Opistossoma

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde junho de 2016). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Os aracnídeos têm como caracteres básicos: 4 pares de patas articuladas (1), um corpo dividido em prossoma (2) e opistossoma (3).

Em zoologia, chama-se opistossoma à porção posterior do corpo dos animais do subfilo Chelicerata, ao qual pertencem as aranhas, os escorpiões, os ácaros e o límulo. É equivalente ao abdómen dos restantes artrópodes.

O opistossoma pode ser globoso, sem se notarem externamente os seus segmentos, como nas aranhas, onde os únicos apêndices são as fiandeiras. Nos escorpiões, o opistossoma é dividido em mesossoma e metassoma, este contém 5 segmentos e no final tem o ferrão (também chamado aguilhão caudal) para injetar o veneno (nas espécies venenosas).

É no opistossoma que se encontra o intestino, o ânus (na extremidade posterior) e as gónadas.

Morfologia de um escorpião: Ch - quelíceras, LE - olhos laterais, ME - olhos medianos, PR - prossoma, OP - opistossoma, MS - mesossoma, MT - metassoma, CX - coxas das patas, ST - esternito, GO - opérculo genital, PT - pentes sensoriais, SP - aberturas dos pulmões foliáceos, V - glândula de veneno, A - aguilhão