Pray (canção)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
"Pray"
Single de Sam Smith
do álbum The Thrill of It All
Lançamento 6 de outubro de 2017 (2017-10-06)
Formato(s) Download digital
Gravadora(s) Capitol Records
Composição
  • Larrance Dopson
  • Darryl Pearson
  • Sam Smith
  • Timothy Mosley
  • Jose Valasquez
  • James Napier
Produção

"Pray" é uma canção do cantor e compositor inglês Sam Smith. A canção foi escrita por Sam Smith, Larrance Dopson, Darryl Pearson, Timbaland, Jose Valasquez e Jimmy Napes, com a produção de Timbaland. O seu lançamento ocorreu em 6 de outubro de 2017 através da Capitol Records, como single promocional de The Thrill of It All, álbum de estúdio do cantor a ser lançado em 2017.[1][2][3]

Antecedentes[editar | editar código-fonte]

Em 4 de outubro de 2017, Smith fez uma publicação em que mostrou um trecho da canção juntamente com sua data de lançamento.[4] Na sua conta do Twitter, disse que "eu espero que vocês amem "Pray". Espero que a canção seja sua amiga naqueles momentos obscuros de profunda confusão e carência. Amo todos vocês."[5] À revista Billboard, explicou que "a canção "Pray" foi influenciada pelo tempo em que ficou no Iraque, durante a organização da instituição beneficente War Child no local. Fiquei cinco dias em Mossul e voltei envergonhado de ter conhecido tão pouco sobre e o mundo e sobre a vida das pessoas. Dirigi-me àquela citação de Nina Simone sobre a importância de fala sobre os tempos em que você mora. Eu não fiz aquilo. Eu simplesmente escrevi inúmeras canções sobre o amor, então, eu escrevi sobre como sou agora com os olhos mais abertos. Aos vinte e cinco anos, olho para o que está acontecendo no mundo, mas nem sempre é bonito."[6]

Recepção da crítica[editar | editar código-fonte]

O crítico Daniel Kreps, da revista Rolling Stone, chamou "Pray" de uma "canção com inspiração gospel", que é "inspirada pelo Evangelho, mas entendida pelas batidas de Timbaland."[7] Winston Cook-Wilson, da revista Spin, considerou a canção "um meio de reposição R&B e um meio de reposição evangelística."[8] Nick Reilly, da NME, escreveu que "a trilha infundida da alma apresenta o trabalho produtivo e completo de Timbaland com o apoio de um coral."[9] Alex Ross, da revista Vice, considerou uma "balada downtempo de soul que mostra a versatilidade musical de Smith, evocando um clima mais dramático." Ainda na avaliação da Spin, Lauren O'Nelil disse que "a canção segue muito bem a estrutura de "Too Good at Goodbyes", dando maior ênfase à voz de Smith."[10] Mike Wass, da publicação Idolator, escreveu que a música "apresenta aspectos do hip hop em sua sonoridade, encontrando um caminho com questões mundiais."[11]

Performances ao vivo[editar | editar código-fonte]

Em 7 de outubro de 2017, Sam performou "Pray" e "Too Good at Goodbyes" no programa Saturday Night Live.[12][13]

Charts[editar | editar código-fonte]

Chart (2017) Peak
position
Australia (ARIA)[14] 45
Canadá (Canadian Hot 100)[15] 44
Chéquia (Singles Digitál Top 100)[16] 40
França (SNEP)[17] 125
Irlanda (IRMA)[18] 53
Nova Zelândia (RMNZ)[19] 1
Escócia (OCC)[20] 41
Eslováquia (Singles Digitál Top 100)[21] 32
Suécia (Sverigetopplistan)[22] 45
Suíça (Schweizer Hitparade)[23] 27
Reino Unido (OCC UK Singles)[24] 39
Estados Unidos (Billboard Hot 100)[25] 55
Estados Unidos (Adult Contemporary)[26] 28

Créditos[editar | editar código-fonte]

  • Sam Smith – composição, vocal
  • Larrance Dopson – composição
  • Darryl Pearson – composição, violão
  • Timbaland – composição, produção, programação de bateria, bateria, percussão e programação
  • Jose Valasquez – composição
  • Jimmy Napes – composição, produção
  • Steve Fitzmaurice – produção, engenharia e mixagem
  • Bob Ludwig – engenharia de masterização
  • Gus Pirelli – engenharia
  • Darren Heelis – engenharia e programação de bateria
  • Jodi Milliner – baixo
  • LaDonna Harley-Peters – background vocal
  • Vula Malinga – background vocal
  • The LJ Singers – background vocal
  • Vicky Akintola – background vocal
  • Patrick Linton – background vocal
  • Isabel Grundy Gracefield – engenharia assistente de gravação
  • Steph Marziano – engenharia assistente de gravação
  • John Prestage – engenharia assistente de gravação
  • Will Purton – engenharia assistente de gravação
  • Darren Heelis – engenharia, programação de bateria
  • Earl Harvin – bateria, percussão
  • Ben Jones – violão
  • Reuben James – órgão
  • Lawrence Dopson – piano
  • Simon Hale – strings
  • Richard George – strings
  • Bruce White – strings
  • Everton Nelson – strings
  • Ian Burdge – strings
  • Lawrence Johnson – arranjo de vocal

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Bianca, Garwood (9 de outubro de 2017). «Sam Smith Shares "Pray" and Announces 'The Thrill of It All'». Ebony. Consultado em 15 de outubro de 2017 
  2. Jem, Aswad (6 de outubro de 2017). «Sam Smith Drops Song 'Pray,' Album Due Nov. 3». Variety. Consultado em 15 de outubro de 2017 
  3. David, Renshaw (6 de outubro de 2017). «Sam Smith teams with Timbaland for "Pray"». The Fader. Consultado em 15 de outubro de 2017 
  4. Joshua, Espinoza (6 de outubro de 2017). «Sam Smith Announces Title of New Album, Releases Second Single "Pray"». Complex]]. Consultado em 15 de outubro de 2017 
  5. Michael, Lewittes (9 de outubro de 2017). «Watch Sam Smith Perform 'Pray' And 'Too Good At Goodbyes' On 'SNL'». iHeartRadio. Consultado em 15 de outubro de 2017 
  6. Joe, Lynch (8 de outubro de 2017). «Sam Smith Brings 'Too Good at Goodbyes,' 'Pray' to 'Saturday Night Live'». Billboard. Consultado em 15 de outubro de 2017 
  7. Daniel, Kreps (6 de outubro de 2017). «Sam Smith Details New LP 'The Thrill of It All,' 2018 Tour». Rolling Stone. Consultado em 15 de outubro de 2017 
  8. Winston, Cook-Wilson (6 de outubro de 2017). «Sam Smith – "Pray"». Spin. Consultado em 15 de outubro de 2017 
  9. Nick, Reilly (6 de outubro de 2017). «Sam Smith releases new single 'Pray' and announces second album». NME. Consultado em 15 de outubro de 2017 
  10. Alex, Ross (8 de outubro de 2017). «Here's Sam Smith Performing "Too Good at Goodbyes" and "Pray" on 'SNL'». Noisey. Consultado em 15 de outubro de 2017 
  11. Mike, Wass (9 de outubro de 2017). «Sam Smith Performs "Too Good At Goodbyes" & "Pray" On 'SNL'». Idolator. Consultado em 15 de outubro de 2017 
  12. Abel, Shifferaw (8 de outubro de 2017). «Watch Sam Smith's Stunning Performance of "Pray" and "Too Good at Goodbyes" on 'SNL'». Complex. Consultado em 15 de outubro de 2017 
  13. Tyler, Schmitt (8 de outubro de 2017). «Watch Sam Smith Perform Songs from New Album on 'SNL'». Variance. Consultado em 15 de outubro de 2017 
  14. «ARIA Australian Top 50 Singles». Australian Recording Industry Association. 16 outubro de 2017. Consultado em 15 de outubro de 2017 
  15. «Sam Smith Chart History (Canadian Hot 100)» (em inglês). Billboard. Consultado em 17 outubro de 2017.
  16. «ČNS IFPI» (em checo). Hitparáda – Digital Top 100 Oficiální. IFPI Chéquia. Nota: Mude a parada para CZ – SINGLES DIGITAL – TOP 100 e insira 201741 na pesquisa. Consultado em 17 outubro de 2017.
  17. «Le Top de la semaine : Top Singles Téléchargés – SNEP (Week 41, 2017)» (em French). Syndicat National de l'Édition Phonographique. Consultado em 17 de outubro de 2017 
  18. «IRMA – Irish Charts». Irish Recorded Music Association. Consultado em 15 de outubro de 2017 
  19. «NZ Heatseekers Singles Chart». Recorded Music NZ. 16 outubro de 2017. Consultado em 15 de outubro de 2017 
  20. «Official Scottish Singles Sales Chart Top 100» (em inglês). Official Charts Company. Consultado em 15 outubro de 2017.
  21. «ČNS IFPI» (em eslovaco). Hitparáda – Singles Digital Top 100 Oficiálna. IFPI Chéquia. Nota: Selecionar SINGLES DIGITAL - TOP 100 e insira 201741 na pesquisa. Consultado em 17 de outubro de 2017.
  22. «Sverigetopplistan – Sveriges Officiella Topplista». Sverigetopplistan. Consultado em 15 de outubro de 2017 
  23. «Swisscharts.com – Sam Smith – Pray» (em inglês). Swiss Singles Chart. Consultado em 16 de outubro de 2017.
  24. «Official Singles Chart Top 100» (em inglês). Official Charts Company. Consultado em 15 de outubro de 2017.
  25. «Sam Smith Chart History (Hot 100)» (em inglês). Billboard. Consultado em 17 outubro de 2017.
  26. «Sam Smith Chart History (Adult Contemporary)» (em inglês). Billboard. Consultado em 17 outubro de 2017.