Novo Oriente de Minas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Wikitext.svg
Esta página ou seção precisa ser wikificada (desde outubro de 2011).
Por favor ajude a formatar esta página de acordo com as diretrizes estabelecidas.
NoFonti.svg
Este artigo ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde outubro de 2011).
Por favor, adicione mais referências inserindo-as no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Município de Novo Oriente de Minas
Bandeira indisponível
Brasão indisponível
Bandeira indisponível Brasão indisponível
Hino
Fundação 27 de abril de 1992 (25 anos)
Gentílico novo orientense
Prefeito(a) Fábio Rodrigues Gonçalves
(2017–2020)
Localização
Localização de Novo Oriente de Minas
Localização de Novo Oriente de Minas em Minas Gerais
Novo Oriente de Minas está localizado em: Brasil
Novo Oriente de Minas
Localização de Novo Oriente de Minas no Brasil
17° 24' 54" S 41° 12' 54" O17° 24' 54" S 41° 12' 54" O
Unidade federativa  Minas Gerais
Mesorregião Vale do Mucuri IBGE/2008 [1]
Microrregião Teófilo Otoni IBGE/2008 [1]
Municípios limítrofes Joaíma, Ponto dos Volantes, Caraí, Teófilo Otoni, Pavão, Crisólita, Águas Formosas, Catuji
Distância até a capital 518 KM km
Características geográficas
Área 754,084 km² [2]
População 10 342 hab. Censo IBGE/2010[3]
Densidade 13,71 hab./km²
Clima Não disponível
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,582 baixo PNUD/2000 [4]
PIB R$ 37 474,943 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 3 502,99 IBGE/2008[5]
Página oficial
Prefeitura www.novoorientedeminas.mg.gov.br

Novo Oriente de Minas é um município brasileiro do estado de Minas Gerais.

O município de Novo Oriente de Minas localiza-se no nordeste de Minas Gerais, no Vale do Mucuri ocupando uma área de 754 km², com uma população estimada de 10.342 habitantes (IBGE 2010) limitando-se com os municípios de Teófilo Otoni, Caraí, Pavão, Catuji, Crisólita, Águas Formosas, Padre Paraíso, Pontos dos Volantes, e Joaima. Sua topografia montanhosa, sendo que a sede do município esta em baixa altitude em relação a capital mineira.

História[editar | editar código-fonte]

Em 1932 era uma fazenda pertencente ao Sr. Inácio Pereira e seu filho Onório Pereira Rosa que entraram na mata bruta e fez campo de cultivo, foram os primeiros moradores destas terras. Por motivo de desentendimento entre o Sr. Inácio e seu filho o proprietário saiu à procura de compradores para a fazenda. Vindo da região de Topázio o Sr. João Roque instalou-se com sua esposa Cristina Ferreira Coimbra em 1936 nessas terras. Começa a explorá-las, e descobre que seu subsolo é rico em pedras preciosas, atraindo vários garimpeiros surgindo dai, pequenos estabelecimentos de comércio para suprir a crescente necessidade dos moradores. Tentou-se organizar uma feira no atual povoado de Frei Gonzaga, nomeado assim, pois a primeira missa foi celebrada por um frei chamado Gonzaga, mas também era conhecido por Jabuti, pois quando os garimpeiros chegavam de manhã nas lavras encontravam jabutis nas catras cheias de água, isso se repetia todos os dias. A feira não se fluiu, então o Sr. João Roque organizou uma feira em sua fazenda nos mesmos moldes da anterior, e dessa vez foi um grande sucesso. A fazenda se tornou o povoado de Belo Oriente.

Instalou-se a primeira maquina de limpar café tendo como proprietário o Sr. Durval de Barros, cuja sede hoje e considerada Patrimônio Histórico Municipal que serve como salas de aula anexas a Escola Estadual Paulo Pinheiro Chagas.

Desta caminhada surgiu o Centro de Defesa da Família fundado em 1979 e registrado em 1986, além de coordenar o trabalho de ligação entre a Comunidade e o Poder Executivo Municipal, com a atuação do CDF várias reivindicações foram atendidas para a melhoria de inúmeros setores do município. Mais tarde organizou-se uma votação popular elegendo o nome de Novo Oriente; por haver uma cidade no Ceará com o mesmo nome, denominou-se então Novo Oriente de Minas. Em 1995 foi emancipada pela lei n°. 37195 em 21 de dezembro.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Sua população estimada em 2004 era de 10.553 habitantes. Terras de relevo ondulado e montanhoso. O rio Mucuri, o Marambaia e o Americana, dentre outros banham o município. Está distante 496 km de Belo Horizonte, tendo acesso pela rodovia BR-116, MG-409 agora asfaltada. Agora precisa de melhoras nos asfaltos e na rede de Saúde.

Turismo[editar | editar código-fonte]

Em julho acontece a festa tradicional da cidade, o Fest-julho, época em que se reúne os novorientinos que já não moram na cidade e vários visitantes das cidades vizinhas como Teófilo Otoni, Caraí, Catuji, Padre Paraíso, Pavão entre outras; é uma época de muita agitação na cidade. Outros eventos marcantes que acontecem ainda são: a cavalgada e a corrida de cavalos na fazenda Guanabara conhecida por prainha por aqueles que residem no município tendo como promotor pessoas que gostam do esporte da cidade e da região. Além disso o município conta com uma gama de belezas naturais disponíveis a apreciação dos nativos e visitantes (Rios como o Marambaia e Americana,o Rio Mucuri bellissimas Cachoeiras como a cachoeira da Poaia, morros de granitos com vegetação de Mata Atlântica). Além da peculiar cultura rural. Durante a estação seca do ano as estradas de acesso ao interior do município são acessadas por qualquer tipo de veículo, entretanto durante a estação chuvosa é necessário se informar sobre as condições de trânsito.

Futebol[editar | editar código-fonte]

Novo Oriente de Minas é conhecido por sempre ter clubes competitivos em campeonatos de futebol. Atualmente o Clube da cidade é o Rápido F. C. que foi criado na década de 70 e após anos parado, voltou a disputar competições sendo até campeão do Torneio de Verão de 2014 após acirrada disputa de pênaltis em que o goleiro Rudson teve grande atuação ao defender 2 pênaltis. Este torneio foi disputado por equipes da região de Teófilo Otoni. O "Rápido" é atualmente treinado por Nena e seu time possui no elenco grandes jogadores como: Ronan, Rudson, Buiú, Motorzinho, Butija, Saron, Guguinha, Dim, Zum, Bizogue, Nardim, Leomar, Deivid, Léo, Fabrício, João Marcos, Tiago Tião,Joander Batista (Nenén), Talles de Frei Gonzaga entre outros.

Jogadores notáveis aposentados:

  • Félix;
  • Elvânio;
  • Paulinho;
  • Neném Rocha;
  • Adimilson;
  • Fabão;
  • Abílio;
  • Rangel;
  • Lulu;
  • Fabiano (Bagajão)
  • entre outros.

Referências

  1. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  2. IBGE (10 de outubro de 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  3. «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  4. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado de Minas Gerais é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.