Quadro de medalhas dos Jogos Olímpicos de Verão de 1936

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Uma medalha de ouro dos Jogos Olímpicos de Verão de 1936

Os Jogos Olímpicos de Verão de 1936, oficialmente conhecidos como Jogos da XI Olimpíada, foram um evento multiesportivo internacional realizado em Berlim, Alemanha, de 1º a 16 de agosto. Berlim já havia sido escolhida para sediar os Jogos Olímpicos de Verão de 1916, que foram posteriormente cancelados devido à Primeira Guerra Mundial.[1] Os Jogos de 1936 tiveram 3 963 atletas de 49 Comitês Olímpicos Nacionais (CONs) participando de um total de 129 eventos em 19 esportes. Este foi o maior número de nações representadas em qualquer edição dos Jogos até aquela data.[2] Atletas de 32 países conquistaram medalhas, dos quais 21 garantiram pelo menos uma medalha de ouro. Como resultado, 17 nações ficaram sem nenhuma medalha. O país-sede, a Alemanha, conquistou um total de 89 medalhas, um recorde para uma equipe alemã unida, embora a Alemanha Oriental tenha quebrado esse recorde em 1976, 1980 e 1988.[3]

Um boicote por parte dos Estados Unidos foi sugerido devido ao regime nacional-socialista da Alemanha, mas não foi implementado.[1] Os outros CONs que ameaçaram boicotar os Jogos pelo mesmo motivo foram o Reino Unido, a França, a Suécia, a Checoslováquia e os Países Baixos.[2] Uma Olimpíada Popular alternativa foi planejada para acontecer em Barcelona, Espanha, mas foi cancelada no último momento após a eclosão da Guerra Civil Espanhola, depois que os atletas já haviam começado a chegar.[2] A guerra civil também significou que o CON da Espanha não viria a competir nos Jogos de 1936.[1] Embora nenhum comitê decidiu boicotar os Jogos por motivos antinazistas, ocorreu um boicote aos Jogos liderado por judeus multinacionais, com atletas individuais se recusando a participar.[4] Além disso, a recusa da IAAF em permitir que atletas da Irlanda do Norte competissem pelo Conselho Olímpico da Irlanda em eventos de atletismo levou o Estado Livre Irlandês ao boicote.[5][6]

Marjorie Gestring se tornou a campeã olímpica mais jovem de todos os tempos aos 13 anos, conquistando uma medalha de ouro no trampolim feminino de 3 metros.[7][1] Como a Coreia estava sob domínio japonês, os atletas coreanos que esperavam competir nos Jogos foram obrigados a se apresentar para a equipe japonesa. Sohn Kee-chung, competindo como Kitei Son, ganhou o ouro na maratona, fato que o tornou o primeiro medalhista de ouro do Japão nestes Jogos e o primeiro coreano a ganhar uma medalha.[8] Seu conterrâneo Nam Sung-yong ganhou a medalha de bronze no mesmo evento.[9][1]

Quadro de medalhas[editar | editar código-fonte]

Ibolya Csák, medalhista de ouro para a Hungria no salto em altura
Tilly Fleischer, medalhista de ouro para a Alemanha no lançamento de dardo

A classificação neste quadro é baseada em informações fornecidas pelo Comitê Olímpico Internacional (COI) e é consistente com a convenção do COI em seus quadros de medalhas publicados.[10] Por padrão, a tabela é ordenada pelo número de medalhas de ouro que os atletas de um Comitê Olímpico Nacional conquistaram (uma nação é representada nos Jogos pelo Comitê Olímpico Nacional associado). O número de medalhas de prata é levado em consideração a seguir e, em seguida, o número de medalhas de bronze. Se os CONs ainda estiverem empatados, a mesma classificação será fornecida e eles serão listados em ordem alfabética por código de país do COI.[11]

Um empate na categoria de peso leve da competição de halterofilismo resultou na entrega de medalhas de ouro para o austríaco Robert Fein e para o egípcio Anwar Mesbah, e resultou na impossibilidade de uma medalha de prata para aquele evento. Um empate pelo terceiro lugar na competição de solo dos eventos de ginástica resultou em medalhas de bronze para o alemão Konrad Frey e para o suíço Eugen Mack. Isso resultou em 130 medalhas de ouro e bronze sendo concedidas, mas apenas 128 medalhas de prata.[12]

 Ordem  País Medalha de ouro Medalha de prata Medalha de bronze GoldSilverBronze medals.svg
1 AlemanhaGER Alemanha 33 26 30 89
2 Estados UnidosUSA Estados Unidos 24 20 12 56
3 HungriaHUN Hungria 10 1 5 19
4 ItáliaITA Itália 8 9 5 22
5 FinlândiaFIN Finlândia 7 6 6 19
5 FrançaFRA França 7 6 6 19
7 SuéciaSWE Suécia 6 5 9 20
8 JapãoJPN Japão 6 4 8 18
9 Países BaixosNED Países Baixos 6 4 7 17
10 Grã-BretanhaGBR Grã-Bretanha 4 7 3 14
11 ÁustriaAUT Áustria 4 6 3 13
12 ChecoslováquiaTCH Checoslováquia 3 5   8
13 ArgentinaARG Argentina 2 2 3 7
13 EstôniaEST Estônia 2 2 3 7
15 EgitoEGY Egito 2 1 2 5
16 SuíçaSUI Suíça 1 9 5 15
17 CanadáCAN Canadá 1 3 5 9
18 NoruegaNOR Noruega 1 3 2 6
19 TurquiaTUR Turquia 1   1 2
20 ÍndiaIND Índia 1     1
20 Nova ZelândiaNZL Nova Zelândia 1     1
22 PolôniaPOL Polônia   3 3 6
23 DinamarcaDEN Dinamarca   2 3 5
24 LetôniaLAT Letônia   1 1 2
25 África do SulRSA África do Sul   1   1
25 IugosláviaYUG Iugoslávia   1   1
25 RomêniaROM Romênia   1   1
28 MéxicoMEX México     3 3
29 BélgicaBEL Bélgica     2 2
30 AustráliaAUS Austrália     1 1
30 FilipinasPHI Filipinas     1 1
30 PortugalPOR Portugal     1 1
TOTAL 130 128 130 388

      Nação anfitriã (Alemanha)

Notas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c d e «Olympic history: Berlin 1936». Eurosport. 12 de março de 2012. Consultado em 15 de março de 2012. Arquivado do original em 16 de março de 2012 
  2. a b c «The Movement to Boycott the Berlin Olympics of 1936». United States Holocaust Memorial Museum. Consultado em 17 de março de 2012 
  3. «Olympic Medal Table». The Daily Telegraph. Consultado em 28 de março de 2012 
  4. Pope, John (1 de março de 2010). «Fred Feran, who boycotted 1936 Olympics in Berlin, dies at age 92». New Orleans Metro. Consultado em 17 de março de 2012 
  5. O'Sullivan, Patrick T. (primavera de 1998). «Ireland & the Olympic Games». Dublin. History Ireland. 6 (1) 
  6. Krüger, Arnd; William J. Murray (2003). The Nazi Olympics: sport, politics and appeasement in the 1930s. [S.l.]: University of Illinois Press. p. 230. ISBN 0-252-02815-5 
  7. «Hermanus Gerardus BROCKMANN — Olympic Rowing». International Olympic Committee. Consultado em 2 de agosto de 2016 
  8. «Kitei Son». Olympic.org. Consultado em 17 de março de 2012 
  9. Lewis, Mike (30 de novembro de 2002). «Obituary: Sohn Kee-chung». The Guardian. Consultado em 17 de março de 2012 
  10. «Berlin 1936–Medal Table». International Olympic Committee. Consultado em 24 de março de 2008 
  11. «Medal Count for the 1936 Summer Olympics». databaseOlympics.com. Consultado em 11 de janeiro de 2021. Arquivado do original em 18 de abril de 2008 
  12. «The Official Report of the Organising Committee for the XI Olympiad» (PDF). The Organising Committee for the XI Olympiad. 1936. Consultado em 17 de março de 2012. Arquivado do original (PDF) em 6 de abril de 2008 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]