Piranguçu

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Piranguçu
  Município do Brasil  
Vista aérea da cidade
Vista aérea da cidade
Símbolos
Brasão de armas de Piranguçu
Brasão de armas
Hino
Gentílico piranguçuense
Localização
Localização de Piranguçu em Minas Gerais
Localização de Piranguçu em Minas Gerais
Piranguçu está localizado em: Brasil
Piranguçu
Localização de Piranguçu no Brasil
Mapa de Piranguçu
Coordenadas 22° 31' 40" S 45° 29' 42" O
País Brasil
Unidade federativa Minas Gerais
Municípios limítrofes Itajubá, Wenceslau Braz, Campos do Jordão (SP), São Bento do Sapucaí (SP), Brasópolis e Piranguinho
Distância até a capital 458 km
História
Fundação 1 de março de 1963
Aniversário 1 de março
Administração
Prefeito(a) Ricardo Martins de Araújo (PP, 2017 – 2020)
Características geográficas
Área total [1] 203,619 km²
População total (Estimativa IBGE/2012[2]) 5 254 hab.
Densidade 25,8 hab./km²
Clima Não disponível
Fuso horário Hora de Brasília (UTC−3)
Indicadores
IDH (PNUD/2010[3]) 0,685 médio
PIB (IBGE/2008[4]) R$ 33 165,009 mil
PIB per capita (IBGE/2008[4]) R$ 6 267,01

Piranguçu é um município da microrregião de Itajubá, no estado de Minas Gerais, no Brasil. Sua população estimada em 2012 era de 5 254 habitantes.[2] A área é de 203,619 km²[5] e a densidade demográfica é de 25,22 habitantes por quilômetro quadrado.

Seus municípios limítrofes são Itajubá a norte e nordeste, Wenceslau Braz a sudeste, Campos do Jordão e São Bento do Sapucaí (ambos em São Paulo) a sul, Brasópolis a oeste e Piranguinho a noroeste.

Topônimo[editar | editar código-fonte]

Existem duas hipóteses etimológicas tradicionais para o nome do município, ambas baseadas no termo tupi antigo pirangusu, que significa "vermelho grande" (pirang, "vermelho" + usu, "grande"):

  • seria uma referência ao rio Piranguçu;
  • seria uma referência a uma pedra vermelha de grande tamanho que existe no município.[6]

História[editar | editar código-fonte]

O primeiro povo conhecido a habitar o sul de Minas Gerais foi o povo puri, que viria a ser assimilado com o avanço da colonização de origem europeia na região ao longo dos séculos XVIII e XIX.[7]

Por volta de 1834, estabeleceu-se, na região do atual município, Felizardo Ribeiro Cardoso. Nas terras herdadas de seu pai, entre o ribeirão Piranguçu, o ribeirão das Anhumas e o vale São Bernardo, ele dedicou-se à criação de gado e a várias culturas agrícolas, entre elas o fumo, que era a principal cultura do sul de Minas na época. Tudo, movido por mão de obra escrava. Aos poucos, mais posseiros foram chegando na região. Em 1838, foi construída a capela de Santo Antônio, no alto de um morro. No sopé desse morro, viria a crescer a cidade de Piranguçu. Em 1870, Piranguçu foi elevado a distrito de paz. Em 1871, foi elevado a freguesia, separando-se da paróquia de Itajubá. Em 1920, foi instalada a energia elétrica na cidade, fornecida pela usina Luís Dias, no rio Lourenço Velho. Em 1923, o topônimo da cidade foi alterado de "Santo Antônio do Piranguçu" para simplesmente "Piranguçu". Em 1963, a cidade se emancipou de Itajubá.[8]

Pedra Vermelha, localizada na zona rural de Piranguçu.

Referências

  1. IBGE (10 de outubro de 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  2. a b «Estimativas da população residente nos municípios brasileiros com data de referência em 1 de julho de 2012». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 31 de agosto de 2012. Consultado em 20 de fevereiro de 2013 
  3. «Ranking IDHM Municípios 2010». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2013. Consultado em 15 de junho de 2015 
  4. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  5. «Piranguçu». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 27 de junho de 2013 
  6. Núcleo de Estudos e Pesquisa Histórica. Disponível em https://nephismg.wordpress.com/2007/12/20/o-dito-e-o-escrito-na-historia-de-piranguinho-mg/. Acesso em 23 de novembro de 2016.
  7. Descubra Minas.com. Disponível em http://www.descubraminas.com.br/MinasGerais/Pagina.aspx?cod_pgi=1814. Acesso em 23 de novembro de 2016.
  8. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Disponível em http://www.cidades.ibge.gov.br/painel/historico.php?codmun=315090. Acesso em 23 de novembro de 2016.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Piranguçu
Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado de Minas Gerais é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.