Raphael (cantor)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde novembro de 2015). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Raphael
Raphael en Gran Vía.
Informação geral
Nome completo Miguel Rafael Martos Sánchez
Também conhecido(a) como El niño de Linares
(O menino de Linares)
Nascimento 5 de maio de 1943 (73 anos)
Local de nascimento Linares, Jaén
Nacionalidade  espanhol
Género(s) Latino, Pop latino, Balada romântica
Ocupação(ões) Cantor, ator
Instrumento(s) Voz
Período em atividade 1959-presente
Editora(s) PolyGram
Sony Music
Afiliação(ões) Salvatore Adamo, Alberto Cortez, José Luis Perales, Mirla Castellanos, Charles Aznavour, Gilbert Bécaud, Jacques Brel, Rocío Jurado, Jeanette, Bunbury, Paloma San Basilio, Rocío Dúrcal, María Dolores Pradera

Raphael (nascido Miguel Rafael Martos Sánchez, Linares, Andaluzia, Espanha, 5 de maio de 1942)[1] é um cantor espanhol.

Conquistou muitos fãs do mundo hispânico, bem como de outras culturas, por mais de cinco décadas. Em 1981, por ter vendido mais de 50 milhões de cópias na sua carreira, a sua editora discográfica Hispavox criou o "disco de urânio" para lhe entregar.

Biografia e carreira[editar | editar código-fonte]

Infância[editar | editar código-fonte]

Mundialmente conhecido como "El Ruisenor de Linares", Raphael nasceu em Linares, província de Jaén, Andaluzia, a 5 de maio de 1946, no seio de uma família humilde. O seu pai era operário de construção (encarregue em colocar as estruturas de ferro nas vigas de betão) e a sua mãe era dona de casa, trabalhando ocasionalmente fora para a ajudar a economia caseira. O casal teve quatro filhos: Francisco, Juan, Miguel Rafael e José Manuel.

Raphael en un gesto suyo muy característico

Apogeu: cinema e Eurovisão[editar | editar código-fonte]

Em 1966, participou no primeiro filme como protagonista Cuando Tu no Estás, realizada por Mario Carmus.

Participou no Festival Eurovisão da Canção 1966 com a canção "Yo Soy Aquél", classificando-se em 7.º lugar, e no ano seguinte no Festival Eurovisão da Canção 1967, com o tema "Hablemos del Amor", que lhe garantiria a 6.ª posição, o que ajudou ao seu lançamento internacional, iniciando uma série de digressões por toda a Espanha e países hispânicos.

Disco de Urânio[editar | editar código-fonte]

Conquistou 350 discos de ouro e 50 de platina. Recebeu ainda o "disco de urânio", o único existente para um cantor de língua castelhana criado pela sua editora discográfica, a Hispavox. Gravou mais 60 discos de longa duração em castelhano, mas também editou trabalhos em português, italiano, francês, alemão, inglês e japonês.

Discografia[editar | editar código-fonte]

EP e singles[editar | editar código-fonte]

  • Raphaël! (Tú, Cupido - etc.) - EP Philips 1962
  • Llevan (Raphaël en Benidorm) - EP Philips 1962
  • Quisiera (Raphaël en Benidorm) - EP Philips 1962
  • Cuando Calienta El Sol - EP Philips 1963
  • Raphael (Tu Conciencia) - EP Barclay 1963
  • Dis-moi Lequel (francês) - EP Vogue (França) 1966
  • "Yo Soy Aquél" / Ti amo tanto (italiano) - Single Derby (Itália) 1967
  • Please, Speak To Me Of Love / While I Live (inglês)- Single Columbia (Reino Unido) 1967
  • Nocturne (francês) - EP EMI 1967
  • El Barco Del Amor - EP (FAO - Campanha Contra a Fome) 1969
  • Ave Maria / Please, Keep Loving Me (inglês) - Single Columbia (Reino Unido) 1969
  • Huapango Torero - EP EMI (México) 1969
  • El Ángel (BSO Filme) - EP EMI 1969
  • Gelosía /… (italiano) - Single (Itália) 1970
  • Show Us The Way / Maybe (inglês) - Single U.Art's (EUA) 1970
  • Wie ein Bajazzo / Luciana (alemão) Single Polydor (Alemanha) 1970
  • Halleluja / Natascha (alemão) Single Polydor (Alemanha) 1970
  • Chissà, Chissà / Non è vero niente (italiano) - Single EMI (Itália) 1970
  • Sirocco /..... (alemão) - Single (Alemania) 1970
  • Israel / I Can't Remember - Single Zzelesta (EUA) 1973
  • Sombras / Vasija De Barro / etc. - EP Orion (Equador) 1974
  • Amor Mio (japonês) - Single Columbia Nippon (Japão) 1974
  • Juro Que Nunca Volveré / Con Todo y Mi Tristeza - Single EMI (México) 1978

Álbuns[editar | editar código-fonte]

Outros[editar | editar código-fonte]

Participações[editar | editar código-fonte]

  • "Háblame De Amor" - 1 tema (LP Top Star Fest) Universal Music 1971
  • "No Eches La Culpa Al Gitano" - 1 tema (Álbum Juntos Para Ayudar) UNICEF/EMI Music 1974
  • "Vete" - 1 tema (CD Duetos 2 de Nino Bravo) Polydor/Universal Music 1997
  • "A Que No Te Vas" - 1 tema (CD Rocío… Siempre - com Rocío Jurado) 2006

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Filmes[editar | editar código-fonte]

Ano Título Personagem Sinopse
1963 Las Gemelas Cantor
1966 Cuando Tu no Estás Raphael
1967 Al Ponerse el Sol David Alonso
1968 Digan lo que Digan Rafael
1969 El Golfo Pancho
1969 El Ángel --
1970 Sin un Adiós Mario
1973 Volveré a Nacer Álex
1975 Rafael en Raphael Raphael
1978 Donde Termina el Camino --
1981 Ritmo, Amor y Primavera Raphael
2000 Jekyll & Hyde Jekyll y Hyde
2010 Raphael: una historia de superación personal -- (Filme biográfico)
2015 Mi Gran Noche Alphonso

Prémios e distinções[editar | editar código-fonte]

Entre muitas distinções recebidas por Raphael ao longo da sua longa carreira, podem-se destacar:

Referências

  1. «Biography - Raphael» (em inglês). allmusic. Consultado em 10 de Março de 2011. 

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Raphael
Precedido por
Conchita Bautista
com "Qué bueno, qué bueno"
Espanha no Festival Eurovisão da Canção
1966
com "Yo soy aquél" e 1967
com "Hablemos del amor"
Sucedido por
Massiel
com "La, la, la"