Quadro de medalhas dos Jogos Olímpicos de Inverno de 2018

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

O quadro de medalhas dos Jogos Olímpicos de Inverno de 2018 é uma lista que classifica os Comitês Olímpicos Nacionais de acordo com o número de medalhas conquistadas nos Jogos realizados em Pyeongchang, na Coreia do Sul. Serão disputadas 102 finais em 15 esportes.

A primeira medalha de ouro foi conquistada pela sueca Charlotte Kalla na prova dos 15 km de skiathlon do esqui cross-country. Seguiram-se a norueguesa Marit Bjørgen, que na mesma prova se tornou a mulher com o maior número de pódios na história dos Jogos Olímpicos de Inverno com quinze medalhas, e a finlandesa Krista Pärmäkoski, medalhistas de prata e bronze, respectivamente.[1]

Os anfitriões sul-coreanos conquistaram a primeira medalha com o patinador Lim Hyo-jun, ouro nos 1500 metros da patinação de velocidade em pista curta, ficando a frente do neerlandês Sjinkie Knegt e do atleta olímpico da Rússia Semen Elistratov em 10 de fevereiro.[2]

No penúltimo dia dos jogos, a Noruega superou o recorde dos Estados Unidos de mais medalhas ganhas em uma única edição dos Jogos Olímpicos de Inverno, finalizando com um total de 39 medalhas.[3] Também a Noruega, juntamente com a Alemanha, ainda igualaram o recorde de medalhas de ouro em uma mesma edição (14), estabelecido pelo Canadá em Vancouver 2010.[4] A Hungria ganhou a sua primeira medalha de ouro na história das Olimpíadas de Inverno e também a sua primeira medalha desde Lake Placid 1980.[5] Nova Zelândia e Espanha ganharam novas medalhas desde Albertville 1992 e Liechtenstein voltou a ganhar uma medalha desde Calgary 1988.

A esquiadora sueca Charlotte Kalla terminou os jogos com quatro medalhas (um ouro e três pratas), tal como sua compatriota Stina Nilsson (um ouro, duas pratas e um bronze) e o atleta olímpico da Rússia Alexander Bolshunov (três pratas e um bronze).[6] O esquiador norueguês Johannes Høsflot Klæbo e o biatleta francês Martin Fourcade empataram no número de medalhas de ouro com três.[7] A tcheca Ester Ledecká se tornou a primeira atleta olímpica de inverno da história a conseguir duas medalhas de ouro em dois esportes diferentes na mesma edição ao ganhar a prova do Super-G no esqui alpino e a prova do slalom gigante paralelo no snowboard.[8] Alguns dias antes de Ledecká, a patinadora neerlandesa Jorien ter Mors se tornou a primeira mulher a ganhar medalhas na mesma edição dos Jogos Olímpicos em dois esportes diferentes.[9]

Um total de 30 Comitês Olímpicos Nacionais conquistaram pelo menos uma medalha, o maior número na história dos Jogos Olímpicos de Inverno.

O quadro[editar | editar código-fonte]

O quadro de medalhas está classificado de acordo com o número de medalhas de ouro, estando as medalhas de prata e bronze como critérios de desempate em caso de países com o mesmo número de ouros. O Comitê Olímpico Internacional não reconhece a existência de um quadro de medalhas, alegando que isso cria uma competição entre os países, o que não é o objetivo dos Jogos.[10]

No evento de 10 km livre feminino do esqui cross-country, houve um empate na terceira colocação entre a norueguesa Marit Bjørgen e a finlandesa Krista Pärmäkoski, e assim duas medalhas de bronze foram concedidas.[11] No evento de duplas masculinas do bobsleigh, houve um empate na primeira colocação entre um dos trenós da Alemanha e um do Canadá, com duas medalhas de ouro sendo entregues. Nenhuma equipe recebeu a medalha de prata.[12] Também no bobsleigh, ocorreu um empate na segunda colocação na prova por equipes masculinas entre um dos trenós da Alemanha e o trenó da Coreia do Sul, com duas medalhas de prata sendo entregues. Nenhuma equipe recebeu a medalha de bronze.[13]

     País sede destacado.
 Ordem  País Medalha de ouro Medalha de prata Medalha de bronze GoldSilverBronze medals.svg
1 NoruegaNOR Noruega 14 14 11 39
2 AlemanhaGER Alemanha 14 10 7 31
3 CanadáCAN Canadá 11 8 10 29
4 Estados UnidosUSA Estados Unidos 9 8 6 23
5 Países BaixosNED Países Baixos 8 6 6 20
6 SuéciaSWE Suécia 7 6 1 14
7 Coreia do SulKOR Coreia do Sul 5 8 4 17
8 SuíçaSUI Suíça 5 6 4 15
9 FrançaFRA França 5 4 6 15
10 ÁustriaAUT Áustria 5 3 6 14
11 JapãoJPN Japão 4 5 4 13
12 ItáliaITA Itália 3 2 5 10
13 Atletas Olímpicos da RússiaOAR Atletas Olímpicos da Rússia 2 6 9 17
14 República ChecaCZE República Checa 2 2 3 7
15 BielorrússiaBLR Bielorrússia 2 1   3
16 ChinaCHN China 1 6 2 9
17 EslováquiaSVK Eslováquia 1 2   3
18 FinlândiaFIN Finlândia 1 1 4 6
19 Grã-BretanhaGBR Grã-Bretanha 1   4 5
20 PolôniaPOL Polônia 1   1 2
21 HungriaHUN Hungria 1     1
UcrâniaUKR Ucrânia 1     1
23 AustráliaAUS Austrália   2 1 3
24 EslovêniaSLO Eslovênia   1 1 2
25 BélgicaBEL Bélgica   1   1
26 EspanhaESP Espanha     2 2
Nova ZelândiaNZL Nova Zelândia     2 2
28 CazaquistãoKAZ Cazaquistão     1 1
LetôniaLAT Letônia     1 1
LiechtensteinLIE Liechtenstein     1 1
TOTAL 103 102 102 307

Mudanças no quadro de medalhas[editar | editar código-fonte]

Por doping[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Sueca Charlotte Kalla conquista o primeiro ouro dos Jogos de Inverno de 2018». GloboEsporte.com. 10 de fevereiro de 2018. Consultado em 10 de fevereiro de 2018 
  2. «Lim conquista ouro nos 1500m de pista curta dando primeira medalha à Coreia do Sul». Extra. 10 de fevereiro de 2018. Consultado em 10 de fevereiro de 2018 
  3. «Noruega bate recorde de medalhas, e Suíça leva primeiro ouro do esqui por equipes». GloboEsporte.com. 24 de fevereiro de 2018. Consultado em 24 de fevereiro de 2018 
  4. «O que está por trás do sucesso da Noruega em Pyeongchang?». Deutsche Welle. 22 de fevereiro de 2018. Consultado em 23 de fevereiro de 2018 
  5. «Hungria leva primeira medalha na história dos Jogos de Inverno». Terra. 22 de fevereiro de 2018. Consultado em 23 de fevereiro de 2018 
  6. «2018 Olympics: Athletes and Countries with Most Medals from Pyeongchang Games». Bleacher Report. Consultado em 9 de março de 2018 
  7. «From start to finish, Pyeongchang Olympics entertained and showcased splendid collection of global athletes». Japan Times Online. 25 de fevereiro de 2018. Consultado em 9 de março de 2018 
  8. «Winter Olympics: History-maker Ester Ledecka wins gold in two sports». BBC. 24 de fevereiro de 2018. Consultado em 9 de março de 2018 
  9. «Ter Mors medals in 2 different sports at same Winter Games». NBC. 20 de fevereiro de 2018. Consultado em 9 de março de 2018 
  10. «A Medal Count That Adds Up To Little» (em inglês). The New York Times. 18 de agosto de 2008. Consultado em 10 de fevereiro de 2018 
  11. «Família na torcida e superação: Jaque Mourão fecha sua 6ª participação olímpica». GloboEsporte.com. 15 de fevereiro de 2018. Consultado em 15 de fevereiro de 2018 
  12. «Brasil não melhora na 3ª descida e fecha o bobsled 2-man em 27º entre 30 trenós». GloboEsporte.com. 19 de fevereiro de 2018. Consultado em 19 de fevereiro de 2018 
  13. «Brasil não vai à final no bobsled, mas fecha com melhor campanha da história». GloboEsporte.com. 25 de fevereiro de 2018. Consultado em 25 de fevereiro de 2018 
  14. «Doping de russo é confirmado, e casal do curling perde medalha de bronze». GloboEsporte.com. 22 de fevereiro de 2018. Consultado em 22 de fevereiro de 2018 
  15. «Curling – FINAL STANDINGS - MIXED DOUBLES» (em inglês). Comitê Olímpico Internacional. Consultado em 23 de fevereiro de 2018 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]