Nginx

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Nginx
Desenvolvedor Igor Sysoev
Versão estável 1.6.2 (16 de setembro de 2014; há 2 anos)
Versão em teste 1.7.10 (10 de fevereiro de 2015; há 11 meses)
Sistema operacional Multi plataforma
Gênero(s) Servidor HTTP e IMAP/POP3
Licença BSD
Página oficial nginx.net

Nginx [engine x] é um servidor proxy HTTP e reverso, bem como um servidor de proxy de email, escrito por Igor Sysoev desde 2005. Segundo a Netcraft em fevereiro de 2013 o Nginx foi considerado o maior servidor HTTP, responsável por 12,81% dos servidores de HTTP e IMAP/POP3.

O Nginx é um servidor web rápido, leve, e com inúmeras possibilidades de configuração para melhor performance.

Tecnicamente, o Nginx consome menos memória que o Apache, pois lida com requisições Web através do conceito de “event-based web server”; já o Apache é baseado no conceito “process-based server”. Eles não são necessariamente “concorrentes”, Apache e Nginx podem trabalhar juntos. É possível diminuir o consumo de memória do Apache fazendo com que as requisições Web passem primeiro pelo Nginx. Desse modo, o Apache não precisa servir arquivos estáticos, e pode depender do bom controle de cache feito pelo Nginx.[1]

As fontes e documentação são distribuídos sob cláusula 2 licença BSD-like.

Características básicas do servidor HTTP[editar | editar código-fonte]

  • Manipulação de arquivos estáticos, indexação de arquivos, autoindexação; cache de descritor de arquivo aberto;
  • Proxy reverso acelerado com cache, balanceamento de carga simples e tolerância a falhas;
  • Suporte acelerado com cache a: FastCGI, uWSGI, SCGI e servidores memcached; balanceamento de carga simples e tolerância a falhas;
  • Arquitetura modular. Filtros incluem gzipping , intervalos de bytes, respostas fragmentadas, XSLT , SSI e transformação da imagem de filtro. Inclusões múltiplas SSI dentro de uma página única podem ser processadas ​​em paralelo se forem manuseadas pelos servidores de proxy ou FastCGI;
  • SSL e TLS apoio SNI.

Outros recursos do servidor HTTP[editar | editar código-fonte]

  • Servidores virtuais baseados em nome e baseados em IP;
  • Conexões keep-alive e suporte a pipeline;
  • Configuração flexível;
  • Reconfiguração e atualização de um executável sem interrupção do serviço ao cliente;
  • Acesso a formatos de log, buffer de escrita de log e de rotação rápida de registro;
  • 3xx-5xx códigos de erro de redirecionamento;
  • Módulo de reescrita: mudança URI usando expressões regulares;
  • Execução de diferentes funções, dependendo do endereço do cliente;
  • Controle de acesso baseado em endereço IP do cliente e autenticação HTTP Basic;
  • Referenciador de validação de HTTP;
  • Métodos PUT, DELETE, MKCOL, COPY e MOVE;
  • Streaming de FLV e MP4;
  • Limitação de taxa de resposta;
  • Limitação do número conexões ou pedidos simultâneas provenientes de um endereço;
  • Perl incorporado.

Correio recursos de servidores proxy[editar | editar código-fonte]

  • Redirecionamento do usuário para servidor IMAP ou POP3 usando um HTTP externo de autenticação do servidor;
  • Autenticação do usuário usando um HTTP externo de autenticação do servidor e redirecionamento de ligação a um servidor SMTP interno;
  • Métodos de autenticação:

POP3: USER / PASS, APOP, AUTH LOGIN/PLAIN/CRAM-MD5; IMAP: LOGIN, AUTH LOGIN/PLAIN/CRAM-MD5; SMTP: AUTH LOGIN/PLAIN/CRAM-MD5;

  • Suporte a SSL;
  • Suporte a STARTTLS e STLS.

Arquitetura e escalabilidade[editar | editar código-fonte]

  • Um mestre e vários processos de trabalho; processos de trabalho são executados sob um usuário sem privilégios;
  • Suporte para kqueue (FreeBSD 4.1 +), epoll (Linux 2.6 +), rt sinais (Linux 2.2.19 +), / dev / poll (Solaris 7 11/99 +), portas de evento (Solaris 10), selecionar e pesquisa;
  • Suporte a vários recursos, incluindo kqueue EV_CLEAR, EV_DISABLE (para desativar temporariamente eventos), NOTE_LOWAT, EV_EOF, número de dados disponíveis, códigos de erro;
  • sendfile (FreeBSD 3.1 +, Linux 2.2 +, Mac OS X 10.5 +), sendfile64 (Linux 2.4.21 +), e sendfilev (Solaris 8 7/01 +) de apoio;
  • Arquivo AIO (FreeBSD 4.3 +, Linux 2.6.22 +);
  • DIRECTIO (FreeBSD 4.4 +, Linux 2.4 +, Solaris 2.6 +, Mac OS X);
  • Accept-filtros (FreeBSD 4.1 +, NetBSD 5.0 +) e TCP_DEFER_ACCEPT (Linux 2.4 +) apoio;
  • Keep-alive para 10.000 conexões HTTP inativas demandam cerca de 2,5MB de memória;
  • Operações de cópia de dados são mantidos a um mínimo.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Referências

Parte do texto retirado de http://klauslaube.com.br/2011/12/19/nginx-poderoso-rapido-facil/

Ícone de esboço Este artigo sobre Software é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.