Philipp Rösler

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Rösler em 2013

Philipp Rösler (Khánh Hưng, 24 de fevereiro de 1973[1]) é um médico e político alemão nascido no Vietname.

É vice-chanceler de seu país e líder do Partido Democrático Liberal (FDP) desde 13 de maio de 2011. Simultaneamente é ministro da Economia e Tecnologia, após ter sido ministro da Saúde.[2] Antes de ingressar no governo federal, foi vice-primeiro-ministro e ministro da Economia, Trabalho e Transporte no estado da Baixa Saxónia.

Nascido no Vietname, Rösler foi adoptado por um casal alemão quando tinha poucos meses de vida. É médico de profissão, casado com uma médica e é pai de gémeos.[3] Fez o serviço militar e é oficial miliciano (capitão médico).[4] Philipp Rösler é, na Alemanha, o segundo presidente de partido que não é de ascendência alemã, sendo o primeiro Cem Özdemir, de origem turca, co-presidente do partido Aliança 90/Os Verdes e deputado do Parlamento Europeu.

Na acirrada discussão alemã sobre a melhor política para resolver a crise do endividamento e da estabilidade do Euro na Europa, Rösler tomou em setembro de 2011 uma posição contrária à de Angela Merkel, sugerindo a modalidade de uma "insolvência ordeira" para a Grécia, e da saída temporária deste país da Zona do Euro. Deste modo provocou fortes tensões no seio do governo, mas esperava ganhar votos para a FDP, na eleição estadual de Berlim, de 18 de Setembro. Sucedeu,porém, que a FDP obteve nesta eleição apenas 1,9% dos votos e elegeu nenhum deputado - portanto um resultado ainda mais baixo do que os resultados semelhantes verificados nos meses anteriores em diferentes outras eleições. Uma das consequência foi um reacender do debate sobre a qualificação de Rösler para as funções que desempenha no nível federal.[5]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. A data exacta do nascimento é desconhecida, ver Philipp Rösler kennt seinen Geburtstag nicht. Em: netzeitung.de, 2 de novembro de 2009
  2. http://www.bundesregierung.de/nn_1264/Content/DE/Artikel/2011/05/2011-05-18-vizekanzler-roesler.html Philipp Rösler neuer Vizekanzler
  3. [1], aerzteblatt.de, 25. Oktober 2009.
  4. Der Spiegel, 28/09/2011
  5. Frankfurter Rundschau e Süddeutsche Zeitung", ambas de 20 de Setembro de 2011.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]