Olga Breno

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Olga Breno
Nome completo Alzira Alves
Outros nomes Alzirinha
Nascimento 18 de janeiro de 1911
Rio de Janeiro,  Rio de Janeiro
Morte 11 de outubro de 2000 (89 anos)
Rio de Janeiro,  Rio de Janeiro
Ocupação Atriz

Olga Breno[1], nome artístico de Alzira Alves (Rio de Janeiro,18 de janeiro de 1911 - Rio de Janeiro, 11 de outubro de 2000[2]) foi uma atriz brasileira.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Olga Breno foi a última sobrevivente do antológico filme de Mário Peixoto, Limite[3]. Seu nome artístico foi escolhido por Mário. Olga viveu desconhecida por décadas e em 1980 recebeu uma homenagem no Teatro Municipal. Em 1988 reencontrou o diretor Mário na inauguração do Centro Cultural de Magaratiba. E em 1996 palestrou sobre o filme Limite na Casa de Cultura Laura Alvim, no Rio de Janeiro. Olga foi escolhida para ser a protagonista do filme Onde a Terra Acaba, mas após Mário sair da produção, depois de discussões com Cármen Santos, então produtora, Olga solidarizou-se com Mário e saiu da produção, apesar da insistência de Cármen.[4] Olga foi casada e teve duas filhas.

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Ano Título Personagem
2001 Onde a Terra Acaba Ela Mesma
1931 Limite[5] Mulher #1

Referências

  1. «Personalidade: Olga Breno». AdoroCinema. Consultado em 28 de outubro de 2016 
  2. «Única sobrevivente do filme Limite morre sem receber homenagens». Estadão. Consultado em 28 de outubro de 2016 
  3. «Limite, de Mário Peixoto,no cinema da fundação». Fundaj. Consultado em 28 de outubro de 2016 
  4. «Olga Breno morre sem homenagens». Estadão. Consultado em 28 de outubro de 2016 
  5. «Limite». Cinemateca Brasileira. Consultado em 28 de outubro de 2016