Paio Soares de Taveirós

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Paio Soares de Taveirós
Nascimento 1200
Morte Desconhecido
Cidadania Espanha
Ocupação escritor

Paio Soares Taveiroos (ou Taveirós) foi um trovador da primeira metade do século XII, de origem da pequena nobreza galega.[1]

Foi o autor da célebre Cantiga da garvaia,[1] durante muito tempo considerada a primeira obra poética em língua galaico-portuguesa. É uma cantiga de amor plena de ironia, e por isso actualmente considerada por diversos autores como uma cantiga satírica. Mesmo perdendo o seu estatuto de mais antiga cantiga conhecida, em favor de uma outra do trovador João Soares de Pávia, continua no entanto a desafiar a imaginação dos críticos, ainda em desacordo quanto ao seu real sentido, e nomeadamente no que diz respeito à personagem a quem é dirigida: uma filha de D. Pai Moniz, por muito tempo identificada como D. Maria Pais Ribeiro, a célebre Ribeirinha, amante do rei português D. Sancho I. A constatação da existência, na época, de várias personalidades chamadas Pai Moniz, ou Paio Moniz, bem como a origem galega de Paio Soares, parecem, no entanto, contrariar esta hipótese, hoje muito discutível.

Foi o autor de 2 ou 3 cantigas de amigo[2].


Notas

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Paio Soares de Taveirós
Wikisource
O Wikisource contém fontes primárias relacionadas com Paio Soares de Taveirós