Raimundo Sieuve de Meneses

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Raimundo Sieuve de Meneses
Nascimento 13 de junho de 1854
Angra do Heroísmo
Morte 17 de novembro de 1937 (83 anos)
Angra do Heroísmo
Cidadania Portugal
Ocupação servidor público, político

Raimundo Sieuve de Meneses (Angra do Heroísmo, 13 de Junho de 1854Angra do Heroísmo, 17 de Novembro de 1937) foi um político açoriano, 2.º conde de Sieuve de Meneses.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Foi presidente da Câmara Municipal de Angra do Heroísmo, Governador Civil do Distrito de Angra do Heroísmo, Director da Caixa Económica de Angra do Heroísmo, recebedor aposentado do mesmo concelho. Foi director político do semanário A Terceira e colaborou em vários jornais.

Relações familiares[editar | editar código-fonte]

Foi filho de José Maria Sieuve de Meneses, 1.º conde de Sieuve de Meneses, (20 de Novembro de 1826 -?) e de D. Ana Raimunda Martins Pamplona (1830 -?) Casou em 26 de Setembro de 1881 com D. Genoveva de Bettencourt de Vasconcelos e Lemos (5 de Setembro de 1860 -?), de quem teve:

  1. D. José Maria Sieuve de Meneses, que o 3.º conde de Sieuve de Meneses (15 de Novembro de 1892 -?) casado com D. Ana de Meneses da Cunha e Simas da Silveira Bettencourt.
  2. D.Maria Benedita Sieuve de Meneses (7 de Maio de 1883 -?) casado com Manuel Vitorino de Bettencourt.

Referências

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Alfredo Luís Campos, Memória da Visita Régia à Ilha Terceira, Imprensa Municipal, Angra do Heroísmo, 1903.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]