Pure Data

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ambox grammar.svg
Esta página ou secção precisa de correção ortográfico-gramatical.
Pode conter incorreções textuais, podendo ainda necessitar de melhoria em termos de vocabulário ou coesão, para atingir um nível de qualidade superior conforme o livro de estilo da Wikipédia. Se tem conhecimentos linguísticos, sinta-se à vontade para ajudar.
Searchtool.svg
Esta página foi marcada para revisão, devido a inconsistências e/ou dados de confiabilidade duvidosa. Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor, verifique e melhore a consistência e o rigor deste artigo.

Pure Data (ou abreviadamente Pd) é uma linguagem de programação visual desenvolvida por Miller Puckette na década de 1990 para criação de música electrónica, música electroacústica, música interactiva, e trabalhos multimedia. Apesar de Miller Puckette ser o seu autor principal, o Pd é uma linguagem opensource com uma base de developers bastante extensa a trabalhar em novos externals, abstracções, e outras formas de addons, passíveis de estenderem as capacidades do sistema operativo. É publicado sobre uma licensa BSD. Corre em GNU/Linux, Mac OS X, iOS, Android e Windows. Existem ports para FreeBSD e IRIX.

O PD é muito similar em termos de design à versão original do Max, criada por Miller Puckette no IRCAM, e de alguma forma inter-operável com Max/MSP, a sucessor comercial da linguagem Max.

Com a adição do GEM (Graphics Environment for Multimedia, e externals desenhados para trabalhar com este (como o Pure Data Packet / PiDiP para Linux, Mac OS X, o framestein para Windows, o GridFlow (como ferramenta de processamento de matriz multi-dimensional, para Linux, Mac OS X, e Windows), é possível criar e manipular video, gráficos em OpenGL OpenGL, imagens, etc., em tempo real com possibilidade extensivas para interacção com áudio, sensores externos, etc.

O Pd é nativamente desenhado para permitir colaborações em tempo real entre redes, permitindo a músicos contectados via LAN ou mesmo em partes dispersas do globo criar música juntos em tempo real.

Pure Data (ou simplesmente Pd) é um ambiente de programação gráfica para áudio e vídeo usado como ambiente de composição interativo e como estação de síntese e processamento de áudio em tempo real. Foi originalmente desenvolvido por Miller Puckette (IRCAM) e, por se tratar de um projeto de código aberto, conta com uma grande base de desenvolvedores trabalhando em extensões para o programa.

O Pd pode ser baixado num pacote para um sistema operacional específico, um pacote com fontes, ou direto do CVS. O Pd é multiplataforma e, portanto, portável, inclusive para computadores de bolso.

Pd trabalha com "dados puros". Essa é uma das diferenças entre o Pd e o Max/MSP, o seu concorrente comercial. Por trabalhar assim, o seu âmbito de realizações acaba por ser potencialmente muito maior que o do Max/MSP. Os comandos do Pd são muito próximos aos da linguagem de programação C, o que pode facilitar sua aprendizagem para quem já possui um conhecimento prévio dessa linguagem.

Pd foi criado para explorar ideias de como promover e permitir que dados possam ser tratados de maneira mais aberta, facilitando acesso e interligação entre aplicações de áudio, MIDI, gráficas e vídeo, dentre outras possibilidades.

Escrevendo objetos ("externals") ou módulos ("patches", "abstractions") consegue-se ampliar as funcionalidades do Pd. Os trabalhos de muitos desenvolvedores estão disponíveis como parte do pacote básico do Pd e a comunidade de desenvolvedores cresce muito rapidamente.

Desenvolvimentos recentes incluem projetos de sistemas para construção de ambientes de performances; bibliotecas de objetos para "physical modeling"; bibliotecas de objetos para geração e processamento de vídeo em tempo real, etc.

O Pd é muito usado para live-eletronics e síntese de áudio. Esses são alguns dos usos musicais, embora possa ser usado, inclusive, como assistente para composição, como o Open Music, ou, ainda, como interface gráfica para o SuperCollider.

Patches de Pure-data
Hello world code
Patch 1: Programa Hello world em Pd. 
Reverb code
Patch 2: Reverberação em Pd. 
Filters and data flow code
Patch 3: filtros e fluxo de informação em Pd. 
Partitura para a peça de Hans-Christoph Steiner Solitude Solitude, criada usando estruturas de Pure-Data

Ligações externas[editar | editar código-fonte]