Oscar Furlong

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Óscar Furlong
Oscar Furlong.png
Informações pessoais
Nome completo Óscar Alberto Furlong
Data de nasc. 22 de outubro de 1927
Local de nasc. Buenos Aires Buenos Aires,  Argentina
Falecido em 11 de junho de 2018 (90 anos)
Local da morte Buenos Aires,  Argentina
Altura 1,88m
Informações no clube
Clube atual aposentado
Posição Pivô e Ala-pivô
Clubes profissionais
Ano Clubes Partidas (pontos)
1944-1953
1953-1956
Argentina Gimnasia y Esgrima VdB
Estados Unidos SMU Mustangs (NCAA)
Seleção nacional
1947-1955 Argentina Argentina 50
Medalhas
Competidor do  Argentina
Campeonatos Mundiais
Ouro Argentina 1950 Argentina Argentina
Jogos Pan-Americanos
Prata Buenos Aires 1951 Argentina Argentina
Prata Cidade do México Argentina Argentina
Universíada
Bronze Dortmund 1953 Argentina Argentina

Óscar Alberto Furlong (Buenos Aires, 22 de Outubro de 1927 - Buenos Aires, 11 de junho de 2018) foi um basquetebolista profissional argentino atualmente aposentado que participou do título de campeão da Seleção Argentina no Mundial de 1950 no qual também foi laureado como MVP (Most Valuable Player) do torneio.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Óscar Furlong nasceu em Buenos Aires filho de Carlos Martín Furlong que tinha ascendência irlandesa e de Elena Chretienneau nascida na Irlanda que estava estabelecidos na capital da Argentina. O primeiro esporte que despertou interesse em Furlong foi o tênis, mas como na época a equipe do Gimnasia y Esgrima de Villa del Bosque, clube frequentado por Furlong, havia criado equipe de basquete e devido a intensa demanda de jogadores de tenis, era permitido jogar apenas períodos de meia hora, desta forma, Furlong alternava entre o tênis e o basquete.[1] Em 1944 estreou na equipe adulta do GMVB aos dezessete anos e na temporada seguinte foi campeão iniciando hegemonia no Campeonato de Buenos Aires. Sua personalidade divertida rendeu a ele o apelido de "Pillin".

Foi um dos quatorze convocados da Seleção Argentina para os Jogos Olímpicos de Verão de 1948 na devastada Londres do pós Guerra na qual alcançou a 15ª colocação. Em detrimento da derradeira posição dos argentinos, Furlong gerou interesse de equipes dos Estados Unidos, Minneapolis Lakers (Atual Los Angeles Lakers) e o Baltimore Bullets que era integrantes da NBL convidaram-no para jogar nos EUA, Óscar declinou o convite pois afirmou que o basquete não era para ele uma profissão e sim apenas um hobby.[2]

Devido a grande demanda das seleções pelo basquete nos Jogos de 1948, a FIBA optou por fazer um campeonato mundial intercalando com os Jogos Olímpicos. A Argentina foi escolhida por ser membro-fundadora da FIBA e pelo estado de crise que acometia a Europa. Outro fator que pesou foi que Perón era um aficionado por basquetebol em sua juventude[3]. Neste cenário jogando o primeiro Campeonato Mundial de Basquetebol Masculino em casa, Óscar Furlong liderou a equipe treinada por Jorge Canavesi ao título mundial e de quebra alcançou tamanho destaque ao ser homenageado como melhor jogador do torneio (MVP). A Argentina com campanha irrepreensível (6 jogos, 6 vitórias) venceu na final a Seleção dos Estados Unidos por 64-50[4] com Furlong sendo "cestinha" marcando 20 pontos.

Morreu em 11 de junho de 2018, aos 90 anos, em Buenos Aires, na Argentina.[5]

Prêmios e Reconhecimentos[editar | editar código-fonte]

Por Clubes[editar | editar código-fonte]

  • 6x Campeão de Buenos Aires (1945, 1946, 1947, 1948, 1951 e 1954)[nota 1]

Com a Seleção Argentina[editar | editar código-fonte]

  • Medalha de Prata nos Jogos Pan-americanos de 1951 e 1955


Referências

  1. John Kennedy (Março de 2008). «' El Primer crack 'de Basketball Argentina: Oscar Furlong» (em espanhol). irlandeses.org. Consultado em 27 de Março de 2015 
  2. FIBA - Hall Of Fame (18 de Junho de 2007). «Oscar FURLONG (2007 Class)» (em inglês). halloffame.fiba.com. Consultado em 27 de Março de 2015. Arquivado do original em 28 de maio de 2013 
  3. Victor, Lupo (2004). Historia Politica del deporte argentino 1610-2002 1A.ED. [S.l.]: Corregidor. 104 páginas. 950-05-1541-5 
  4. Relatório do Jogos Final Argentina 64:50 Estados Unidos fiba.com
  5. «Murió Oscar Furlong, campeón mundial de básquetbol con la Argentina en 1950 y ex capitán de Copa Davis» (em espanhol) 

Notas

  1. O Campeonato de Buenos Aires foi a competição de basquetebol mais importante nesta época, pois a Liga Nacional de Básquet foi criada apenas em 1984
  2. Antes da instituição da Universíada com a Universíada de Verão de 1959 em Turim, era organizado pelo FISU o Summer International University Sports Week.
Ícone de esboço Este artigo sobre basquetebol é um esboço relacionado ao Projeto Basquetebol. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.