Pavel Chekov

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa


Pavel Andreyevich Chekov
Personagem de Star Trek
Pavel Chekov
Espécie Humano
Afiliação Frota Estelar
Ocupação USS Enterprise Navegador, Oficial Tático
USS Reliant Primeiro Oficial
USS Enterprise-A Navegador
Interpretado por Walter Koenig
Anton Yelchin
Portal Ficção Científica

Pavel Andreyevich Chekov (Павел Андреевич Чеков, em cirílico) é um personagem principal da telessérie americana de ficção científica Star Trek e dos seis primeiros longa-metragens de Star Trek para o cinema, interpretado pelo ator Walter Koenig. De origem russa, o personagem aparece na segunda temporada da série e atua como oficial de navegação, com a patente de Alferes da Frota Estelar. Sua promoção a 1º Tenente no longa-metragem Star Trek: The Motion Picture transfere-o para o posto de oficial tático a bordo da nave estelar USS Enterprise. Em Star Trek II: The Wrath of Khan, já havia sido transferido para nave USS Reliant, com a patente de Capitão-de-Fragata (Commander, em inglês) e o posto de imediato. A partir do filme Star Trek V: The Final Frontier, Chekov serve como oficial de navegação a bordo da nave Enterprise-A.[1][2][3] [4] [5]. Em Star Trek Generations aparece na equipe convidada para o voo inaugural da USS Enterprise (NCC-1701-B) ao lado do capitão James T. Kirk que comandou três naves USS Enterprise: USS Enterprise (NCC-1701),USS Enterprise (NCC1701-A) e USS Enterprise (NCC-1701-B)

No continuidade alternativa iniciada pelo filme Star Trek, de 2009, Chekov é interpretado pelo ator eslavo-americano Anton Yelchin. No primeiro filme, Chekov é um jovem prodígio da Academia da Frota Estelar que é escalado para a equipe da recém-lançada Enterprise. A continuação Star Trek Into Darkness (2013) vê Chekov movido da navegação para a engenharia devido à remoção temporária de Montgomery Scott. Star Trek Beyond (2016) foi o último filme com Yelchin como Chekov, que faleceu antes da estreia. [6]

Composição do personagem[editar | editar código-fonte]

Chekov foi introduzido na segunda temporada, porque o produtor executivo da série, Gene Roddenberry, queria um personagem com apelo juvenil. A escolha de um personagem russo para compor a tripulação multirracial, no auge da Guerra Fria, foi uma forma de mostrar o progresso político que haveria no século XXIII.

A caracterização de Anton Yelchin reteve o peculiar sotaque de Koenig como Chekov, mesmo que Anton Yelchin alegasse que as letras trocadas ("V" por "W") falando inglês fossem mais comuns na Polônia que na Rússia.[7]


Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde outubro de 2016). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Dubladores no Brasil[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Michael e Denise Okuda (1999). Star Trek Encyclopedia Pocket Books [S.l.] p. 752. 9780671536091. 
  2. William Shatner com Crhris Kreski (1993). Jornada nas Estrelas - Memórias (TV) Nova Fronteira [S.l.] p. 346. 85-209-0583-8. 
  3. J. M. Dillard (1994). Star Trek "Where No One has Gone Before" Pocket Books [S.l.] p. 208. 0-671-51149-1. 
  4. William Shatner com Crhris Kreski (1994). Jornada nas Estrelas - Memórias dos filmes (Cinema) Nova Fronteira [S.l.] p. 346. 85-209-0922-1. 
  5. Star Trek Federation: The First 150 Years 47North [S.l.] 2012. p. 164. 978-1612184173. 
  6. Remembering Anton Yelchin, 1989-2016
  7. «JJ Abrams on the new Star Trek trailer». Empire. Bauer Media Group. Consultado em 2008-11-17. 
Ícone de esboço Este artigo sobre Star Trek é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.