Radiano

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Medida angular em radianos

O radiano (símbolo: rad ou, mais raramente, c) é a razão entre o comprimento de um arco e o seu raio. Ele é a unidade padrão de medida angular utilizada em muitas áreas da matemática. É uma das unidades derivadas do Sistema Internacional. Em algumas situações, o radiano é considerado um número adimensional e a escrita do seu símbolo é pouco utilizada.

Definição[editar | editar código-fonte]

Radiano (1 rad) é o ângulo definido em um círculo por um arco de circunferência com o mesmo comprimento que o raio do referido círculo.

1 rad = m·m−1 = 1.

Explicação[editar | editar código-fonte]

Um arco de circunferência cujo comprimento é igual ao raio r (em vermelho) corresponde a um ângulo de 1 radiano (em verde). A metade da circunferência corresponde a π radianos e uma circunferência completa a 2π.

O radiano é útil para distinguir entre quantidades de diferentes naturezas, mas com a mesma dimensão. Por exemplo, velocidade angular pode ser medida em radianos por segundo (rad/s). Fixando a palavra radiano enfatiza-se o fato de a velocidade angular ser igual a 2π vezes a frequência rotacional.

Na prática, o símbolo rad é usado quando tal for apropriado, mas a unidade derivada "1" é geralmente omitida quando combinada com um valor numérico.

Ângulos medidos em radianos são frequentemente apresentados sem qualquer unidade explícita. Quando, porém, uma unidade é apresentada, tanto o símbolo rad quanto o símbolo c (de "circular") costumam ser utilizados. É preciso ter cuidado com este último, em virtude da confusão que pode existir com o símbolo de grau ordinário °.

Existem 2π (aproximadamente 6,28318531) radianos num círculo completo, portanto:

ou:

Mais genericamente, podemos dizer:

Se, por exemplo, em radianos foi dado, o ângulo ordinário correspondente seria:

Em cálculos, ângulos devem ser representados em radianos nas funções trigonométicas, dado que simplifica e torna as coisas mais naturais. Por exemplo, o uso de radianos leva à identidade com:[1]

que é a base de muitas outras elegantes identidades em matemática, incluindo:

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. For a debate on this meaning and use see: Brownstein, K. R. (1997). «Angles—Let's treat them squarely». American Journal of Physics [S.l.: s.n.] 65 (7): 605. doi:10.1119/1.18616. , Romain, J.E. (1962). «Angles as a fourth fundamental quantity». Journal of Research of the National Bureau of Standards-B. Mathematics and Mathematical Physics [S.l.: s.n.] 66B (3): 97. , LéVy-Leblond, Jean-Marc (1998). «Dimensional angles and universal constants». American Journal of Physics [S.l.: s.n.] 66 (9): 814. doi:10.1119/1.18964. , and Romer, Robert H. (1999). «Units—SI-Only, or Multicultural Diversity?». American Journal of Physics [S.l.: s.n.] 67: 13. doi:10.1119/1.19185.