Prince Royce (álbum)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Prince Royce
Álbum de estúdio de Prince Royce
Lançamento 2 de março de 2010
Gravação 2011
Nova Iorque, Los Angeles
Gênero(s) Dance-pop
Duração 37:04
Formato(s) CD
Gravadora(s) Atlantic Records
Produção Andrés Hidalgo, Sergio George, George Meña, Bastiany, Gregory "Greko" Rojo, Napoles
Singles de Prince Royce
  1. ""Stand by Me""
    Lançamento: 19 de Janeiro de 2010
  2. ""Corazón Sin Cara""
    Lançamento: 9 de Fevereiro de 2010
  3. ""El Amor Que Perdimos""
    Lançamento: 19 de Janeiro de 2010
  4. ""Mi Ultima Carta""
    Lançamento: 12 de Maio de 2010

"Prince Royce" é o primeiro álbum de estúdio do artista norte americano Prince Royce lançado em 2 de Março de 2010 pelas editoras discográficas Atlantic Records e Top Stop Music, sendo produzido por Andrés Hidalgo, Sergio George, George Meña, Bastiany, Gregory "Greko" Rojo, Napoles.

Prince Royce teve um bom desempenho moderado nas tabelas musicais, alcançando a primeira posição no Latin Álbuns e Tropical Álbuns e a septuagésima sétima posição na Billboard 200. Foi certificado como disco de platina tripla pela Recording Industry Association of America (RIAA) e multi-platina pela International Federation of the Phonographic Industry – Chile.

Para promoção do álbum, quatro singles foram lançados; "Stand by Me", "Corazón Sin Cara", "El Amor Que Perdimos" e "Mi Ultima Carta", todos estes alcançaram as vinte primeiras posições no charts Latin Songs, Tropical Songs e Latin Pop Songs, sendo os dois primeiros na primeira posição.

Antecedentes[editar | editar código-fonte]

Aos 15 anos, Royce começou a fazer música e com a idade de 19, foi descoberto e contratado por Andrés Hidalgo, seu atual empresário.[1] [2] Hidalgo começou a ajudar o trabalho de Royce com música bachata. Esse foi o momento específico em que Royce havia decidido que iria seguir uma carreira musical é o que ele queria fazer.[1] Hidalgo apresentou Royce para Sergio George, que após ouvir três demos o contratou para editora Top Stop Music.[3]

Atribuição de prêmios[editar | editar código-fonte]

Ano Prêmiação Categoria Resultado
2010[4] Grammy Latino Best Contemporary Tropical Album Indicado
2011 Billboard Latin Music Awards[5] Tropical Album of the Year Venceu
Casandra Award[6] Album Del Ano Indicado
2012 Billboard Music Awards Top Latin Album Indicado
Prêmio Lo Nuestro[7] Tropical Album of Year Indicado
Billboard Latin Music Awards[8] Álbum of the Year Venceu
Digital Album of the Year Venceu
Tropical Album of the Year Venceu

Recepção[editar | editar código-fonte]

Críticas profissionais
Avaliações da crítica
Fonte Avaliação
About.com 4.5 de 5 estrelas.Star full.svgStar full.svgStar full.svgStar half.svg[9]
Allmusic 3 de 5 estrelas.Star full.svgStar full.svgStar empty.svgStar empty.svg[10]

Em uma revisão positiva, Carlos Quintana do site About.com comentou que Prince Royce tem "talento artístico como cantor e compositor". Ele observou que a incorporação das letras em inglês do álbum iria ajudar a expor a música bachata ao público não-família. Ele concluiu dizendo: "Do começo ao fim, Prince Royce é um álbum muito agradável. Esta produção musical é ao mesmo tempo refrescante e inovadora".[9] Jason Birchmeier do site Allmusic deu uma revisão mista; louvando os vocais de Royce e elogiando a produção de Hidalgo, enquanto criticou a curta duração do álbum".[10]

Desempenho nas tabelas musicais[editar | editar código-fonte]

Nos Estados Unidos, Prince Royce estreou na parada da Billboard Top Latin Albums durante a primeira semana de março de 2010, no número 15.[11] Cinqüenta e oito semanas após seu lançamento, Prince Royce chegou a primeira posição nos álbuns Billboard Top Latin Albums na semana de 23 de abril de 2011.[12] [13] Na parada da Billboard Tropical Álbuns, o álbum estreou no número dois na semana de 20 de março de 2010.[14] O álbum alcançou a posição número um no gráfico Tropical Álbuns na semana de 18 de setembro de 2010 onde ele passou um total de cinqüenta e três semanas no topo.[15] Ele chegou ao número 77 na Billboard 200 dos Estados Unidos durante a primeira semana de abril de 2011 e manteve-se no gráfico por quarenta semanas.[16] O álbum foi o décimo sexto mais vendido no Latin Álbuns e o segundo mais vendido no Tropical Álbuns, sendo o mais vendido em ambas tabelas no ano seguinte.[17] [18] [19] [20] Em 25 de outubro de 2011, o álbum foi certificado tripla platina pela RIAA por vendas superiores a 300.000 cópias.[21]

Lista de faixas[editar | editar código-fonte]

N.º Título Compositor(es) Duração
1. "Stand by Me"   Ben E. King, Mike Stoller, Jerry Lieber 3:25
2. "Corazón Sin Cara"   Geoffrey Rojas 3:31
3. "Tu y Yo"   Rojas, Andrés Hidalgo 4:06
4. "Su Hombre Soy Yo"   Rojas, Hidalgo 3:42
5. "Rechazame"   Rojas 3:43
6. "El Amor Que Perdimos"   Rojas, Hidalgo 4:05
7. "Mi Ultima Carta"   Rojas 4:04
8. "Crazy"   Rojas, Hidalgo 2:31
9. "Rock the Pants"   Rojas, Eritza Laues, Dwayne Bastiany 3:39
10. "Stand by Me" (Dance version) King, Stoller, Lieber 4:09
Duração total:
37:04

Posições[editar | editar código-fonte]

Certificações[editar | editar código-fonte]

País / Provedor Certificação
 Estados Unidos / RIAA Triple Platinum.png 3× Platina[21]

Referências

  1. a b Castillo, Amaris (12 de Janeiro de 2010). "Interview with Prince Royce" Nochelatina.com. Visitado em 7 de Maio de 2012.
  2. Gerardo Ianella. Prince Royce - Biografia planetrecords.it. Visitado em 7 de Maio de 2012.
  3. James Keivom (3 de Novembro de 2010). "Prince Royce comes home to Bronx for U.S. concert debut" NYDailyNews.com. Visitado em 7 de Maio de 2012.
  4. 11th Latin GRAMMY Awards Nominees Announced .grammy.com. Visitado em 9 de maio de 2012.
  5. 2011 Billboard Latin Awards Finaists and Winners Billboard. Visitado em 9 de maio de 2012.
  6. Prêmios Casandra Awards de 2011 premioscasandra.com. Visitado em 9 de maio de 2012.
  7. Prince Royce agradeció sus galardones de Premios Juventud musica.univision.com. Visitado em 9 de maio de 2012.
  8. Billboard Music Awards 2012: Adele, Rihanna, Lady GaGa, Lil' Wayne e LMFAO lideram a lista de indicados. Pop Online. Visitado em 9 de maio de 2012.
  9. a b Quintana, Carlos (4 de março de 2010). Prince Royce – ‘Prince Royce’ CD Review" About.com The New York Times. Visitado em 29 de abril de 2012.
  10. a b Birchmeier, Jason. Prince Royce - Review Allmusic Rovi Corporation. Visitado em 18 de maio de 2012.
  11. Latin Albums: Week of March 06, 2010 Billboard Prometheus Global Media (March 6, 2010). Visitado em March 15, 2012.
  12. Equipo AOL Musica (April 13, 2011). 'Prince Royce' es el disco número 1 en Estados Unidos (em spanish) AOL. Visitado em October 10, 2011.
  13. Latin Albums - Week of April 23, 2011 Billboard Prometheus Globa Media. Visitado em April 16, 2011.
  14. Tropical Albums - March 20, 2010 Billboard Prometheus Global Media (March 20, 2010).
  15. Tropical Albums - Week of September 18, 2010 Billboard Prometheus Global Media. Visitado em March 15, 2012.
  16. a b Prince Royce Album & Song Chart History Billboard 200 for Prince Royce. Prometheus Global Media. Retrieved November 13, 2010.
  17. a b Best of 2010 - Top Latin Albums Billboard Nielson Business Media. Visitado em December 25, 2010.
  18. a b Best of 2010 - Tropical Albums Billboard Prometheus Global Media. Visitado em +December 30, 2010.
  19. a b Best of 2011 - Latin Albums Billboard Prometheus Global Media. Visitado em March 15, 2012.
  20. a b Best of 2011 - Tropical Albums Billboard Prometheus Global Media. Visitado em March 15, 2012.
  21. a b Prince Royce RIAA. Visitado em 26 de Dezembro de 2010.
  22. Prince Royce Album & Song Chart History Billboard Tropical Albums for Prince Royce. Prometheus Global Media. Retrieved November 12, 2010.
  23. Prince Royce Album & Song Chart History Billboard Latin Albums for Prince Royce. Prometheus Global Media. Retrieved September 21, 2010.