FINAL- EQUIPE CAMPEû. Consultado em 11 de maio de 2014. Arquivado do original em 14 de julho de 2014 
  26. Esporte Alto do Vele (12 de novembro de 2012). «52º JASC Etapa Estadual Boletim 006». Consultado em 11 de maio de 2014 
  27. a b CBV-Confederação Brasileira de Voleibol. «Superliga 2012/2013- CLASSIFICAÇÃO- SUPERLIGA FEMININA». Consultado em 11 de maio de 2014. Arquivado do original em 27 de fevereiro de 2018 
  28. a b FPV- Federação Paulista de Voleyball. «Campeonato Paulista 2013 - DIVISÃO ESPECIAL FEMININO-CLASSIFICAÇÃO-Classificação Geral». Consultado em 11 de maio de 2014 
  29. a b CBV-Confederação Brasileira de Voleibol. «COPA DO BRASIL DE VOLEIBOL-RESULTADOS / CLASSIFICAÇÃO 2014» (PDF). Consultado em 11 de maio de 2014. Arquivado do original (PDF) em 17 de janeiro de 2014 
  30. FPV- Federação Paulista de Voleyball (10 de fevereiro de 2014). «SESI-SP vence o MOLICO/Osasco e conquista o Sul-Americano de Clubes». Consultado em 11 de maio de 2014 
  31. VôleiBrasil. «Superliga 2013-2014- Equipes – Feminino-Sesi». Consultado em 11 de maio de 2014. Arquivado do original em 17 de janeiro de 2014 
  32. a b CBV-Confederação Brasileira de Voleibol. «Superliga 2013/2014-Classificação». Consultado em 11 de maio de 2014. Arquivado do original em 10 de agosto de 2014 
  33. FIVB-Federação Internacional de Voleibol. «World Grand Prix- Sapporo 2013- SES / SESI-SP- Team Composition» (em inglês). Consultado em 11 de maio de 2014 
  34. FIVB-Federação Internacional de Voleibol (11 de maio de 2014). «Press release-"We had to do some changes in our game plan," says Sesi-SP captain Fabiana Claudino» (em inglês). Consultado em 11 de maio de 2014