Niigata

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Província de Niigata
(新潟県; Niigata-ken)
Mapa
Mapa do Japão com Niigata destacado
Informação
Capital Niigata (cidade)
Região Chubu
Ilha Honshu
Área 12 582,37 km² (5.º)
 - % água 0,2%
População (1 de Outubro de 2000)
 - Total 2 475 733 (14.º)
 - Densidade populacional 197 hab/km²
Distritos 16
Municípios 111
ISO 3166-2 JP-15
Website www.pref.niigata.jp/
sougouseisaku/kokusai/
english/
Símbolos
Flor Túlipa (Tulipa gesneriana)
Árvore Camélia (Camellia japonica)
Ave Íbis de crista (Nipponia nippon)

A província de Niigata (新潟県, Niigata-ken?) é uma província do Japão localiza-se na ilha de Honshu, na costa do Mar do Japão.[1] A capital é a cidade de Niigata.[2] O nome "Niigata" significa literalmente "novo lago".

História[editar | editar código-fonte]

Até após a Restauração Meiji, a região que hoje é conhecida como província de Niigata era dividida entre as províncias de Echigo e Sado.[3] Durante o período Sengoku, o clã Nagao, que era vassalo de Uesugi, dominava um feudo na parte ocidental da Niigata moderna a partir do Castelo de Kasugayama. O membro mais notável do clã Nagao era Nagao Kagetora, que mais tarde seria conhecido como Uesugi Kenshin. Ele unificou os líderes das província de Echi e tornou-se o único governante. Ao tomar o sobrenome de Uesugi, ele também se tornou o líder do clã Uesugi e efetivamente trouxe o reino deles sob seu controle.

A cidade de Niigata é hoje a maior cidade japonesa de frente para o Mar do Japão. Foi o primeiro porto japonês do Mar do Japão a abrir ao comércio exterior depois da abertura do Japão por Matthew Calbraith Perry. Desde então ela exerceu um papel importante no comércio com a Rússia e a Coreia. Um navio da Coreia do Norte visita Niigata uma vez por mês, sendo uma das poucas formas de contato entre o Japão e aquele país.

A organização Etsuzankai, liderada pelo político Kakuei Tanaka, foi muito influente em trazer melhoramentos na infraestrutura da província nas décadas de 1960 e 1970. Eles incluíam a linha de trem-bala Jōetsu Shinkansen e a Auto-Estrada de Kanetsu para Tóquio.

Em 23 de outubro de 2004, o terremoto de Chuetsu atingiu a província de Niigata e foi medido pela Shindo com nível 6+ em Ojiya.[4]

Em 9 de janeiro de 2006, uma forte tempestade de inverno atingiu a província e seus vizinhos.[5] Pelo menos 71 pessoas morreram e mais de 1 mil ficaram feridas. Também em 2006, um tsunami e um terremoto danificaram casas e causaram mortes nas regiões marítimas da província de Niigata, principalmente perto da Ilha de Sado.

Em 16 de julho de 2007, outro terremoto atingiu a região.

A província de Niigata sediou o Fuji Rock Festival, um evento anual organizado pela estação de esqui de Naeba. O evento de três dias, organizado pela Smash japan, apresentou mais de 200 músicos japoneses e internacionais. É um dos maiores eventos musicais do Japão, com mais de 100 mil pessoas comparecendo em 2005.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Mapa da província de Niigata
Penhasco de Ten-Ken de Oya-Shirazu, Niigata

A província de Niigata se estende por cerca de 240 km ao longo do Mar do Japão, do sudeste ao nordeste, com uma planície costeira entre as montanhas e o mar. Ela também inclui a ilha de Sado.

Devido à sua forma, a província de Niigata é freqüentemente chamada de "pequena Honshu". Ela pode ser incluída tanto na região de Hokuriku como na região de Koshinetsu, ambas consideradas partes da região de Chubu.

A província é geralmente dividida em quatro regiões geográficas: Joetsu no sul, Chuetsu no centro, Kaetsu no norte e a ilha de Sado. A foz do Rio Shinano, o mais longo do Japão, localiza-se na província de Niigata.

Reconstrução da casa de um camponês do século XIX e um arrozal no Museu da Cultura do Norte, Niigata.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Cidades[editar | editar código-fonte]

Em negrito, a capital da prefeitura.

Distritos[editar | editar código-fonte]


Economia[editar | editar código-fonte]

Agricultura, floresta e pesca[editar | editar código-fonte]

O setor mais importante da província de Niigata é a agricultura. O arroz é o principal produto, e entre as províncias do Japão, Niigata é a segunda em produção do cereal, atrás apenas de Hokkaido. A região ao redor de Uonuma é conhecida por produzir a variação do Koshihikari, amplamente considerado o arroz de melhor qualidade produzido no Japão.

As indústrias relacionadas ao arroz também são muito importantes para a economia da província. A província de Niigata é conhecida em todo o Japão pela alta qualidade de seu sake, senbei, mochi e arare. A província é a terceira na produção de sake, atrás apenas das províncias de Gunma e Kyoto.

A província também é conhecida por ser o lugar de origem das carpas ornamentais conhecidas como koi.

A província de Niigata produz o maior volume de azaléias e lírios no Japão, e está aumentando a produção de flores cortadas e bulbos de fores. Junto com a província de Toyama, ela produz a maior quantidade de tulipas no país.

Mineração e manufatura[editar | editar código-fonte]

Petróleo é produzido na província de Niigata, embora o Japão confie muito no petróleo importado de outros países. Aquecedores de querosene são produzidos para utilização nos frios invernos de Niigata.

Kinzan, na Ilha de Sado, possuía uma mina de ouro até ser fechada em 1989.

Sanjo e Tsubame produzem 9 por cento de toda a prataria do Japão. As duas cidades vêem logo depois de Osaka na produção de tesouras, facas de cozinha e chaves de fenda.

A província de Niigata poder ter sido a primeira região do Japão a produzir tecidos de malha, embora os primeiros produtos tenham sido importados da China.

A central nuclear com a maior produção de energia está localizada na pequena vila de Kariwa.

Demografia[editar | editar código-fonte]

Em 1885, Niigata era a província mais populosa do Japão, ultrapassando até mesmo Tóquio e Osaka em população. No censo de 2003, Niigata classificava-se como a 14ª mais populosa.[6]

Como no resto do Japão, a população de Niigata mostra sinais de envelhecimento, principalmente nas regiões rurais.

Cultura[editar | editar código-fonte]

Comida[editar | editar código-fonte]

Niigata é conhecida pelas seguintes especialidades regionais:

Turismo e esportes[editar | editar código-fonte]

A maior parte do turismo de Niigata se concentra no esqui e nos onsens, principalmente nas regiões alpinas de Myoko e Yuzawa.

A ilha de Sado na costa oeste de Niigata é acessível via ferry (que dura de uma a duas horas e meia) a partir de Naoetsu ou da cidade de Niigata.

Clubes profissionais de esporte incluem Albirex Niigata, um clube de futebol da primeira divisão da J-League, e o Niigata Albirex BB, um time da Liga de Basquete do Japão.

Símbolos provinciais[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Nussbaum, Louis-Frédéric. (2005). "Niigata-ken" em Japan Encyclopedia, p. 711 (em inglês).
  2. Nussbaum, "Niigata" em p. 711 (em inglês).
  3. Nussbaum, "Provinces and prefectures" em p. 780 (em inglês).
  4. Niigata Chuetsu Earthquake on October 23, 2004 (em inglês). Página visitada em 13/09/2011.
  5. Snow Japan Photos - Huge amounts of snowfall in Niigata, January 2006 - Photos posted by muikabochi (currently 10 photos) (em inglês). Página visitada em 13/09/2011.
  6. Coming Soon to a City Near You! Learning to Live ‘Beyond Growth’ in Japan’s Shrinking Regions (em inglês). Página visitada em 14/09/2011.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Flag of Japan.svg   Este artigo é um esboço sobre Geografia da província de Niigata. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.