OpenShift

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
OpenShift
OpenShift-LogoType.svg
Desenvolvedor Red Hat
Lançamento 4 de maio de 2011 (8 anos)
Versão estável 3.5 (abril de 2017; há 2 anos)
Linguagem Go, Angular.js
Sistema operacional Red Hat Enterprise Linux
Gênero(s) Computação em nuvem, Plataforma como serviço, Desenvolvimento Web
Licença Apache License 2.0[1][2]
Estado do desenvolvimento Ativo
Página oficial openshift.com

OpenShift é um produto de software de computador da Red Hat para implantação e gerenciamento de softwares baseados em container. Ele é uma distribuição suportada do Kubernetes usando Docker e ferramentas DevOps para desenvolvimento acelerado de aplicações.

Descrição[editar | editar código-fonte]

OpenShift Origin é o projeto comunitário upstream usado no OpenShift Online, OpenShift Dedicated e OpenShift Container Platform. Construído em torno de um núcleo do empacotamento de container do Docker e do gerenciamento de cluster de container do Kubernetes, o Origin é ampliado pela funcionalidade de gerenciamento de ciclo de vida de aplicações e ferramentas de DevOps. Ele fornece uma plataforma de container de aplicações. Todo o código fonte para o projeto Origin está disponível sob a Licença Apache (Versão 2.0) no GitHub.[3]

OpenShift Online é o serviço de desenvolvimento e hospedagem de aplicações em nuvem pública da Red Hat.

O Online ofereceu a versão 2 do código fonte do projeto Origin, que também está disponível sob a Licença Apache Versão 2.0.[4] Esta versão suportou uma variedade de linguagens, frameworks e bancos de dados por meio de "cartuchos" pré-construídos que rodam sob "engrenagens" de quotas de recursos. Os desenvolvedores podem adicionar outras linguagens, bancos de dados ou componentes por meio da API[5] do OpenShift Cartridge. Ele tornou-se obsoleto em favor do OpenShift 3[6] e foi retirado em 30 de setembro de 2017 para os clientes não-pagantes e em 31 de de dezembro para clientes pagantes.[7]

O OpenShift 3 é construído em torno do Kubernetes. Ele pode executar em qualquer container baseado em Docker, porém o OpenShift Online é limitado a executar containers que não requerem root.[8]

OpenShift Dedicated é a oferda de cluster privado gerenciado da Red Hat, construído em torno de um núcleo de containers de aplicações alimentados pelo Docker, com orquestração e gerenciamento fornecido pelo Kubernetes, em uma fundação do Red Hat Enterprise Linux. Ele está disponível nos mercados do Amazon Web Services (AWS) e Google Cloud Platform (GCP).

OpenShift Container Platform (conhecido anteriormente como OpenShift Enterprise) é o produto de plataforma como serviço local privado da Red Hat, construído em torno de um núcleo de containers de aplicações alimentados pelo Docker, com orquestração e gerenciamento fornecidos pelo Kubernetes, sobre uma fundação do Red Hat Enterprise Linux.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre software livre é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.