Parada nupcial

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

A Parada nupcial é um ritual efetuado por animais, como os insetos, para se identificarem com outros da mesma espécie. A parada pode ser odorífera, visual ou auditiva. Após se realizar a parada e os animais se identificarem da mesma espécie acontece o acasalamento. Durante a época da reprodução observa-se um conjunto de comportamentos, variável de espécie para espécie. Estes comportamentos, realizados por animais que pretendem atrair o sexo oposto da sua espécie para o acasalamento constituem a denominada parada nupcial. Por meio de sons, de odores, de sinais luminosos, mudança de cores e formas, ou ainda por gestos, os animais procuram impressionar e atrair os seus parceiros sexuais. O exemplo da mosca-da-fruta, o macho orienta-se no sentido da fêmea, toca na fêmea, produz um som através da vibração de uma asa e depois toca na extremidade inferior da fêmea. [1]