Quebrando a Cara

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Quebrando a cara
 Brasil
1986 •  cor •  77 min 
Direção Ugo Giorgetti
Roteiro Ugo Giorgetti
Elenco Walter Abrahão
Flávio Araújo
Johnny Caldwell
Ely Coimbra
Fukiama Fighting Harada
Angelina Zumbano Jofre
Dagoberto Jofre
Éder Jofre
Kid Jofre
Mauro Jofre
Danny Kid
José Legrá
Pedro Luiz
Joe Medel
Eloy Sanchez
Cláudio Jofre Tonelli
Olga Zumbano
Ralph Zumbano
Ricardo Zumbano
Tonico Zumbano
Waldemar Zumbano
Género documentário
Idioma português
Página no IMDb (em inglês)

Quebrando a cara é um documentário brasileiro sobre o mundo do boxe, dirigido em 1986 por Ugo Giorgetti. O filme destaca o pugilista Éder Jofre, com imagens de suas lutas históricas, algumas com locuções originais para o rádio e depois televisão.

O filme fala da infância de Éder no Parque Peruche, bairro operário de São Paulo. Mostra depoimentos de vários membros das famílias Jofre e também dos Zumbano, parentes e conhecidos igualmente pela atividades e paixão pelo boxe. Há depoimentos de Tonico e Mauro pelo lado dos Jofres, que falam das lutas de Éder que acompanharam de perto, além das lembranças da família e fotos dos já falecidos, principalmente o pai de Éder, Kid Jofre; e dentre os Zumbanos destaca-se a história de Olga Zumbano, famosa lutadora de vale-tudo que tinha um circo e se apresentou em exibições por todo o Brasil; Ralph Zumbano, que era dono de academia de boxe e foi um lutador respeitável antes de Éder; e o "Zumbanão", boxeador, brigador de rua e boêmio que se tornou notório nas noites de São Paulo.

As imagens trazem as lutas principais de Éder, principalmente os embates de 1960 contra Joe Mendel (para decidir o desafiante do campeão mundial) e a grande vitória sobre o mexicano Eloy Sanchez pelo título mundial dos Peso-Galo, em Los Angeles. Éder unificaria o título da categoria em 1962, superando Johnny Caldwell. Aparece também a derrota em 1966 para o japonês Harada (o único lutador que conseguiu vencer Éder profisssionalmente) e o retorno ao título mundial na categoria Peso-Pena, conseguido com uma vitória por pontos contra o cubano José Legrá, numa luta em São Paulo em 1973.

Este filme brasileiro é um documentário está exibido no Cine Brasil na TV Cultura de São Paulo.

Ícone de esboço Este artigo sobre um filme é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.