Palestra

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Searchtool.svg
Esta página foi marcada para revisão, devido a incoerências e/ou dados de confiabilidade duvidosa (desde setembro de 2018). Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor, verifique e melhore a coerência e o rigor deste artigo.
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde setembro de 2018). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Palestra (do grego palaístra, através do latim palaestra), às vezes chamada conferência, é uma apresentação oral que pretende apresentar informação ou ensinar pessoas a respeito de um assunto.[1] Um tipo de palestra muito conhecido é a aula expositiva, dada pelo professor em uma universidade ou colegial. Palestras são usadas para transmitir informação de natureza importante, histórica, prática, teórica e equacional. O discurso de um político, o sermão de um guia espiritual e a apresentação de vendas de um negociante também podem assumir forma similar a uma palestra. Geralmente, o palestrante posta-se em uma posição de destaque no cômodo e recita informação relevante relativa ao conteúdo da palestra.

Descrição[editar | editar código-fonte]

O uso de palestras ou aulas expositivas como único método de ensino é criticado, e a maioria dos cursos adota outros métodos para complementação. Segundo os críticos,[quem?] a palestra estabelece uma comunicação em apenas uma direção (a palestrante —> audiência), cabendo aos ouvintes uma participação reflexiva. As aulas expositivas são frequentemente comparadas com aprendizagem ativa. Já as palestras apresentadas por oradores talentosos podem ser altamente estimulantes para os ouvintes; assim, a aula expositiva sobrevive na academia como um método rápido, barato e eficiente de apresentar, para muitos estudantes, um campo de estudo particular.

As palestras têm um significativo papel fora das salas de aula. Prêmios acadêmicos e científicos geralmente incluem uma palestra como parte da homenagem, e conferências acadêmicas rotineiramente focam em keynotes, isto é, palestras. A palestra pública tem um longo histórico nas ciências e nos movimentos sociais. Sindicatos historicamente têm hospedado inúmeras palestras públicas e gratuitas em uma ampla variedade de temas. Similarmente, igrejas locais, centros comunitários, bibliotecas, museus e outras organizações oferecem palestras, seja como prosseguimento de suas missões ou por interesse de seus membros constituintes. Palestras representam uma continuação da tradição oral, em contraste com a comunicação textual de livros e outros media.

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Palestra

Referências

  1. FERREIRA, A. B. H. Novo dicionário da língua portuguesa. 2ª edição. Rio de Janeiro. Nova Fronteira. 1986. p. 1 250.

Ver também[editar | editar código-fonte]