Quinto Mamílio Vítulo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Quinto Mamílio Vítulo
Cônsul da República Romana
Consulado 262 a.C.

Quinto Mamílio Vítulo (em latim: Quintus Mamilius Vitulus) foi um político da gente Mamília da República Romana eleito cônsul em 262 a.C. com Lúcio Postúmio Megelo. Provavelmente era irmão de Lúcio Mamílio Vítulo, cônsul em 265 a.C..

Biografia[editar | editar código-fonte]

Teatro de operações da Primeira Guerra Púnica entre 264 e 262 a.C..
  Território siracusano
  Território cartaginês
1. Desembarque romano e avanço contra os siracusanos em Messana (264 a.C.).
2. Romanos derrotam um exército aliado siracusano e púnico e avançam até Siracusa.
3. Romanos protegem seu flanco tomando Hadranon e cercando Kentoripa.
3. Catânia se rende.
4. Romanos cercam, sem sucesso, Siracusa. Hierão pede a paz e se alia aos romanos (263 a.C.).
5. Romanos tomam Agrigento (262 a.C).
6. Enna e Halaisa se rendem a Roma.
Ver artigo principal: Batalha de Agrigento

Foi eleito cônsul com Lúcio Postúmio Megelo em 262 a.C., o terceiro ano da Primeira Guerra Púnica.[1] Depois de assumir o cargo no começo de maio, os dois cônsules foram enviados, num espaço de umas poucas semanas, para a Sicília para lidar com a crescente ameaça dos cartagineses, que transformaram a cidade de Agrigento em sua principal base no sul da ilha.[2][3] É possível que ele tenha liderado uma campanha no oeste da Sicília por um curto período de tempo,[4] mas ambos terminaram seu mandato cercando e tomando a cidade de Agrigento.[5]

Porém, nenhum deles recebeu um triunfo,[6] provavelmente por que Aníbal Giscão, o comandante cartaginês derrotado, conseguiu fugir da cidade com grande parte de suas tropas.[7]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Cônsul da República Romana
SPQR.svg
Precedido por:
'Mânio Valério Máximo Corvino Messala

com Mânio Otacílio Crasso

Lúcio Postúmio Megelo
262 a.C.

com Quinto Mamílio Vítulo

Sucedido por:
'Lúcio Valério Flaco

com Tito Otacílio Crasso


Referências

  1. Smith, pg. 1009
  2. Lazenby, pg. 55
  3. Hoyos, pg. 109
  4. Hoyos, pgs. 109-110
  5. Broughton, pg. 204
  6. Lazenby, pg. 60
  7. Políbio, Histórias, I, 17-20.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Broughton, T. Robert S. (1951). «XV». The Magistrates of the Roman Republic. Volume I, 509 B.C. - 100 B.C. (em inglês). I. Nova Iorque: The American Philological Association. 578 páginas 
  • Lazenby, John Francis, The First Punic War: A Military History (1996) (em inglês)
  • Hoyos, B. Dexter, Unplanned Wars: The Origins of the First and Second Punic Wars (1998) (em inglês)
  • Este artigo contém texto do artigo "Quintus Mamilius Vitulus" do Dictionary of Greek and Roman Biography and Mythology (em domínio público), de William Smith (1870).