Observatório de Paris

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Observatório de Paris
Observatoire de Paris-PSL.png
Obs-Paris-coupole-Arago.jpg
Características
Código IAU
005
007
Tipo
Grands établissements
observatório astronómico (en)
Construção
Telescópio(s)
Large equatorial coudé of Paris (d)
Arago telescope (en)
Abertura
Estatuto patrimonial
Endereço
61 avenue de l'Observatoire (d)
14.º arrondissement de Paris, Paris
Flag of France.svg França
Coordenadas
Website
Observatório de Paris

O Observatório de Paris (em francês Observatoire de Paris) é o mais importante observatório astronômico da cidade de Paris, França, nascido de um projeto de 1667. Equipado com instrumentos que permitissem e elaboração de cartas para a navegação. Ele foi criado em complemento da Academia Francesa de Ciências, fundada em 1666.

O observatório de Paris teve um papel muito importante na astronomia ocidental. Foi lá que nasceram ciências como a geodesia, a cartografia e a meteorologia.

Atualmente, o observatório de Paris têm instalações em três diferentes localidades: Paris, Meudon e Nançay.

História[editar | editar código-fonte]

Sob pressão de numerosos cientistas e, notavelmente, de Adrien Auzout, que escreveu, em 1665, uma carta ao rei Luís XIV para lhe pedir a criação imediata de uma "companhia das ciências e das artes".

Em 1666, Luis XIV e Jean-Baptiste Colbert fundaram a Academia Real de Ciências (Académie Royale des Sciences). Logo em seguida, em 22 de setembro de 1666, foi decidida a criação do observatório real, que mais tarde se tornaria o observatório de Paris. Ele deveria servir de lugar de reunião e de realização de experimentos científicos para todos os acadêmicos. Mas em razão do seu afastamento da Paris da época, somente os astrônomos o utilizaram.

Em 21 de junho de 1667 (dia do solstício de verão), os matemáticos da Academia traçaram sobre o terreno, no lugar da construção atual, o meridiano e outras direções necessárias para a implantação exata do edifício concebido pelo arquiteto e médico Claude Perrault (irmão de Charles Perrault, secretário de Colbert). O plano mediano do observatório definiria a partir de então, o meridiano de Paris. Em 1669, Colbert chamou Jean-Dominique Cassini para dirigir o observatório, o qual efetuou algumas modificações no prédio.

As instalações do observatório em Meudon foram feitas no lugar onde ficava o antigo Château de Meudon.

A dinastia dos Cassini[editar | editar código-fonte]

Sala Meridian (ou Sala Cassini) do Observatório de Paris. O Meridiano de Paris está traçado no chão.

O observatório foi dirigido durante seus 125 primeiros anos pela família Cassini:

Todos os Cassini estavam muito presentes no seio do observatório, até mesmo moravam em suas instalações.

Lista dos diretores[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]