Os 26 Mártires do Japão

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Vinte e seis mártires do Japão
日本二十六聖人
Crucificação dos mártires de Nagasaki, por Johann Heinrich Schönfeld.
Morte 5 de fevereiro de 1597 em Nagasaki, Japão
Veneração por Igreja Católica, Igreja Anglicana e ELCA
Canonização 8 de junho de 1862, Roma por Papa Pio IX[1]
Festa litúrgica 6 de fevereiro (Na Igreja Católica)
Gloriole.svg Portal dos Santos

Os vinte e seis mártires do Japão (日本二十六聖人, Nihon Nijūroku Seijin?) foram um dos vários grupos de Mártires do Japão. Trata-se de um grupo de cristãos que foram crucificados na cidade japonesa de Nagasaki em 5 de Fevereiro de 1597, por ordem de Toyotomi Hideyoshi[1][2], durante a perseguição ao cristianismo promovida pelo Xogunado de Tokugawa, na época em que este dominou o Japão[3] Foram beatificados em 1627 e canonizados em 1862.[1].

O missionário português Luís Fróis descreveu o martírio dos cristãos ordenado por Toyotomi Hideyoshi no seu último livro Relacion del martirio de los 26 cristianos crucificados em Nagasaki el Febrero de 1597. Este foi escrito sob a tremenda impressão do cruel acontecimento, terminado cinco semanas após as execuções, e quatro meses da morte do autor.

Este triste acontecimento é hoje lembrado pelo belo monumento e museu destinados pela cidade de Nagasaki à memória dos mártires[4].

Lista dos Vinte e Seis Mártires de 1597[editar | editar código-fonte]

Os mártires eram compostos por vinte japoneses, cinco espanhóis (incluindo um de origem mexicana) e um português de origem indiana, todos jesuítas, franciscanos e leigos.

Japoneses[editar | editar código-fonte]

  1. Sto. Francis
  2. São Cosme Takeya
  3. São Pedro Sukeyiro
  4. São Miguel Kozaki
  5. São Diogo Kisai
  6. São Paulo Miki – nasceu no Japão em 1562, e entrou para Sociedade de Jesus em 1580 e foi o primeiro membro japonês na ordem religiosa Católica. Morreu um ano depois de sua ordenação.
  7. São Paulo Ibaraki
  8. São João Soan de Goto
  9. São Luís Ibaraki
  10. Sto. António Dainan
  11. São Matias de Miyako
  12. São Leão Karasumaru
  13. São Boaventura de Miyako
  14. São Tomás Kozaki
  15. São Joaquim Sakakibara
  16. São Francisco de Nagasaki
  17. São Tomás Xico
  18. São João Kisaka
  19. São Gabriel de Duisco
  20. São Paulo Suzuki

Espanhóis[editar | editar código-fonte]

  1. São Pedro Baptista ou São Pedro Bautista – foi um Espanhol Franciscano que trabalhou cerca de dez anos nas Filipinas.
  2. São Martinho da Ascensão
  3. São Filipe de Jesus
  4. São Francisco Branco
  5. São Francisco de São Miguel

Português[editar | editar código-fonte]

  1. São Gonçalo Garcia
Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Märtyrer von Nagasaki

Referências

  1. a b c «MÁRTIRES» (html). JAPAO, O - DICIONARIO E CIVILIZACAO. Consultado em 18 de janeiro de 2010 
  2. «Samurais e jecatatus» (html). Samurais e jecatatus: indicações para um diálog de antípoas. Consultado em 18 de janeiro de 2010 
  3. «Cristianismo no Japão» (html). Culturajaponesa.com. Consultado em 18 de janeiro de 2010 
  4. Revista COLÓQUIO/Letras n.º 36 (Março de 1977), Um clássico português por descobrir - Luís Fróis, pág. 29.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre a biografia de um santo, um beato ou um religioso é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Os 26 Mártires do Japão