Pele bronzeada

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Pele Oliva)
Ir para: navegação, pesquisa
Searchtool.svg
Esta página foi marcada para revisão, devido a inconsistências e/ou dados de confiabilidade duvidosa. Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor, verifique e melhore a consistência e o rigor deste artigo.
NoFonti.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, comprometendo a sua verificabilidade (desde fevereiro de 2017).
Por favor, adicione mais referências inserindo-as no texto. Material sem fontes poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Oliva, bege, ou pele bronzeada (também chamada de "morena") são termos que descrevem a cor de pele de pessoas de origem latina, mediterrânea, asiática ou provenientes do Oriente Médio. Termos dados a estes pelo seu tom de pele oliva, com uma aparência bronzeada, os mesmos normalmente se referem a um tom de pele natural. Às vezes tais termos são usados para designar a terminologia de uma cor dentro de uma raça. Pessoas com pele cor de oliva mais clara, ou aquelas que não sofrem muita exposição ao sol, normalmente têm uma aparência rosada (quando a espessura epidermica é menor) e branca (quando a espessura maior da pele oculta os micro-vasos mais proximos da superficie epidermica), mas pode variar até o amarelado claro tambem lembrando sub-tipos carotenoides.

Tecnicamente, termos como oliva, bege e bronzeado podem se referir sutilmente a três cores diferentes (e nem se pode confundir carotenoides com amarronzados típicos de residuos negroides), embora normalmente não se faz distinção entre elas. O que as diferencia de outros tons de pele é a presença moderada de hemoglobina, melanina e carotenóide quando comparadas a tons de pele mais pálidos ou mais escuros.[1] Este tom de pele sofre com as manchas e o bronzeamento, além de enrugar menos se comparado a outros tons. Porém, quando há a presença de rugas, elas são geralmente mais profundas, devido ao fato de que peles cor de oliva são mais grossas.[2] Ainda, pessoas cor de oliva tendem a ter peles mais hidratadas.[3]

A pele cor de oliva é mais comum na região do Mediterrâneo (sul da Europa, América Latina, norte da África e Oriente Médio), embora há tons de peles similares em regiões da Ásia (Índia, Paquistão, sul da China, Filipinas, Tailândia, Nepal...),[4][5] e em pequenas partes da Europa Setentrional, inclusive na Escandinávia.[2] Além das regiões para onde estas pessoas emigraram, tais como a América Latina.[6]

A pele cor de oliva não é um tom de pele singular, já que alguns árabes têm um tom oliva mais escuro do que outros grupos étnicos da Europa, embora se possa encontrar diferentes tons de pele nos árabes.[7][8] Geralmente, este é o tom de pele mais escuro encontrado em europeus.[9] Entre alguns povos do mundo ocidental, o bronzeamento se tornou muito popular para se conseguir um tom de pele oliva.

Refs: [10][11][12][13]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências