Reação Republicana

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

A Reação Republicana foi uma coligação política formada por partidos regionais com o intuito de apoiar a candidatura de Nilo Peçanha à presidência da república na eleição presidencial do Brasil de 1922.[1] A coligação foi formada com o intuito de lançar uma candidatura oposicionista à política do café com leite, vigente durante a república velha. Com membros advindos principalmente de estados que alegavam falta de representação política,[2] a coalizão apoiou a chapa de Nilo Peçanha à presidência e de José Joaquim Seabra à vice-presidência.[1][2]

Referências

  1. a b «Reação Republicana/CPDOC» (PDF). Fundação Getúlio Vargas 
  2. a b «Reação republicana: Oligarquias disputam o poder». educacao.uol.com.br. Consultado em 6 de setembro de 2019