Paul Scheuring

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde maio de 2016). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Ambox grammar.svg
Esta página ou secção precisa de correção ortográfico-gramatical.
Pode conter incorreções textuais, podendo ainda necessitar de melhoria em termos de vocabulário ou coesão, para atingir um nível de qualidade superior conforme o livro de estilo da Wikipédia. Se tem conhecimentos linguísticos, sinta-se à vontade para ajudar.
Translation to english arrow.svg
A tradução deste artigo está abaixo da qualidade média aceitável. É possível que tenha sido feita por um tradutor automático ou por alguém que não conhece bem o português ou a língua original do texto. Caso queira colaborar com a Wikipédia, tente encontrar a página original e melhore este verbete conforme o guia de tradução.

Paul T. Scheuring (Aurora, 20 de novembro de 1968) é um roteirista e diretor de televisão norte-americano. Sua obra inclui o filme de 2003 "A Man Apart" (Um homem à parte, no Brasil), e mais especialmente, a criação da conhecida série Prison Break, ele também é creditado como produtor executivo e roteirista.

Scheuring nasceu em Aurora, Illinois. Antes de seu sucesso, já frequentava a escola do UCLA de Teatro Cinema e Televisão. Depois de trabalhar em 36K, em 2000, e "A Man Apart", em 2003, Scheuring fez sua primeira tentativa para ser um roteirista de televisão. Depois de desenvolver uma ideia que lhe é conferida por uma colega em um roteiro minissérie chamado "Prison Break", ele se aproximou da rede Fox, com o roteiro, mas foi recusado devido ao seu enredo não convencional. No entanto, em 2004, após a estreia bem-sucedida de Lost, Fox apoiou Prison Break, o primeiro episódio foi ao ar cerca de vinte meses após Scheuring ter escrito o roteiro. A série ganhou a 2006 People's Choice Award for Favorite New TV Drama e foi nomeada para "Melhor Drama Televisão Série em 2006". Além disso, Prison Break foi aceita pela Fox por mais três temporadas.[1]

Referências

  1. Prison Break success shocks creator, Visitado em 4 de maio de 2016

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um cineasta é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.