Reginaldo Prandi

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta biografia de uma pessoa viva não cita as suas fontes ou referências, o que compromete sua credibilidade. (desde setembro de 2015)
Ajude a melhorar este artigo providenciando fontes confiáveis e independentes. Material controverso sobre pessoas vivas sem apoio de fontes confiáveis e verificáveis deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

José Reginaldo Prandi[1] (Potirendaba, 1946) é um sociólogo, professor e escritor brasileiro.

Doutor em Sociologia[2] pela Universidade de São Paulo (1976), é livre-docente e professor titular (1991) especializado em métodos de amostragem, sociologia da religião, estudos afro-brasileiros e religiões afro-brasileiras.

Obras Principais[editar | editar código-fonte]

Sociologia
  • Os Candomblés de São Paulo, Hucitec, 1991
  • Herdeiras do axé, Hucitec, 1994
  • Città in transe, Acta, Roma, 1993
  • Um sopro do Espírito, Edusp, 1998 Sobre católicos carismáticos
  • Mitologia dos Orixás, Companhia das Letras, 2000 (atualmente na 6ª edição). Livro indicado ao Prêmio Jabuti 2002 na categoria Melhor Livro de Ciências Humanas.[3]
  • Contos e lendas Afro-brasileiros: a criação do mundo, Reginaldo Prandi e Joana Lira. Cia. das Letras, Editora Schwarcz, 2007
Ficção
  • Minha querida assombração
  • A morte nos búzios, Cia. das Letras

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre sociologia ou um sociólogo é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.