Odin (Marvel Comics)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Odin
Nome completo Odin Borson
Espécie Æsir (Asgardiano)
Ocupação Divindade, Rei de Asgard, Pai do Céu Asgardiano, Deus do Céu Asgardiano, Guerreiro
Afiliações Asgardianos
Conselho dos Deuses
Família Bor (pai morto), Bestia (mãe morta), Col Borson (irmão), Njord (tio), Mimir (tio), Frigga (esposa, morta), Thor (filho), Tyr (filho), Loki (filho adotivo)
Terra Natal Asgard
Criado por Stan Lee
Larry Lieber
Jack Kirby
(Baseado no deus da mitologia nórdica)
Primeira aparição Journey Into Mistery #85 (Outubro de 1962)
Editora(s) Marvel Comics
Espécie Æsir (Asgardiano)
Terra natal Asgard
Afiliações Asgardianos
Conselho dos Deuses
Ocupação Divindade, Rei de Asgard, Pai do Céu Asgardiano, Deus do Céu Asgardiano, Guerreiro
Parceria Thor
Base de operações Asgard
Parentesco Bor (pai morto), Bestia (mãe morta), Col Borson (irmão), Njord (tio), Mimir (tio), Frigga (esposa, morta), Thor (filho), Tyr (filho), Loki (filho adotivo)
Situação presente Ativo
Codinomes conhecidos Pai de Todos, Wotan, Woden
Habilidades Sendo Asgardiano Odin possui:
  • Força, resistência, agilidade, reflexos, velocidade e durabilidade sobre-humanas
  • Vígor super-humano
  • Fator de cura acelerado
  • Longevidade extendida
  • Regeneração acelerada

Com a Força Odin:

  • Onipoder divino
  • Manipulação de magia nível ômega
  • Manipulação da realidade em escala universal
  • Manipulação da matéria em nível subatômico
  • Manipulação temporal em todas as áreas
  • Manipulação das almas mais fracas até as mais poderosas
  • Feitiçaria divina
  • Bruxaria divina
  • Encantamentos divinos
  • Maldições divinas
  • Telepatia
  • Telecinese
  • Ilusionismo
  • Pré-cognição
  • Imortalidade
  • Necrômancia
  • Premonição
  • Clarividência
  • Controle do clima
  • Intangibilidade
  • Invisibilidade
  • Fisiologia divina
  • Projeção de energia
  • Campos de força
  • Projeção astral
  • Transmorfismo
  • Conceder poderes
  • Anulação de poderes
  • Teletransporte interdimensional
  • Deus da sabedoria
  • Grande estrategista
  • Mestre em combate corpo-a-corpo

Odin é um personagem fictício que aparece nas histórias em quadrinhos publicadas pela Marvel Comics. Baseado no deus Odin da Mitologia Nórdica, ele foi criado por Stan Lee, Larry Lieber e Jack Kirby.

Biografia ficcional do personagem[editar | editar código-fonte]

Odin é o rei de Asgard, lar dos deuses nórdicos, terceiro filho de Bor e de Bestia, uma gigante de gelo. Ao nascer, recebeu um tratamento especial de seu pai que foi o rei anterior, para que o substitui-se. Quando Odin desceu ao reino de Midgard (Terra), desejou ficar com os mortais, mas este desejo desagradou Bor que por isso amaldiçoou a humanidade a uma existência de dor e sofrimento. Quando os Gigantes de Gelo ameaçavam invadir Asgard, Bor liderou um ataque para impedi-los ao lado de Odin. A vitoria estava garantida mas Bor caiu em uma armadilha fora de Asgard, forjada por um poderoso feiticeiro (futuramente descobriu-se que o feiticeiro era seu neto adotivo, Loki) que viajou para o passado, sabendo que não os poderia vencer em um combate direto, lançou-lhe um feitiço que tornou seu corpo em uma estátua de neve viva. Bor pediu que trouxessem um feiticeiro para usar um contra-feitiço para desfazer aquilo, mas Odin desejando ser rei o abandonou sem auxilio, quando lhe perguntaram sobre seu pai, Odin afirmou que o mesmo, havia perecido e ele era agora o novo rei de Asgard. O vento desfez Bor em neve. Odin a partir daquele evento toda vez que a neve cai houve a voz de seu pai lhe chamando.[1] Como soberano sobre o reino dourado, Odin o comanda em um magnifico e majestoso palácio, embora Odin tenha tomado Frigga como sua esposa, desejou ter um filho com Jord (Gaea), este filho que teria qualidades que superariam a de qualquer asgardiano. Este se chamaria Thor. Em uma das suas numerosas batalhas,assassinou Laufey, rei dos Gigantes de Gelo, e adotou seu filho Loki por piedade e misericórdia, além dos dois, Odin tem como filhos biológicos, Vidar e Balder. No oitavo aniversário de Thor, o presenteou com o martelo Mjolnir. Odin inúmeras vezes testou Thor para ver se este era digno de substitui-lo, certa vez quando Thor desistiu da condição divina para viver com a humana Jane Foster que aos olhos de Odin era indigna de amá-lo pois o atrapalhou num de seus embates, desceu à Terra para resolver esta situação, mas erroneamente entregou metade de seus dons para Loki que comandaria Asgard temporariamente, Loki com suas novas capacidades lançou sobre Midgard, o gigante da tempestade Scagg e o demônio de fogo Surtur, Odin com a outra metade de seu poder, transportou toda a humanidade para uma dimensão pacifica, e ao lado de Thor e Balder enfrentou os Surtur e Scagg e os derrotou, depois trouxe de volta a humanidade que desconhece até hoje estes eventos.[2] Por sua sabedoria e conhecimento que beiram a omnisciência, foi convocado para depor no tribunal que julgaria Reed Richards(Senhor Fantástico) como responsável pelos genocídios cometidos por Galactus, mostrando a verdadeira função do Devorador de Mundos e inocentando o acusado.

Quando o alien Bill Raio Beta levanta o Mjolnir, Odin se vê obrigado à resolver com quem ficará o martelo. Propõe que uma batalha até a morte decida tal questão, porém ao final da batalha, Bill raio Beta saiu vitorioso.. Assim Odin decide que a melhor forma de resolver o problema é criando um novo martelo, com igual poder para Bill, o Rompe-Tormentas. Quando Thor matou Loki, Odin o castigou e colocou Eric Masterson para substituí-lo como Thor. Eric estava desconfortável no papel. Quando Thor retornou, Odin mandou que a rompe-tormentas fosse dado a Eric, tornando assim o Trovejante. Foi morto ao defender Thor contra Surtur. Desde então, no além vida, Odin é fadado a lutar com Surtur onde os dois desferem mortalmente um ao outro diariamente. Assim, Odin mantém Surtur morto e protege os vivos dessa ameaça.

Poderes e habilidades[editar | editar código-fonte]

Odin possui todos os atributos convencionais de um asgardiano. Porém, como o Rei dos Asgardianos, muitos desses atributos são significativamente superiores aos possuídos pela maioria de sua raça.

  • Força Sobre-Humana: apesar de sua idade avançada, Odin é muito mais forte do que a maioria dos asgardianos, podendo aguentar até 60 toneladas, quando um homem asgardiano pode aguentar 30 toneladas, no entanto, ele já foi capaz de suportar até 90 toneladas. Ele também é capaz de aumentar sua força para alturas ainda maiores, tocando a Força Odin.
  • Resistência Sobre-Humana: a pele, músculos e ossos de Odin são cerca de 3 vezes mais densos que os de um ser humano.
  • Agilidade Sobre-Humana: a agilidade, o equilíbrio e a coordenação corporal de Odin estão longivamente superiores aos limites físicos naturais do melhor atleta humano.
  • Reflexos Sobre-Humanos: os reflexos de Odin, são muito mais superiores aos limites físicos físicos do atleta humano mais refinado.
  • Velocidade Sobre-Humana: Odin, apesar de sua idade, é capaz de correr e se mover a velocidades maiores do que até mesmo o melhor atleta humano.
  • Durabilidade Sobre-Humana: o corpo de Odin é mais resistente a lesões físicas do que o corpo de um ser humano, ou mesmo a maioria dos outros asgardianos. O corpo de Odin é capaz de suportar grandes forças de impacto, exposição a temperaturas e pressão extremas, cair de grandes alturas e potentes explosões de energia de seres de nível cósmico sem prejuízo súbito, no entanto, até um ponto desconhecido.
  • Vígor Super-Humano: a musculatura de Odin produz muito menos toxinas de fadiga durante a atividade física do que a musculatura de um humano e outros asgardianos.
  • Fator de Cura Acelerado: assim como todos os outros asgardianos é possível ferir Odin, mas ele se recupera de uma lesão com níveis sobre-humanos de velocidade e eficiência, Odin foi capaz de regenerar danos maciços ou perda de tecido em um grau muito superior ao da maioria dos outros asgardianos.
  • Longevidade Extendida: assim como todos os asgardianos, Odin possui uma grande longevidade. Apesar de não ser completamente imortal, Odin envelhece à uma taxa de velocidade muito mais baixa do que os humanos, além de ser imune à infecções e doenças.
  • Força Odin: Odin é capaz de manipular grandes quantidades de energia mágica, denominada poder de Odin ou Força Odin, para vários propósitos. Com esse poder, Odin é capaz de grandes proezas mágicas, como o transporte de toda a raça humana para uma dimensão alternativa, lançar inimigos no espaço profundo com um pensamento, ler mentes de várias dimensões, projetar explosões de força, manipular a matéria para vários fins, erigir campos de força impenetráveis, criar barreiras que podem proteger cidades inteiras, alterar seu tamanho, dotar pessoas ou objetos com poderes e comprimir a população de um planeta inteiro em um único ser, como Mangog. Odin é altamente qualificado no uso de seus poderes durante situações de combate, sendo capaz de bater ocasionalmente o Surfista Prateado e Thanos ao mesmo tempo e até mesmo atingir o mesmo Surfista Prateado com uma simples explosão. Ele facilmente bateu o Homem-Absorvente (que havia absorvido a própria Asgard) e Loki juntos. O poder de Odin é tal, que ele conseguiu trazer Thor e Brunhilde de volta à vida. O poder da Força Odin é tal que pode parar o próprio tempo e permitir que ele viaje através dele. Quando ocorreu uma batalha entre Odin (que estava em transe) e o Infinito, eles destruíram galáxias inteiras e mundos incontáveis. Quando foi despertado de seu transe por Thor, Odin rapidamente se livrou do Infinito e com um simples ato, ficou poderoso o suficiente para restaurar todos os danos que Infinito causara pelo Universo em pouquíssimo tempo. Com a Força Odin, ele se torna poderoso o suficiente para realizar encantamentos permanentes, como o encantamento do digno no martelo Mjölnir, além de muitas outras proezas de magia.

Habilidades[editar | editar código-fonte]

  • Deus da Sabedoria: Odin possui um grande conhecimento da sabedoria anciã e arcana, esta, sendo considerada a sua mais poderosa arma.
  • Mestre em Combate Corpo-a-Corpo: Odin é um excelente lutador corpo-a-corpo.
  • Grande Estrategista: seus milhares de anos de experiência resultaram em um incrível discernimento tático que o transformaram num brilhante estrategista, capaz de entrar em qualque batalha.
  • Combatente Místico Adgardiano: Odin, é também extremamente habilidoso em empunhar seus vastos poderes de energia durante situações de combate. Sendo altamente capacitado no uso da magia Asgardiana, tendo conseguido superar até mesmo Karnilla e Encantor.
  • Allspeak: graças ao Allspeak Odin pode se comunicar em todas as línguas dos Nove Reinos, dialetos da Terra, entre outras línguas alienígenas.

Armas[editar | editar código-fonte]

  • Güngnir: ("A Lança do Céu"), forjada do metal Asgardiano, Uru, ainda que sua origem fosse desconhecida. Odin encantou a lança para voltar à suas mãos quando jogada. Güngnir não tinha poderes por conta própria; Em vez disso, serviu como um canal através do qual Odin poderia canalizar seu poder.
  • Thrudstök: um cetro de poder, uma pequena maza. Assim como Güngnir, foi forjada do metal Uru e não tinha poderes por conta própria; Em vez disso, serviu como um canal através do qual Odin poderia canalizar seu poder.
  • Palavra-Chave: também conhecida como Sobre a Espada de Asgard. Uma arma especial. Era uma espada de tamanho gigante que, se alguma vez desembainhada, dizia que "o fim do universo está próximo".[3]

Em outras mídias[editar | editar código-fonte]

Desenhos Animados[editar | editar código-fonte]

  • Odin aparece no segmento "The Mighty Thor" da série animada The Marvel Super Heroes dublado por Bernard Cowan.
  • Odin aparece nos episódios "Mental Organism Designed Only for Kissing", "Mother of Doom", "Support Your Local Skyfather" e "Lo, How the Mighty Hath Abdicated" da série animada Esquadrão de Heróis, dublado por Jess Harnell.
  • Odin reaparece nos episódios "Thor, o Poderoso", "Um dia ao Contrário de Qualquer Outro", "Atos da Vingança" e "A Balada de Bill Raio Beta" da série animada The Avengers: Earth's Mightiest Heroes, sendo dublado por Clancy Brown.
  • Odin retorna no episódio "Field Trip" de Ultimate Homem-Aranha.
  • Odin também aparece nos episódios "Planet Doom" e "All-Father's Day", de Vingadores Unidos dublado por Frank Welker.
  • Odin aparece no episódio "Days of Future Smash: Smashgard" da série animada Hulk e os Agentes da S.M.A.S.H., dublado novamente por Frank Welker.
  • Odin é um dos personagens cósmicos que aparecem em Guardiões da Galáxia, sendo novamente dublado por Frank Welker.

Filmes[editar | editar código-fonte]

  • Odin aparece no filme lançado diretamente em DVD Ultimate Avengers 2, dublado por Dwight Schultz.
  • Odin também aparece no filme animado Hulk vs. dentro do curta "Hulk vs. Thor", dublado por French Tickner.
  • Odin retorna no filme lançado direto para DVD Thor: Tales of Asgard, dublado por Christopher Britton.

Universo Marvel Cinematográfico[editar | editar código-fonte]

Odin é interpretado por Anthony Hopkins no Universo Cinematográfico da Marvel.[4]

  • Odin aparece pela primeira vez emThor (2011), onde bane Thor à Terra, para que aquele aprenda sobre a humildade.
  • Em Thor: O Mundo Sombrio (2013), Odin busca restaurar a paz nos Nove Reinos, através da liderança de Thor entre as batalhas que seriam travadas.
  • Em Thor: Ragnarök (2017), após ter seu trono usurpado por Loki, Odin encontra-se desaparecido, enquanto isso, Hela se liberta e dá início ao apocalipse nórdico, o Ragnarök.

Videogames[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Odin - Marvel Universe Wiki: The definitive online source for Marvel super hero bios.». marvel.com. Consultado em 6 de setembro de 2016 
  2. O Poderoso Thor #8-9
  3. «Odin no Marvel Wiki». Consultado em 25 de agosto de 2017 
  4. lucaphelipe.com.br. «Anthony Hopkins vai ser Odin no filme do Thor - O Capacitor». www.ocapacitor.com.br. Consultado em 22 de agosto de 2017