Papiro 37

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Manuscritos do Novo Testamento
PapirosUnciaisMinúsculosLecionários
Papyrus 37
recto

recto
Texto Mateus 26:19-52
Data 3°/4° século
Achado desconhecido, bought no Cairo em 1924
Agora está Universidade de Michigan
Citado H. A. Sanders, An Early Papyrus Fragment of the Gospel of Matthew in the Michigan Collection, HTR. vol. 19. 1926, pp. 215-226.
Tamanho 1 leaf; 12 x 22 cm; 33 lines/page
Tipo Livre, principalmente Ocidental, egípcio
Categoria I
Mão documental

Papyrus 37 (desiginado por 37 nos numerais de Gregory-Aland) é uma antiga cópia do Novo Testamento em grego. É um papiro manuscrito do capítulo 26 Evangelho de Mateus datando do Século III, cerca de 250-260 d.C, tem afinidade com 53 (datado de 260 d.C), A correspondência de Heroninos (datada firmamente em antes ou depois de 260 d.C) e uma carta para Kopres (P. Greco-Egizi 208, datada de 256 d.C).[1]

Referências

  1. Philip W Comfort and David P Barrett. The Text of the Earliest New Testament Greek Manuscripts. Wheaton, Illinois: Tyndale House Publishers Incorporated, 2001, pp. 141, 369.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Registros na biblioteca da Universidade de Michigan, com digitalizações de alta resolução: